Militares e polícias uniram-se para reprimir milhares de opositores em Caracas

Cristian Hernandez / EPA

Protestos de 6 de Abril de 2017 em Caracas, Venezuela

Protestos de 6 de Abril de 2017 em Caracas, Venezuela

Funcionários da Guarda Nacional Bolivariana (GNB, polícia militar) e da Polícia Nacional Bolivariana (PNB), reprimiram hoje, conjuntamente, milhares de opositores, que saíram às ruas de Caracas, em protesto contra a rutura da ordem constitucional.

Os manifestantes exigiam ainda a demissão dos magistrados do Supremo Tribunal de Justiça que na semana passada emitiram duas sentenças limitando a imunidade dos parlamentares e atribuindo àquele organismo as funções do parlamento venezuelano.

Apesar de que os acessos a Caracas terem amanhecido bloqueados por funcionários da GNB, a oposição juntou, segundo os organizadores, mais de 5.000 pessoas, que tomaram a auto-estrada Francisco Fajardo, desde Altamira (leste), até ao centro, junto à Defensoria do Povo, para depor Tarek William Saab, que dizem ser favorável ao regime.

À chegada ao El Recreo, a GNB colocou uma barreira com grandes camiões, impedindo a circulação em ambos os sentidos, e atacou os manifestantes com gás lacrimogéneo e jatos de água, enquanto jovens opositores, vários deles encapuçados, atiravam pedras contra as forças de segurança.

Miguel Gutierrez / EPA

Protestos de 6 de Abril de 2017 em Caracas, Venezuela

Protestos de 6 de Abril de 2017 em Caracas, Venezuela

Isto parece uma batalha campal, atacam de um lado e do outro contra-atacam. Já estamos cansados de um regime que, em nome do povo, ataca o povo e considera como ‘verdadeiro’ povo apenas os que o apoiam. Queremos que Maduro reconsidere, porque não votámos por uma ditadura“, explicou um estudante, telefonicamente, à Lusa.

Manuel Barreiro frisou ainda que simpatiza “mais com a esquerda do que com a direita, mas a política venezuelana é bastante questionável, principalmente quando o estar no poder é o que conta”.

Por outro lado, há imagens do canal de Youtube VPI tv / Venezuelanos Pela Informação, de oficiais da Polícia Nacional Bolivariana a atirarem pedras contra manifestantes. O operador de câmara do canal, Elvis Fores, foi entretanto detido pelas autoridades.

Além de El Recreo, há registos também de repressão policial em Bello Monte, Chacao, Chacaíto e Altamira. Em El Rosal (leste), os cidadãos fizeram retroceder várias vezes, por pelo menos 500 metros, as forças de segurança.

A polícia atacava os manifestantes, que respondiam com pedras, bocados de árvores, garrafas, objetos de metal, enquanto gritavam palavras de ordem como “não mais democracia”.

Cristian Hernandez / EPA

Protestos de 6 de Abril de 2017 em Caracas, Venezuela

Protestos de 6 de Abril de 2017 em Caracas, Venezuela

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Há um segundo português internado no Japão por suspeitas de coronavírus

Um segundo português está hospitalizado no Japão “por indícios relacionados” com o Covid-19, também tripulante do navio de cruzeiros Diamond Princess,. “Dois dos tripulantes portugueses do Diamond Princess tiveram de ser hospitalizados, no Japão, por indícios …

Há um planeta gigante incrivelmente perto da Terra

Há um planeta gigante, com dimensões próximas das de Neptuno, a 90 anos-luz da Terra. É dos exoplanetas mais próximos do nosso planeta. Detetado pela primeira vez pelo "caçador" de planetas Kepler (NASA), a existência deste …

A primeira forma vida alienígena que encontrarmos será (muito provavelmente) inteligente

A primeira forma de vida alienígena que vier a ser encontrada pelo Homem será, muito provavelmente, inteligente, de acordo com um especialista do Search for Extraterrestrial Intelligence (SETI). A procura de vida para lá da …

Hackers podem "roubar" satélites e fazê-los colidir, alerta cientista

Um especialista da Universidade de Denver, nos Estados Unidos, alertou recentemente que eventuais vulnerabilidades em satélites artificiais em órbita podem vir a ser exploradas por piratas informáticos (hackers). Mais de 50 anos depois do lançamento do …

Benfica 3-3 Shakhtar D. | "Águia" permeável diz adeus à Europa

Todos eliminados. Os quatro clubes portugueses caíram todos nos 16 avos-de-final da Liga Europa, o último dos quais o Benfica. Após a derrota por 2-1 na Ucrânia, frente ao Shakhtar, os “encarnados” receberam os comandados de …

Encontrado túmulo milenar de príncipe com coleção de peças valiosas

Em Corinaldo, perto da costa do Adriático, no norte da região italiana de Marche, a descoberta de um túmulo do século VII a.C. trouxe luz a diversos aspetos da Cultura Picena. Os picentinos foram um povo …

Vacina contra o coronavírus não chega a tempo de travar epidemia

Uma eventual vacina eficaz no combate ao novo coronavírus não deverá chegar a tempo de travar a epidemia, saliente o infecciologista Vítor Laerte. O surto de coronavírus, originário de Wuhan, tem-se espalhado aos poucos por todo …

Força Espacial de Trump trabalha "bem de perto" com Musk e Space X

A Força Espacial dos Estados Unidos, cuja criação foi anunciada pelo Presidente norte-americano em junho de 2018, está a desenvolver os seus trabalhos "bem de perto" com o multimilionário Elon Musk e a sua empresa …

Istanbul B. 4-1 Sporting | "Leão" deixa fugir os dois pássaros

O Sporting disse adeus à Liga Europa, ao cair na Turquia, frente ao Istanbul Basaksehirk após prolongamento, com um resultado de 4-1, e 5-4 no conjunto das duas mãos. Após a vitória por 3-1 em Alvalade, …

Fábio Silva: "No Benfica sempre foram impecáveis comigo"

O jovem avançado de 17 anos do FC Porto, Fábio Silva, recordou a passagem pela formação do SL Benfica, confessando que lá todos o trataram muito bem. Em entrevista ao jornal Vivacidade, Fábio Silva, jovem jogador …