Ministra da Cultura sueca acusada de apropriação cultural por usar rastas

A nova ministra da Cultura e da Democracia da Suécia, Amanda Lind, de 38 anos, líder do Os Verdes, está a ser criticada por usar rastas – foi acusada de apropriação cultural.

A polémica começou quando foi partilhada a fotografia oficial do governo composto por uma aliança política nunca tentada no país: junta a esquerda e a direita, uma solução encontrada para evitar a entrada da extrema-direita no governo. Entre os 23 ministros, 11 são mulheres.

As atenções recaíram rapidamente sobre Amanda Lind. Rebecca Weidmo Uvell, política de direita, escreveu no Twitter: “Como ministra, não te representas a ti, mas à Suécia. Sobretudo num contexto internacional. E eu não acho que se deva usar tal penteado”.

A ministra foi acusada também de apropriação cultural por Nisrit Ghebil, artista negro, que, no jornal Aftonbladet, afirmou que uma mulher branca, principalmente numa posição de poder, “não deve usar um penteado afro-americano”, especialmente quando negros jovens, nos Estados Unidos, continuam a ser expulsos das escolas por usarem rastas.

Numa rádio sueca, de acordo com o Público, Amanda Lind justificou-se. Considera que a apropriação cultural é um “tema de discussão importante”, mas que não pretende mudar de penteado pois, explicou, respeita toda a gente. Disse que usa o mesmo penteado há 20 anos e explicou que quer continuar “a mostrar respeito, mesmo para com aqueles que acham que é um erro” uma pessoa não africana usar rastas.

Segundo o jornal francês Le Monde, Amanda Lind já foi criticada por homenagear ex-ministros do seu partido, nomeadamente Mehmet Kaplan, responsável pela pasta da habitação e desenvolvimento urbano, que foi forçado a demitir-se em 2016 depois de comparar israelitas a nazis e de ter aparecido ao lado de ultranacionalistas turcos.

A ministra admitiu já ter fumado canábis, um crime considerado grave na Suécia, o que também causou polémica no país.

Em janeiro, o Parlamento sueco concedeu mais um mandato de primeiro-ministro ao social-democrata Stefan Lofven, depois de quatro meses de negociações e impasses após as eleições de setembro.

Lofven formou governo com um acordo histórico com o Partido Popular Liberal (centro-direita), com os Verdes (centro-esquerda) e com o Partido do Centro (centro direita). Nas eleições de setembro, a extrema-direita teve 18% dos votos e elegeu 62 deputados.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. O mundo está mesmo todo baralhado… até na Suécia já querem mandar nos penteados!…
    Mas, o que me chamou mais atenção foi isto:
    “A ministra admitiu já ter fumado canábis, um crime considerado grave na Suécia”
    Fumar canábis é um crime grave na Suécia?!
    E quem fumar e tiver rastas?
    Pena de morte?!

  2. Ficam-lhe bem, qual é o problema. Ela está lá para lidar com problemas praticos de política, tem é que ser capaz nas suas funções e é por isso que deve ser avaliada. Pela aparência?? No século XXI já fica a dever ao tempo este tipo de observações. É como se a pessoa que proferiu esses comentários não tivesse mais nada entre as orelhas para dizer sobre a pessoa.. e pumba sai um comentário grosseiro como este..

    • Tudo serve de pretexto quando se trata de criar divisão entre as pessoas.
      Enfim… Então e o artista afroamericano também não pode ser acusado de racismo quando diz que uma mulher branca não pode usar esse tipo de penteado?… Porque não pode?!
      Palhaçada é o que é.
      Somos todos humanos! A única raça que existe é a HUMANA.

RESPONDER

Proteção Civil quer que bombeiros voltem a ser obrigados a usar cinto de segurança

A estrada mata mais bombeiros do que os incêndios. Por isso, a Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil criou um grupo específico para analisar o problema. Rui Ângelo, chefe da Divisão de Segurança, Saúde e …

Estratégia prevê rede de bancos de leite materno e revisão das licenças para amamentar

A ENALCP apresentada esta quarta-feira prevê a criação de uma rede nacional de bancos de leite materno e a revisão dos diretos de parentalidade. Ambientes favoráveis deverão ser também revistos. A Estratégia Nacional para a Alimentação …

DGS aconselha grávidas e bebés vegetarianos a tomarem suplementos

A Direção-geral da Saúde recomenda suplementos de vitaminas e minerais para bebés e grávidas com alimentação vegetariana e lembra que a dieta não omnívora no primeiro ano de vida deve estar sempre sob supervisão médica. "A …

Entre os boletins de voto dos emigrantes, também há cheques e contas da luz

Para exercer o seu direito de voto, os eleitores portugueses residentes no estrangeiro deveriam enviar de volta para Portugal a documentação que receberam em casa – um envelope verde com o boletim de voto, dentro …

Ryanair despede 432 trabalhadores em Espanha

A companhia aérea irlandesa Ryanair confirmou esta quarta-feira a sua intenção de despedir em Espanha 432 trabalhadores das suas bases de Girona e Canárias, 327 tripulantes de cabine e 105 pilotos, informou o sindicato USO. Num …

Eleições em Moçambique. Dados preliminares dão vitória a Nyusi

Segundo as projeções de resultados da Sala da Paz, de acordo com valores “preliminares” baseados na leitura dos editais pelos seus observadores, o atual Presidente moçambicano e candidato da Frelimo, Filipe Nyusi, terá sido reeleito …

"Quem acusou Sócrates tem de provar. Se não provar tem de ser punido"

O ex-Presidente brasileiro, Lula da Silva, defende punição de procuradores da Operação Marquês, caso a acusação contra José Sócrates seja arquivada. Esta terça-feira, em entrevista à RTP, Lula da Silva defendeu a punição dos procuradores que …

Na Saúde, Warren torna-se alvo de ataques. Mas o foco é "derrotar Trump"

O maior debate televisivo para umas eleições primárias na história dos EUA juntou 12 candidatos num só palco. Foi o primeiro debate para o qual o ex-vice-Presidente Joe Biden não partiu com vantagem, tendo a …

Trump sugere que os mexicanos são uma ameaça terrorista maior do que o Daesh

O Presidente Donald Trump sugeriu que os mexicanos são uma ameaça muito maior do que o Daesh. Respondendo uma vez mais às críticas sobre ter retirado as tropas dos Estados Unidos (EUA) junto à fronteira …

Grécia. Incêndio em campo de refugiados deixa 600 pessoas sem alojamento

Um incêndio no campo de identificação e registo de migrantes de Vathy, na ilha grega de Samos, deixou 600 refugiados sem alojamento, alertou na terça-feira a organização não-governamental (ONG) Médicos Sem Fronteiras (MSF). "Em Vathy, seis …