Milo, o “comunicador de ação” que permite conversar em grupo durante atividades ao ar livre

Chegou o Milo, o novo aparelho que vai revolucionar as aventuras em grupo. Este pequeno dispositivo permite-lhe conversar com o seu grupo à distancia sem precisar de levar o smartphone para o meio da montanha, ou colocá-lo em risco enquanto pratica desportos aquáticos.

Embora seja possível transportar um walkie-talkie durante um passeio pela floresta com os amigos, este aparelho pode apresentar alguns constrangimentos. É necessário pressionar para pode falar, e só pode interagir uma pessoa de cada vez, já para não falar dos ruídos do vento que podem incomodar qualquer conversa.

Agora, com o comunicador Milo estes problemas podem finalmente ser resolvidos, pois o pequeno aparelho foi feito para ajudar os amantes de aventura a manterem contacto à distancia, diz o New Atlas.

O “comunicador de ação” facilita conversas entre amigos enquanto um grupo pratica exercícios à distancia. Esta conexão pode ser feita sem estar ligado a um smartphone, opera sem Wi-Fi ou rede móvel, e pode ser usado com mãos livres.

“A ideia do Milo surgiu quando eu estava a fazer esqui com os meus filhos, que são muito melhores do que eu e muitas vezes me passam a perna, chegando primeiro ao topo da colina”, referiu Peter Celinski, fundador e CEO da Loose Cannon Systems, que está a desenvolver o Milo.



Celinski explicou que estava cansado de gritar para eles irem mais devagar. “Tentava comunicar através do meu telefone ou de um walkie-talkie, mas para além de ficar com as mãos geladas, raramente respondiam. Então pensei que que tinha que haver uma maneira melhor de conseguirmos comunicar”, e assim surgiu a ideia o Milo.

O Milo foi pensado para trabalhar com redes sem fios e é permite a comunicação de voz em grupo através de várias vias. O alcance máximo entre dois dispositivos é de mais de 600 metros, mas à medida que o grupo se divide, a rede pode estender-se por mais de 1,6 km.

Configurar uma rede de grupo é tão simples quanto aproximar um Milo do outro, apertar um botão e esperar que este emita um som de confirmação. Em seguida, as conversas são criptografadas para garantir que ninguém de fora do grupo possa bisbilhotar. A configuração também tem capacidade para notificar o grupo caso alguém saia do alcance.

O dispositivo pesa apenas 72 gramas e pode ser preso no bolso de um casaco, alça de mochila, braçadeira, ou instalado num capacete com uma base magnética. O aparelho foi construído para momentos de grande ação, por isso conta com impermeabilização, o que significa que pode ser submerso até 1 metro de profundidade durante pelo menos 30 minutos, tal como também sobrevive a uma queda de 2 metros.

O Milo tem seis microfones de alto desempenho e a sua tecnologia de processamento de áudio ajuda a garantir a qualidade das comunicações num volume natural de conversação, suprimindo o vento e outros ruídos do ambiente. A saída de áudio é feita através de um altifalante e amplificador personalizados.

O preço do aparelho começa nos 169 dólares (cerca de 143 euros) na compra de uma unidade, sendo que na compra de quatro pode conseguir um valor de 549 dólares (perto de 467 euros). Se tudo correr como planeado, a empresa vai colocar o produto à venda já em dezembro.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Relatório dos Sistemas de Saúde arrasa gestão da pandemia

O Relatório de Primavera 2021, do Observatório Português dos Sistemas de Saúde, critica a gestão da pandemia em Portugal, salientando que "não estamos a aprender ainda, com a experiência da pandemia, aquilo que seria necessário …

Líderes independentistas catalães já começaram a sair da prisão

Os nove líderes independentistas catalães que receberam o indulto do Governo espanhol começaram, esta quarta-feira, a sair das prisões onde se encontravam. A ex-presidente do parlamento regional Carme Forcadell foi a primeira a abandonar o estabelecimento …

Afinal, Bruxelas não vai restringir conteúdos britânicos na TV e no streaming

A Comissão Europeia desmentiu o facto de estar a ser preparada uma alteração legislativa para restringir a difusão de conteúdos audiovisuais produzidos no Reino Unido na programação das estações televisivas ou nas plataformas de streaming …

Altice culpa ANACOM e Governo por despedimento colectivo (e ameaça deixar Portugal)

A Altice anunciou o despedimento colectivo de quase 300 trabalhadores depois das saídas de cerca de mil funcionários por mútuo acordo. Mas admite que continua a ter colaboradores "dispensáveis" e deixa o alerta de que …

PCP encerra jornadas parlamentares com sete páginas de críticas ao Governo

Sete páginas do discurso de encerramento das jornadas parlamentares do líder parlamentar do Partido Comunista Português (PCP), João Oliveira, foram dedicadas às queixas contra o Governo e o PS. As jornadas parlamentares do PCP terminaram com …

Um terço dos internados em UCI em Lisboa estava vacinado com a primeira dose

Cerca de um terço dos doentes com covid-19 internados em unidades de cuidados intensivos (UCI) na região de Lisboa e Vale do Tejo (LVT) já estava vacinado com a primeira dose quando deu entrada no …

Fernando Santos admitiu mudanças. Eis as mexidas que podem acontecer no "onze"

Fernando Santos admitiu promover alterações no onze inicial de Portugal frente à França. Eis a equipa que pode entrar em campo logo à noite. A derrota por 2-4 frente à Alemanha, no segundo jogo da fase …

MP pede pena de prisão efetiva entre dois e três anos para Armando Vara

O Ministério Público (MP) pediu, esta quarta-feira, a condenação de Armando Vara a uma pena efetiva próxima dos três anos de prisão por um crime de branqueamento de capitais, do qual foi pronunciado em processo …

Imunidade de grupo poderá ser atrasada. Jovens com mais de 18 anos vacinados a partir de 4 de julho

Henrique Gouveia e Melo, coordenador da task force para o Plano de Vacinação contra a covid-19, admitiu um atraso de até 15 dias na meta de 70% de população vacinada com a primeira dose, devido …

Supremo espanhol ordena libertação imediata dos nove políticos catalães

O Supremo Tribunal espanhol ordenou, esta quarta-feira, a libertação imediata dos nove líderes independentistas catalães condenados pela tentativa separatista de 2017, depois de o Governo ter concedido um indulto por "razões de utilidade pública". Segundo a …