Afinal, a ministra de Bolsonaro não tem formação académica. Títulos são “bíblicos”, defendeu

Valter Campanato / ABr

Ministra de Mulher, Família e Direitos Humanos, Damares Alves

Damares Alves, ministra da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos, apresenta-se como pastora, advogada, mestre em educação, em direito constitucional e direito de família. Títulos académicos que, afinal, não tem.

Na página do Ministério da Mulher, da Família e dos Direitos Humanos lê-se que Damares Alves é “formada em Direito pela Faculdade de Direito de São Carlos, e em Pedagogia, pela Faculdade Pio Décimo, a educadora, advogada.”

Contudo, a investigação, levada a cabo pela Folha de São Paulo, revela que os mestrados em Educação e Direito que Damares não existem. O curriculum da ministra do Trabalho da Família não consta na plataforma na Lattes, uma plataforma do Conselho Nacional de Desenvolvimento Científico e Académico que que integra as bases de dados de currículos, grupos de pesquisa e instituições.

Damares Alves admitiu, no entanto, em conferência de imprensa, nunca ter frequentado tais cursos e que os “títulos são bíblicos”. Segundo a ministra, “diferentemente do mestre secular, que precisa de ir a uma universidade para fazer o mestrado, nas igrejas cristãs, é chamado mestre todo aquele que é dedicado ao ensino bíblico”.

No dia 14 de janeiro, à mesma pergunta, a assessoria de Damares Alves disse apenas que “a ministra não tem Lattes”. Uma pessoa da bancada evangélica no Congresso, para a qual Damares já trabalhou como assessora jurídica, disse ao jornal brasileiro que a ministra já ostentou o título noutras ocasiões.

Agora, o currículo de Damares publicado no site da pasta sob a sua guarda diz que a ministra se formou na Faculdade de Direito de São Carlos e em pedagogia pela Faculdade Pio Décimo. A ministra usa uma passagem bíblica para justificar a designação: “E ele designou alguns para apóstolos, outros para profetas, outros para evangelistas e outros para pastores e mestres”.

“Passei anos da minha vida a palestrar para professores e mestres em seminários de escolas bíblicas e ministério infantil”, disse a ministra. “Em várias dessas palestras, prafraseei a passagem, estimulando os professores ali presentes para que lembrasse como nós, como pastores, recebemos o ministério de mestres dentro da perspetiva cristã”.

ZAP //

 

 

PARTILHAR

10 COMENTÁRIOS

    • Do lado de cá também há “títulos bíblicos?!
      Já se sabe que os radicais religiosos são capazes de tudo, mas disto, eu nunca tinha ouvido falar!…
      Uma coisa é ser vigarista; esta é, claramente, doente mental!!

  1. São mestres, aprendizes de feiticeiros, doutores, engenheiros, sem passarem pelos bancos das universidades ou faculdades, sem queimarem pestanas a estudaremsacando uns diplomas aos compadres reitores e afiliados… Que cambada! Também fazem milagres? Transformam água em vinho e pedra em pão?

  2. Pode ter feito as licenciaturas e mestrados na universidade do Relvas e do Sócrates, já agora o pós graduação na do Manuel Pinho.

  3. Então esta criatura nunca frequentou um estabelecimento de ensino credenciado, e no entanto, pavoneia-se com títulos académicos. Ainda dizem que não há milagres?

  4. Uma sujeita, que tem um “Tête à Tête” físico e ao vivo, com Jesus Cristo, em cima de uma goiabeira, tem o direito a todos os mestrados, pós graduações e doutoramentos. Só não entendo é que, com as imensas oportunidades que Cristo teve de encontrar a Bruna Lombardi, porque raio, foi logo encontrar esta. Bom, a piedade é uma prerrogativa de quem faz bem.

  5. Vou começar a ir à missa para obter um mestrado divino, a ver se sou ministro no próximo governo e enriqueço como os que lá estão.

RESPONDER

Quatro mortos em manifestações na Bolívia. São 23 desde o final de outubro

Comissão Interamericana de Direitos Humanos registou pelo menos 122 feridos desde sexta-feira. Já houve 23 vítimas mortais desde o final de Outubro, início da crise social e política na Bolívia. Quatro pessoas morreram no sábado em …

UE acusada de pagar aos próprios traficantes para travar imigração

A União Europeia conta com um processo no Tribunal Penal Internacional interposto por Omer Shatz e Juan Branco. A UE é acusado de pagar aos próprios traficantes para parar a imigração. Omer Shatz, advogado e professor …

Governo quer ter a primeira refinaria de lítio da Europa

O Governo quer abrir a primeira refinaria de lítio no continente europeu. No entanto, João Galamba refere que tudo depende dos resultados do estudo de impacto ambiental das minas. Sem confirmar que venha a haver minas …

Cientistas desvendam novas pistas sobre o maior macaco que já existiu

O mítico "Bigfoot" é uma criatura lendária mas, durante milhões de anos, o verdadeiro — um símio com o dobro do tamanho de um ser humano adulto — percorreu as florestas do Sudeste Asiático, antes …

Preço do tabaco pode aumentar. Decisão cabe ao Governo

Os responsáveis do Programa Nacional para a Prevenção do Tabagismo propuseram um aumento do preço do tabaco, e a decisão depende agora do Governo. Os responsáveis do Programa Nacional para a Prevenção do Tabagismo propuseram um …

Derrocada em Borba. Um ano depois, ainda é uma ferida aberta e problemas continuam

Um ano depois do acidente na pedreira de Borba, o sindicato que representa os trabalhadores garante que os perigos persistem, enquanto a associação Assimagra salienta que foi um caso “isolado” e está a avançar com …

Caracóis estão a ficar amarelos para se adaptarem às alterações climáticas

Nas áreas urbanas, os caracóis estão a ficar com as cascas amarelas para se adaptarem às alterações climáticas. Os cientistas vão agora analisar os padrões das penas dos pássaros, para perceberem se também há uma …

Os terrenos contaminados de Fukushima vão tornar-se num centro de "energia verde"

Fukushima, local que sofreu um dos maiores desastres nuclear do mundo, vai reinventar-se e tornar-se num centro de energia renovável. Depois de ser atingido por um terramoto e um tsunami de 15 metros em 2011, três …

Cientistas identificaram neurónios específicos que mapeiam memórias

Neurocientistas descobriram um aspeto curioso de como a nossa memória funciona: Quando o cérebro precisa de recuperar informação relacionada com um lugar específico, neurónios individuais podem atingir memórias específicas. De acordo com o estudo publicado na …

Grande tempestade de areia pode ter ditado o fim de um império da Mesopotâmia

O Império Acádio da Mesopotâmia entrou em colapso devido a uma enorme tempestade de areia, sugeriu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Hokkaido, no Japão. Em comunicado, os especialistas explicam …