Ministério da Justiça expõe dados privados de funcionários (e é normal)

Manuel de Almeida / Lusa

A ministra da Justiça, Francisca van Dunem

Candidatos preteridos num concurso público receberam do Ministério da Justiça (MJ) informações pessoais, como nomes, moradas, doenças, situação familiar e financeira, dos colegas que ficaram com os lugares pretendidos. Um procedimento habitual, segundo o MJ.

Está em causa um concurso público para a transferência de funcionários do Ministério da Justiça para a Madeira, que se realizou em 2017, conforme apurou a TSF.

No âmbito das reclamações apresentadas pelos candidatos preteridos, a Direcção-Geral da Administração da Justiça partilhou com eles informações pessoais sobre os colegas que garantiram as transferências.

Há, por exemplo, uma funcionária que se candidata à transferência alegando que está “emocionalmente angustiada” por estar colocada longe de casa, enquanto outra refere que precisa de se mudar para a Madeira para apoiar financeiramente os pais.

O MJ justifica o envio destes dados pessoais com a necessidade de dar “conhecimento” aos candidatos preteridos das razões porque foram excluídos das transferências para a Madeira.

“Segundo a Direcção-Geral da Administração da Justiça, os dados pessoais apresentados pelos funcionários requerentes foram o fundamento para as colocações pretendidas, pelo que — e fazendo parte do procedimento — teriam de ser do conhecimento dos candidatos preteridos, único modo de estes poderem avaliar se foram ou não ilegalmente prejudicados, reagindo, em caso afirmativo, contra a Administração”, aponta uma nota do MJ citada pela TSF.

“Não é possível que, para responder a uma reclamação, tenhamos de apresentar a vida privada das pessoas”, reage, por seu turno, o presidente do Sindicato dos Oficiais de Justiça (SOJ), Carlos Almeida, também em declarações à TSF.

O caso poderia ter assumido contornos ainda mais graves, porque os candidatos preteridos tinham intenção de divulgar os dados na Internet. Foi a intervenção do SOJ que impediu que isso acontecesse.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Que mal farei eu à pessoa que um dos candidatos preteridos não possa fazer? Se são dados públicos para uns são públicos para todos os cidadãos. Mas estou contra esse excesso de transparência. No privado é melhor esperar sentado que te digam que foste preterido.

RESPONDER

Costa quer fazer da Saúde a jóia da coroa da legislatura (e Centeno pode desempenhar funções importantes)

O programa eleitoral do PS foi este sábado aprovado, por unanimidade, no final da Convenção Nacional do partido, que decorreu em Lisboa. O programa eleitoral do PS para as legislativas de 06 de outubro foi apresentado …

Fogos na Sertã dominados. Chamas ainda descontroladas em Vila de Rei e Mação

O Comandante do Agrupamento Centro Sul da Autoridade Nacional de Emergência e Proteção Civil, Belo Costa, disse esta manhã de domingo, que as Forças Armadas estão no terreno com máquinas de rastos, bem como a …

Cemitérios verdes. Especialista britânico sugere enterrar mortos à beira da estrada

O especialista britânico sugere que se use os espaços ao lado das estradas, ferrovias e passeios como "corredores funerários" amigos do ambiente. Uma vez que a ciência ainda não encontrou forma de nos tornar imortais, encontrar …

Consumo de proteínas e laticínios pode ajudar a reduzir risco de diabetes

Cientistas associaram um maior consumo de proteínas e laticínios a um menor risco de diabetes. Em contrapartida, alimentos ricos em calorias foram ligados a um maior risco de diabetes. A diabetes é um problema de saúde …

Médicos alertam: técnica de tapar a boca com fita-cola para dormir melhor é perigosa

Chama-se "buteyko" e consiste em encontrar formas de respirar melhor pelo nariz, entre as quais fechar a boca enquanto dormimos. A tendência está a gerar um debate entre os médicos, que consideram esta técnica perigosa. Foi …

Incentivos financeiros ajudam pessoas a deixar de fumar

Fumar mata um em cada dois fumadores ávidos, mas desistir leva a grandes melhorias na saúde, aumento da esperança de vida e poupança de custos com cuidados de saúde. Pagar às pessoas para pararem de …

Há uma coisa simples que podemos fazer para combater as alterações climáticas: falar sobre o problema

A preocupação com as alterações climáticas pode ser muitas vezes um fardo solitário, mas a verdade é que não precisa de ser assim. De acordo com um novo estudo, simplesmente falar sobre o assunto com …

Em busca das duas princesas alemãs. Vaticano analisa ossários após encontrar túmulos vazios

Os trabalhos começaram esta manhã no cemitério que fica dentro das muralhas do Vaticano e foram analisados os restos dos dois ossários, explicou o porta-voz interino da Santa Sé, Alessando Gisotti. Os ossários estavam perto dos …

Miguel Pinto Lisboa é o novo presidente do Vitória de Guimarães

Miguel Pinto Lisboa foi eleito, este sábado, o novo presidente do Vitória de Guimarães, avança a imprensa portuguesa. Os números ainda não são oficiais, mas as primeiras projeções indicam que o candidato de 47 anos da …

Incêndios em Castelo Branco e Santarém. Há quatro bombeiros feridos, um em estado grave

Dois incêndios em Castelo Branco estão a mobilizar mais de 500 operacionais e 15 meios aéreos. Há estradas cortadas e aldeias evacuadas. Dois incêndios em povoamento florestal, todos no distrito de Castelo Branco, um no município …