O “ar salazarento” dos ministros na campanha do PS. Temido usou carro do Governo e pode ter cometido crime

António Cotrim / Lusa

A ministra da Saúde, Marta Temido

A presença de ministros na campanha dos candidatos socialistas às autárquicas está a causar polémica, sobretudo no Porto, com Rui Moreira a criticar “o ar salazarento de chapelada” do PS. Marta Temido, ministra da Saúde, terá usado um carro do Governo para se deslocar a uma acção de campanha, o que pode constituir crime.

A ministra da Saúde esteve, nesta sexta-feira, no Porto e em Gaia para participar num evento oficial, enquanto governante. Mas aproveitou para dar o seu apoio ao candidato do PS no Porto, Tiago Barbosa Ribeiro.

Nessas deslocações entre compromissos, Marta Temido terá usado o carro do Governo, como apurou o Observador que noticia que pode estar em causa o crime de peculato de uso.

O advogado e especialista em direito administrativo Paulo Veiga e Moura revela a esta publicação que o “uso indevido do veículo do Estado para fim partidário” pode consubstanciar aquele crime.

“Os ministros têm veículo para uso profissional, não para ir a campanhas partidárias”, justifica.

Em causa pode estar uma “violação do próprio código de conduta do Governo, da transparência da administração e da prossecução de interesse público”, diz ainda Veiga e Moura.

Terá que haver justificação e o primeiro-ministro deverá ser o primeiro a exigir essa explicação. A que propósito está numa acção do PS um veículo do Estado? Todos temos de exigir essa resposta”, aponta ainda o advogado.

O Observador repara ainda que António Costa tem tido o cuidado de se deslocar para as acções de campanha do PS “num velho Audi que é propriedade do partido”.

“Isto tem aquele ar salazarento de chapelada”

Além de Marta Temido, o candidato do PS ao Porto contou ainda com a presença do ministro das Infraestruturas e Habitação, Pedro Nuno Santos, num comício, durante a campanha eleitoral.

E está previsto que o secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, Duarte Cordeiro, participe em arruadas do PS no Porto.

Esta presença de figuras do Governo na campanha eleitoral motiva as críticas de Rui Moreira que diz que é “uma vergonha”.

“A mim dá-me vontade de rir, por um lado, e tenho alguma tristeza pelo país ainda ser assim. Isto tem o ar todo de chapelada, aquele ar salazarento de chapelada que veem cá prometer coisas”, salienta Rui Moreira.

“Da próxima vez, candidatem um ministro à cidade do Porto, é muito melhor, fazem o trabalho duplo”, aponta também o actual presidente de Câmara do Porto que se recandidata ao cargo.

Rui Moreira revela ainda que o ministro da Educação, Tiago Brandão Rodrigues, lhe telefonou a comunicar que ia visitar escolas ao Porto e que lhe pediu para não comparecer.

O autarca critica a “governamentalização das eleições” e nota que é uma “menorização do poder autárquico”, mas salienta que não pretende fazer queixa à Comissão Nacional de Eleições (CNE) que define como “um produto dos partidos”.

Rui Rio, presidente do PSD, também já disse que não pretende apresentar queixa contra o PS, mas admitiu ter ficado “chocado” com a promessa eleitoral de António Costa em Coimbra, no apoio ao presidente de Câmara local que se recandidata, Manuel Machado.

A CNE só pode intervir quando recebe queixas, mas o porta-voz da entidade já admitiu que António Costa pode ter violado o dever de neutralidade e imparcialidade na acção de campanha em Coimbra.

“Faço campanha calado?”

O PS e António Costa também têm sido criticados por estarem a colocar o Plano de Recuperação e Resiliência (PRR), a bazuca europeia, no centro da campanha.

“Se o nosso trabalho não fosse bom, não ficavam incomodados por falarmos dele. Se ficam incomodados, é porque estamos a fazer um bom trabalho“, aponta Pedro Nuno Santos.

“Faço uma campanha calado? Não falo do que estamos a fazer? Não vamos dizer: no caso de Penafiel, o IC 35 vai avançar”, questiona Pedro Nuno Santos, realçando que “o itinerário já está previsto” e que “temos as verbas para o fazer”.

Mais uma promessa de um elemento do Executivo, desta vez, em Penafiel, onde o candidato do PS tenta destronar o domínio de 20 anos do PSD.

  ZAP //

PARTILHAR

19 COMENTÁRIOS

    • O Rio é um tacanho de esquerda, mascarado de direita….bastarda!
      O que fez a temido, é o que todos os governantes vermelhos fazem!
      Crime? Só se fosse de direita. Assim, o caso será arquivado tal como o assassinato cometido pelo seu camarada do MAI.

  1. Não foi por acaso que Marta Temido se alistou no PS. Parece, segundo dizem as sondagens, que é um dos ministros mais populares do governo daí que queiram tirar partido da sua popularidade. Confesso que Marta Temido me desiludiu. Começou com garra mas, pouco a pouco, foi-se calando, foi-se submetendo!

  2. Se fosse este maior problema, estávamos na Finlândia. O problema é que estamos em Portugal, e querem-se julgar crimes destes mas não se julgam os que nos custam milhões.

  3. Desde quando é que isto não foi assim? Estes tipos dos sucessivos governos sempre utilizaram os carros do estado para questões privadas. Chegam a utilizar as viaturas do estado para os filhos irem a festas e os cônjuges irem às compras!!!
    Entretanto o Costa vai em carro do estado para ações de campanha e faz uma tirada de mais de 200km em 1,5h!!! À “ganda” Costa. Continuem a votar nele e vão ver onde vamos parar!?

  4. O “ar salazarento” de que fala o arguido no processo Selminho, é o seu próprio ar!! Para o arguido do caso Selminho o apoio a um candidato de um partido é um crime, mas o “despacho do salazarista Moreira a favor da sua família e em prejuízo do Povo…é um acto caridoso!! A hipocrisia não tem limites para os hipócritas, nem para os direitolos!!

    • Diz bem. Arguido. Sabe a diferença entre Arguido e culpado? É a mesma que se aplica ao caso Sócrates e a vários outros membros do Partido Xuxalista. A hipocrisia está infelizmente no partido que nos governa e começou com as eleições em que perderam e enganaram os seus eleitores juntando-se com outros partidos que antes dessas mesmas eleições eram os piores do mundo..dando ouvido á campanha eleitoral…..
      Não vale de nada dizer para terem vergonha porque a unica coisa que têm é arrogancia. Digo só para olharem para a historia de Portugal e para a primeira Républica. Foi desse mesmo erro que nasceu o Salazarismo.

    • A ignorància é atrevida!
      No tempo do Dr. Salazar, NINGUÉM usava os carros do Estado em proveito próprio, muito menos os ministros, que tinham de dar o exemplo!

  5. Estamos a assistir a venezuelizacao de Portugal aos poucos sem dar-mos por isso. Impunidade. Tudo é permitido ao PS. Corrupção, presumíveis pedófilos, uso do Estado ao serviço do partido .. tudo acontece em Portugal.

  6. Pelo que se vê todos os dias o António Costa, Primeiro Ministro, anda em campanha eleitoral autárquica por este País fora, no período de férias que estará a gozar, pois que se saiba ele não é candidato autárquico. Alguém o deve estar a substituir como Primeiro Ministro, enquanto goza férias e dispõe desse tempo para fazer campanha eleitoral autárquica. Não me parece que o António Costa faça campanha eleitoral autárquica no período em que exerce as funções de Primeiro Ministro. Quantos trabalhadores não gostariam de faltar ao serviço para participar na campanha eleitoral, sem ser candidatos, mas os malévolos dos patrões não o permitem. O Presidente Marcelo, como habitual comentador e pedagogo, podia explicar aos patrões (e aos portugueses) esta bondade de um trabalhador não candidato fazer campanha sem necessidade de comparecer na empresa para trabalhar, isto é, ser dispensado de trabalhar.

  7. Tem toda a razão! Olhar para o César da Ilha, para o Manuel de Coimbra, os de Braga, Matosinhos, Vª do Conde e outros tem todos ar de quem gosta da vassalagem ao chefe!

RESPONDER

Luxemburgo torna-se o primeiro país da Europa a legalizar o cultivo e consumo de canábis

O Governo luxemburguês anunciou, esta sexta-feira, que o país será a primeira nação do Velho Continente a legalizar o cultivo e o consumo de canábis. De acordo com a nova legislação, explica o jornal The …

Prisão preventiva para suspeitos da morte de jovem no metro das Laranjeiras

Os quatro suspeitos da morte de um jovem, na quarta-feira, na estação de metro das Laranjeiras, em Lisboa, ficaram em prisão preventiva, depois de presentes a primeiro interrogatório judicial. Os quatro arguidos, com idades entre os …

Cristiano vs. Salah: Klopp não queria comparar mas comparou

Treinador do Liverpool não acredita que vai encontrar um adversário debilitado: "Eles são capazes de fazer coisas incríveis". É o grande jogo de futebol no Reino Unido e um dos mais aguardados em todos os países: …

Bastonário dos Médicos considera direção executiva do SNS "um disparate"

O bastonário da Ordem dos Médicos considera que a criação da direção executiva do Serviço Nacional de Saúde, proposta no Estatuto do SNS aprovado esta quinta-feira, é "um disparate" e que há estruturas que podem …

João Leão no Parlamento: "A alternativa é um Orçamento apresentado pelo PSD"

O ministro das Finanças afirmou, esta sexta-feira, na Assembleia da República, que a alternativa à viabilização à esquerda da proposta de Orçamento do Estado para 2022 (OE2022) é um Orçamento feito pelo PSD. "A alternativa que …

Mais de 30 mil mulheres polacas recorreram a métodos de aborto ilegais ou no estrangeiro desde a alteração na lei

Proibição à interrupção voluntária da gravidez entrou em vigor no início deste ano e as  exceções só se aplicam a casos de violações, incestos ou quando a saúde da mãe está em risco. Pelo menos 34 …

Fenprof anuncia nova greve no dia 12 e concentração em frente ao Parlamento

A Federação Nacional dos Professores (Fenprof) anunciou, esta sexta-feira, a realização de uma concentração em frente à Assembleia da República no dia 5 de novembro e a adesão à greve nacional da Administração Pública marcada …

Luis Díaz será a prioridade do Newcastle

Valor de mercado será agora inacessível para os clubes italianos, escreve-se... em Itália. O novo Newcastle deverá atacar o mercado do futebol com estrondo, possivelmente já daqui a pouco mais de dois meses, e a prioridade …

Rui Rio, presidente do PSD

Rio apresenta recandidatura. "Seria muito prejudicial para o país se o PSD mudasse agora de líder"

O presidente do PSD apresentou, esta sexta-feira, na cidade do Porto, a sua recandidatura à liderança, tendo considerado que "seria muito prejudicial", não só para o país como para o partido, mudar agora de líder. Rui …

"Conquistem a vaga no relvado": aviso à UEFA sobre a nova Liga dos Campeões

Associação das Ligas Europeias contra vagas garantidas para clubes que não terminarem o campeonato nacional num dos primeiros lugares. A reunião da Associação das Ligas Europeias de futebol terminou com o reforço de posições públicas contra …