Militares portugueses vão ajudar a combater o Estado Islâmico

O embaixador dos Estados Unidos Brett McGurk, representante adjunto do presidente Barack Obama para coligação internacional, revelou que militares portugueses vão ajudar a combater o Estado Islâmico.

De acordo com o Diário de Notícias, a decisão terá sido tomada em dezembro, mas mantida em segredo até agora.

Numa entrevista dada em Lisboa pelo embaixador Brett McGurk, que a RTP1 divulgou parcialmente na passada quinta-feira, este revelou que “a iniciativa de treino em que Portugal vai participar é muito importante porque as forças de segurança iraquianas entraram em colapso no verão passado”.

No entanto, pouco mais se sabe sobre a participação portuguesa: de acordo com o comunicado da reunião de dezembro passado, o Conselho Superior de Defesa Nacional (CSDN) apenas “analisou e deu parecer favorável (…) à possibilidade de participação na coligação multilateral no Iraque, no quadro da formação e treino militar“.

Na reunião seguinte do CSDN, a 12 de março, o organismo comunicou que “deu parecer favorável às seguintes propostas do Governo: participação de oito militares, durante um ano, na operação da UE na República Centro Africana, para apoio às autoridades deste país nos setores da segurança e da gestão das suas forças armadas; participação adicional de um navio Patrulha Oceânico, no âmbito da missão no Golfo da Guiné, aprovada na anterior sessão do Conselho”, cita o DN.

Contudo, apesar de não referidos, haverá já “30 militares do Exército” prontos a ir para o Iraque, durante um período inicial de seis meses, que ficarão na área de Bagdade. A segurança dos militares portugueses e dos outros países está a cargo dos EUA e da Espanha, nações que lideram o grupo onde Portugal se integra.

Neste momento, os militares aguardam apenas as autorizações de sobrevoo dos países em rota, prevendo-se a partida numa aeronave militar C-295 da Força Aérea – o que, refere o DN, significa que as Forças Armadas receberam instruções para avançar do Governo e que este obteve a autorização do CSDN e do Comandante Supremo das Forças Armadas, Cavaco Silva.

Ao Diário de Notícias, o tenente-coronel paraquedista Miguel Machado, autor do site Operacional, especializado em matérias de Defesa, afirmou achar “muito estranho que essa missão não seja divulgada. É inédito, porque o CSDN divulga sempre” o envio das missões militares para o estrangeiro, afirmou.

ZAP

PARTILHAR

4 COMENTÁRIOS

  1. Escabroso o comportamento dos governantes do meu Paí.
    Tudo é feito em secretismo como se tratasse duma coutada privada.
    Acções terroristas, é o mínimo que se pode dizer desta colaboração do militares
    pagos e mantidos pelo povo,. Povo que entretanto definha na miséria enquanto a tropa vai colaborador em acções terroristas lideradas por países terroristas.

  2. Fale de coisas que sabe… Uma missão com tropas de elite a treinar forças de resistência num País estrangeiro entende que deveria ser titulo de 1º Página?
    Eu só tenho pena que o Mundo Ocidental tenha deixado passar 2 anos sem fazer nada contra a barbárie que se passa. Neste aspecto devemos estar todos de acordo, quando baterem à nossa porta pode ser tarde demais.

  3. Ao contrário do dito pelo Cda Burke o Exército iraquiano não “colapsou”! E, tanto não colapsou que, com “direcção” de Generais do Irão (ou seja Persas) e apoio do Irão, já recuperou Tikrit e está a correr com o tal E.I. da Província de Anbar, para lhes cortar a via de infiltração pela retaguarda, antes de avançar para Norte para correr com eles de Mossul….Esta é que é a realidade…!
    A outra realidade é que o chefe de Mr. Burk, (Barraka Obomba), recusou ao governo do Iraque hélis de ataque e aviões-bombardeiros (?!), que foram prontamente fornecidos pela Fed. da Rússia do Sr. V. Putin !
    Porque seria que recusaram o material de ataque ?
    Em resumo, com um País completamente Falido e a pagar Juros de Sangue aos Bancos do país do Sr. Burke, a tropa de Portugal devia era deixar-se de brincadeiras e Zelar pelo Interesse da Nação Portuguesa e do Povo Português….! O resto é fantochada e subserviência a manobras sujas de potências estrangeiras, que nada têm a ver com o nosso Interesse Nacional Permanente de Sobrevivência Nacional, ponto final parágrafo…….

  4. O meu comentário, como militar e graduado que fui, no tempo das ex. Províncias Ultramarinas, especialista em explosivos, minas e armadilhas, e que dava instrução desta matéria a todos os oficiais que mobilizados passavam pela EPE em Tancos, e tendo corrido elevados riscos no levantamento de várias minas em Nova Coimbra no Distrito do Niassa, e no trajeto Binta/Guidage na Guiné, para onde fui nomeado por escolha, onde levantei também várias minas e até corpos de 3 soldados nossos que ali se encontravam abandonados há mais de 2 meses, mortos numa emboscada, e que guardo ainda hoje como recordação 2 carregadores de G3, juntos aos seus corpos, discordo que as nossas tropas aceitem ordens destes cobardes e vendilhões da Pátria, para irem encher os bolsos à custa dos contribuintes, para países que em nada nos dizem respeito. Não bastou fazer um 25 de Abril cobardemente pelos capitães? É preciso que em nome da democracia que nem em Portugal existe, se continue a enganar e a roubar o povo esbanjando dinheiro que nos faz falta? Tenham o mínimo de vergonha senhores militares, e mandem os falhados defenderem ou protegerem o que talvez a eles pertença.

RESPONDER

Sporting CP 1-0 Marítimo | Borja dispara rumo ao pódio

O Sporting sofreu, mas levou a “água ao seu moinho”. Na recepção ao um Marítimo consistente, mas pouco perigoso, o “leão” venceu por 1-0, numa partida com poucas ocasiões de golo, mas com domínio claro …

Reino Unido vai tornar públicos registos de avistamentos de OVNIs

A Força Aérea britânica vai disponibilizar todos os documentos sobre os avistamentos de OVNIs online. Até então, os registos eram mantido sob segredo. A Força Aérea Real do Reino Unido decidiu tornar públicos os registos de …

Sobreviventes a um cancro na infância têm maior probabilidade de vir a ter outro

Sobreviventes a um cancro têm uma maior probabilidade cinco vezes maior de vir a ter outro em comparação com a população em geral. O risco vai diminuindo ao longo do tempo desde o primeiro diagnóstico. Pessoas …

Lineker: "Se pusessem a minha equipa de 1990 a jogar contra uma moderna, seríamos assassinados"

"Se pusessem a minha equipa de 1990 a jogar contra uma moderna, seríamos assassinados", disse Gary Lineker, antigo internacional inglês, que agora é comentador da BBC. Em entrevista ao The Guardian, o antigo avançado da seleção …

Bater com um cutelo e espezinhar. A massagem que promete livrar de todas as dores

Santiago Terrases oferece uma massagem única, na qual calca as pessoas com os pés e bate-lhes com um cutelo. O norte-americano garante que consegue tirar todas as dores. No estado de Nevada, nos Estados Unidos, está …

"Choveram" propostas de empréstimo por Marega

O emblema portista recebeu vários proposta de empréstimo por Moussa Marega, mas acabou por as rejeitar. O FC Porto apenas abre mão do jogador caso seja paga a cláusula de rescisão. A imprensa francesa avança esta …

Crise de saúde mental nos jovens. Há um sexo mais em risco do que o outro

O uso regular de redes sociais pode afetar a saúde mental dos jovens. No entanto, os seus efeitos podem-se manifestar mais drasticamente em raparigas do que em rapazes. Desde 2010, as taxas de depressão, automutilação e …

PS quer limitar "vistos Gold" aos municípios do interior e às regiões autónomas

O PS entregou hoje uma proposta de alteração ao Orçamento em que limita a concessão dos "vistos Gold" a investimentos feitos por estrangeiros em municípios do interior ou nas regiões autónomas dos Açores e da …

Mais acidentes, afogamentos e suicídios num mundo mais quente

As temperaturas mais elevadas vão provocar mais acidentes rodoviários, afogamentos, agressões e suicídios, revelou uma nova investigação. Até ao momento, a grande parte das pesquisas em torno das alterações climáticas centrou-se nas mortes por doenças transmitidas …

Jóias de ouro e prata com plástico. Justiça não vê mal nenhum e iliba marca Tous

O processo de investigação aberto à marca TOUS por alegada fraude com jóias de ouro e plástico contendo plástico no seu interior, foi arquivado. A Justiça espanhola entende que, apesar de as jóias conterem plástico, …