“As armas estão prontas”. Militares reiteram lealdade a Maduro

(h) Miraflores Press / EPA

O ministro da Defesa da Venezuela disse nesta quarta-feira que “as armas estão prontas” para defender o país e o Presidente Nicolás Maduro, cuja legitimidade é contestada pela Assembleia Nacional venezuelana e por vários países, nomeadamente os Estados Unidos.

“As armas estão prontas para defender o país e está também o espírito libertário, bolivariano, chavista das Forças Armadas Nacionais Bolivarianas (FANB) para executar com força, eficácia e com mística e com espírito militar a tarefa constitucional que nos confere”, afirmou Vladimir Padrino, numa cerimónia com militares que também contou com a presença de Nicolás Maduro.

Junto a Maduro, o ministro da Defesa reiterou a sua lealdade, frisando na ocasião que todos os militares reconhecem o líder do regime chavista como o único Presidente e o único comandante chefe das FANB. “Estamos prontos para defender o Presidente Nicolás Maduro (…) defender tudo o que representa a institucionalidade à luz das nossas leis, do nosso povo e da sua vontade”, prosseguiu.

A crise política na Venezuela agravou-se em 23 de janeiro, quando o líder da Assembleia Nacional (parlamento), o opositor Juan Guaidó, se autoproclamou Presidente da República interino e declarou que assumia os poderes executivos de Nicolás Maduro.

Após a sua autoproclamação, Guaidó, de 35 anos, contou de imediato com o apoio dos Estados Unidos e prometeu formar um governo de transição e organizar eleições livres. Também anunciou uma amnistia aos militares e funcionários públicos que “colaborarem com a restituição da democracia”.

Nicolás Maduro, de 56 anos, chefe de Estado desde 2013, recusou o desafio de Guaidó e denunciou a iniciativa do presidente do parlamento, no qual a oposição tem maioria, como uma tentativa de golpe de Estado liderada pelos Estados Unidos da América.

Na mesma intervenção, o ministro da Defesa reafirmou que o alto comando militar rejeita manobras golpistas e de traição, declaração que foi interpretada como uma resposta à proposta de Guaidó de amnistiar os funcionários e militares que desobedecessem a Maduro.

Durante a mesma cerimónia, o comandante estratégico operacional das FANB, Remigio Ceballos, denunciou movimentações suspeitas a partir da Colômbia e de outros países, momentos depois de Maduro ter acusado militares que desertaram de se terem tornado “mercenários” e de estarem a conspirar contra a Venezuela a partir do território colombiano com o objetivo de dividir o exército venezuelano.

Remigio Ceballos também reiterou o seu apoio e reconhecimento a Maduro, considerando que a união cívico-militar é “a melhor arma” para “vencer e resistir a qualquer agressão”. “A união é onde está a nossa maior força, a lealdade ao nosso presidente”.

Na terça-feira, Nicolás Maduro anunciou a criação de 50 mil unidades cívico-militares para defender o país dos “ataques do império norte-americano”, que, insistiu, estão a promover um golpe de Estado contra o seu Governo.

A repressão dos protestos antigovernamentais da última semana provocou pelo menos 40 mortos, de acordo com dados das Nações Unidas. Esta crise política soma-se a uma grave crise económica e social que levou 2,3 milhões de pessoas a fugirem do país desde 2015, segundo dados da ONU. Na Venezuela, antiga colónia espanhola, residem cerca de 300.000 portugueses ou lusodescendentes.

A União Europeia fez um ultimato a Maduro para convocar eleições nos próximos dias, prazo que Espanha, Portugal, França, Alemanha e Reino Unido indicaram, na sexta-feira, ser de oito dias, findo o qual o bloco comunitário reconhece a autoridade de Guaidó e da Assembleia Nacional para liderar o processo eleitoral.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Bebé nos EUA nasceu sem pele (e ainda não se sabe porquê)

Um bebé no Texas, nos EUA, nasceu sem pele na maior parte do seu corpo. Ja'bari Gray nasceu a 1 de janeiro e pesava apenas 1,4 quilogramas. O menino não tem pele na maior parte do …

Os donos de cães são mais felizes que os donos de gatos

O mundo está dividido em dois: amantes de cães e amantes de gatos. Um estudo acaba de revelar que os donos de cães são mais felizes do que os donos de felinos. Será que os donos …

Estávamos quase a perder um osso do joelho (mas afinal está de volta)

Algumas pessoas têm um osso extra no joelho, conhecido como fabela. Ninguém identificou um propósito para o osso, que até aumenta o risco de artrite. Não era uma surpresa que o osso estivesse a tornar-se cada …

Explosões em hotéis e igrejas no Sri Lanka fazem 200 mortos. Há um português entre as vítimas

Uma série de oito explosões simultâneas em quatro hotéis, um complexo de casas e três igrejas no Sri Lanka deixou pelo menos 207 mortos, entre os quais nove estrangeiros, e 469 pessoas feridas. Um dos …

Os ratos (também) têm sentimentos

Cientistas detetaram “neurónios-espelho” nos ratos. Quando um rato sofre, as células que o seu cérebro ativa são as mesmas do que quando vê um outro rato sofrer. A dor é partilhada e transversal, exatamente como …

Milhares de peregrinos vão a Shingo em busca de Jesus (que, diz a lenda, ali está enterrado)

Jesus não morreu aos 33 anos, mas aos 109. Casou e teve três filhas. Quem foi crucificado em Jerusalém foi o seu irmão. Estas são as crenças de um pequeno grupo de cristãos que vivem …

Os Simpsons fazem 30 anos a celebrar o seu dia internacional

A série sobre uma das famílias mais queridas da televisão mundial "Os Simpsons" vai fazer em dezembro 30 anos desde a sua estreia neste formato, mas as comemorações começam já esta sexta-feira com direito a …

Só as mulheres podem parar o Apocalipse nuclear

O aumento da participação feminina no setor nuclear ajudaria a reduzir a ameaça de um Apocalipse, afirmou recentemente a analista Xanthe Scharf. O conflito nuclear continua a ser a maior ameaça imediata à segurança global. Os …

Esqueleto que caiu de um penhasco pode ter pertencido a uma princesa

Há mais de um século, um tronco esculpido que continha o antigo esqueleto de uma mulher caiu de um penhasco à beira-mar na pequena vila costeira polaca de Bagicz. Agora, os investigadores determinaram que a mulher …

Apanhado no Facetime. Prisão perpétua para português por violação e agressão em Inglaterra

Um português a residir em Inglaterra foi condenado a prisão perpétua por violação e agressão a uma jovem de 19 anos, tendo uma captura de ecrã durante uma chamada de FaceTime sido um elemento chave. Samuel …