Ministério Público vai mesmo investigar “falso depoimento” de Centeno

3

Rodrigo Gatinho / Portugal.gov.pt

Mário Centeno, ministro das Finanças

Sociais-democratas tinham sugerido ao MP que investigasse as declarações do ministro na comissão de inquérito ao Banif, acusando-o de ter mentido.

O Ministério Público referiu esta quinta-feira que vai analisar “todos os elementos” para verificar se deve intervir na comissão de inquérito ao Banif, avança a agência Lusa, citada pelo Diário de Notícias.

“O Ministério Público não deixará de analisar todos os elementos que vierem ao seu conhecimento, tendo em vista apurar se se verifica necessidade de intervenção no âmbito das suas competências”, referiu o gabinete de imprensa da Procuradoria-Geral da República.

Esta resposta acontece depois dos deputados do PSD terem pedido a intervenção do MP face ao alegado falso depoimento de Mário Centeno na sua primeira audição.

Esta quarta-feira, em declarações ao jornal i, o social-democrata Luís Marques Mendes afirmou que “há uma mentira” e que “prestar falsas declarações é crime”.

O ministro das Finanças tem negado com todas as suas forças estas acusações, reafirmando que não intercedeu a favor do espanhol Santander Totta no processo de aquisição do Banif.

Aliás, no final do Conselho de Ministros de ontem, o governante voltou a explicar que não incorreu “em nenhuma falsidade” e que compreende que “a oposição tenha de fazer o seu trabalho”, citou o DN.

No entanto, o ministro encarregue da pasta das Finanças aproveitou para deixar uma critica aos sociais-democratas, rematando que, apesar disso, não compreende que “a oposição faça o seu trabalho nesses moldes”.

ZAP

3 Comments

  1. Se começam a fazer os mesmo a todos os políticos, vai ser bonito!…
    Quando chegarem ao Passos Coelho, vão ter trabalho para muito tempo…

  2. O MP investigou todas as mentiras que Passos Coelho, disse enquanto PM? Deixem de ser meninos da mamã, de serem queixinhas e trabalhem. Mostrem que merecem os vossos ordenados, que é superior ao SMN, pagos pelos portugueses.

  3. Acho bem que investiguem (embora haja coisas bem mais importantes a fazer…). Se se provar, que seja punido… Mas se se provar o contrário, que sejam punidos aqueles que o acusaram (bem… isso é que não vai acontecer, de certeza…)!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE