Militares venezuelanos autorizados a usar “força potencialmente letal” para controlar manifestações

andresAzp / Flickr

Manifestações na Venezuela

O Ministério da Defesa da Venezuela publicou quinta-feira uma resolução que autoriza os oficiais militares a usarem a força “potencialmente letal” no controlo da ordem, paz social e convivência em reuniões públicas e manifestações.

A resolução foi publicada no jornal oficial e estabelece o “uso progressivo e diferenciado da força” para controlar as reuniões públicas e manifestações em casos como a intimidação psicológica, não cumprimento de ordens de autoridades, violência verbal, violência passiva, violência defensiva, violência ativa e violência mortal.

Segundo a resolução em caso de “criação de uma situação de risco mortal” o “funcionário militar aplicará o método de uso da força potencialmente mortal, com a arma de fogo ou com outra arma potencialmente mortal”.

Por outro lado, a autorização determina que se a utilização de “armas de fogo for inevitável”, os funcionários militares deverão “tomar precauções especiais para proteger a vida humana, reduzir os danos, lesões e evitar afetar outras pessoas alheias à situação, sem que sirva de pretexto para resolver a situação da forma mais rápida possível”.

A oposição venezuelana criticou a resolução e anunciou que vai interpor um recurso de nulidade perante o Supremo Tribunal de Justiça.

A Constituição da Venezuela proíbe o uso de armas de fogo e de substâncias tóxicas no controlo de manifestações pacíficas. Também iremos à Organização das Nações Unidas e onde tenhamos que ir, para mostrar a nossa condenação à aplicação da resolução”, disse aos jornalistas a porta-voz da coligação opositora Mesa de Unidade Democrática, Delsa Solórzano.

Segundo o coordenador do Observatório Venezuelano de Violência, Roberto Briceño León, com a nova resolução o Governo venezuelano “procura intimidar a população e de alguma maneira impedir que saia à rua em protesto “.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Palavra “mulher” já tem nova definição

O dicionário online Priberam e o canal de televisão FOX Life uniram-se para desafiar os portugueses a participar na revisão do significado da palavra "mulher". Três semanas depois, apresentam-nos o resultado. Esta terça-feira, o dicionário online …

EUA emitem alerta sobre "ataques sónicos" na China

Esta quarta-feira, a embaixada norte-americana na China emitiu uma alerta após um funcionário do Governo ter sofrido uma lesão cerebral. A embaixada norte-americana na China emitiu um alerta depois de um funcionário ter sofrido uma lesão …

Descobertas 481 moedas romanas dos séculos I ao III em Braga

Um museu em Braga descobriu 481 moedas romanas datadas do século I ao século III que permitem perceber o circuito de comércio no Mediterrâneo na época do Império Romano. Esta quarta-feira, o Museu Pio XII, em …

José Manuel Coelho condenado a ano e meio de prisão domiciliária

O deputado do PTP/Madeira foi, esta quarta-feira, condenado a um ano e seis meses de prisão domiciliária pela prática de vários crimes de difamação e de divulgação de fotografias ilícitas. José Manuel Coelho foi julgado na …

Maternidade só deixa mãe ver as filhas recém-nascidas depois de pagarem a conta

Uma mãe esperou cinco dias para ver as suas filhas recém-nascidas porque não tinha dinheiro para pagar as despesas médicas. Juliana Logbo esperou cinco dias depois do parto para ver as suas filhas gémeas e recém-nascidas …

Novo escândalo de abusos sexuais no Chile leva à suspensão de 14 sacerdotes

A diocese da cidade chilena de Rancagua anunciou, esta terça-feira, a suspensão de 14 sacerdotes implicados num novo escândalo de abusos sexuais sobre jovens e menores. "Estes padres cometeram atos que podem constituir crimes nos domínios …

94% das universitárias de Coimbra já foram alvo de assédio sexual

Um estudo realizado pela UMAR Coimbra sobre a violência sexual em contexto académico revela que 94,1% das mulheres inquiridas já foram alvo de assédio sexual, 21,7% de coerção sexual e 12,3% reportaram já terem sido …

Israel admite: o famigerado F-35 já se estreou em combate

A força aérea israelita admitiu ter usado, pela primeira vez, o poderoso caça bombardeiro numa ação de combate contra dois tanques, numa missão recente. Um dos aviões de combate mais avançados do mundo, o novo caça-bombardeiro …

Proposta do PS sobre a habitação suspende despejos já em curso

O PS avançou com uma proposta de alteração ao seu próprio projeto. A medida abrange inquilinos com mais de 65 anos ou com grau de incapacidade igual ou superior a 60% desde que residam há …

Função Pública vai ter aumentos em 2019 (mas não nos salários)

O ministro das Finanças referiu, esta quarta-feira, no Parlamento, que os funcionários públicos vão ter aumentos em 2019, através da "via do descongelamento de carreiras". Mas sobre um eventual aumento dos salários não se pronunciou. "Todos …