Militares e polícias uniram-se para reprimir milhares de opositores em Caracas

Cristian Hernandez / EPA

Protestos de 6 de Abril de 2017 em Caracas, Venezuela

Protestos de 6 de Abril de 2017 em Caracas, Venezuela

Funcionários da Guarda Nacional Bolivariana (GNB, polícia militar) e da Polícia Nacional Bolivariana (PNB), reprimiram hoje, conjuntamente, milhares de opositores, que saíram às ruas de Caracas, em protesto contra a rutura da ordem constitucional.

Os manifestantes exigiam ainda a demissão dos magistrados do Supremo Tribunal de Justiça que na semana passada emitiram duas sentenças limitando a imunidade dos parlamentares e atribuindo àquele organismo as funções do parlamento venezuelano.

Apesar de que os acessos a Caracas terem amanhecido bloqueados por funcionários da GNB, a oposição juntou, segundo os organizadores, mais de 5.000 pessoas, que tomaram a auto-estrada Francisco Fajardo, desde Altamira (leste), até ao centro, junto à Defensoria do Povo, para depor Tarek William Saab, que dizem ser favorável ao regime.

À chegada ao El Recreo, a GNB colocou uma barreira com grandes camiões, impedindo a circulação em ambos os sentidos, e atacou os manifestantes com gás lacrimogéneo e jatos de água, enquanto jovens opositores, vários deles encapuçados, atiravam pedras contra as forças de segurança.

Miguel Gutierrez / EPA

Protestos de 6 de Abril de 2017 em Caracas, Venezuela

Protestos de 6 de Abril de 2017 em Caracas, Venezuela

Isto parece uma batalha campal, atacam de um lado e do outro contra-atacam. Já estamos cansados de um regime que, em nome do povo, ataca o povo e considera como ‘verdadeiro’ povo apenas os que o apoiam. Queremos que Maduro reconsidere, porque não votámos por uma ditadura“, explicou um estudante, telefonicamente, à Lusa.

Manuel Barreiro frisou ainda que simpatiza “mais com a esquerda do que com a direita, mas a política venezuelana é bastante questionável, principalmente quando o estar no poder é o que conta”.

Por outro lado, há imagens do canal de Youtube VPI tv / Venezuelanos Pela Informação, de oficiais da Polícia Nacional Bolivariana a atirarem pedras contra manifestantes. O operador de câmara do canal, Elvis Fores, foi entretanto detido pelas autoridades.

Além de El Recreo, há registos também de repressão policial em Bello Monte, Chacao, Chacaíto e Altamira. Em El Rosal (leste), os cidadãos fizeram retroceder várias vezes, por pelo menos 500 metros, as forças de segurança.

A polícia atacava os manifestantes, que respondiam com pedras, bocados de árvores, garrafas, objetos de metal, enquanto gritavam palavras de ordem como “não mais democracia”.

Cristian Hernandez / EPA

Protestos de 6 de Abril de 2017 em Caracas, Venezuela

Protestos de 6 de Abril de 2017 em Caracas, Venezuela

// Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Descoberto em Ílhavo primeiro sítio pré-histórico subaquático português

Uma equipa de arqueólogos descobriu vestígios de uma mancha de ocupação ou possível acampamento do neolítico a cerca de dois metros de profundidade na Ria de Aveiro, em Ílhavo. "Temos estado a apanhar algumas surpresas valentes. …

Rei de Espanha não propôs nenhum nome para investidura. País enfrenta novas eleições a 10 de novembro

A Espanha vai realizar novas eleições. Os dirigentes do Cidadãos, Albert Rivera, e do Partido Popular, Pablo Casado, disseram "não" à investidura de Pedro Sánchez como presidente do Governo espanhol e o rei Felipe VI …

Os dinamarqueses vão plantar um milhão de árvores sem saírem do sofá

No último sábado, a emissora dinamarquesa TV2 transmitiu um programa em direto para convidar os espectadores a doarem dinheiro para plantar árvores. O objetivo, de acordo com o jornal britânico The Guardian o produtor Martin Sundstrøm, …

A melhor escola da Europa para estudar ciência fica em Santarém

É em Alcanena, no distrito de Santarém, que se localiza o agrupamento de escolas com o selo de qualidade do STEM School Proeficient, atribuído pela União Europeia. O estabelecimento de ensino recebeu a melhor classificação …

Câmara da Moita dá parecer negativo ao Estudo de Impacte Ambiental do novo aeroporto do Montijo

A Câmara da Moita, no distrito de Setúbal, aprovou uma posição em que dá parecer negativo ao Estudo de Impacte Ambiental (EIA) do novo aeroporto do Montijo, devido ao “conjunto de impactes negativos”. O município da …

Morreu a criança que ficou paralisada após comer hambúrguer do Lidl contaminado

Em 2011, Nolan Moittie comeu o hambúrguer contaminado com a bactéria E.Coli comprado no Lidl. Depois de ter ficado com graves sequelas neurológicas e diabético, o rapaz acabou por falecer este sábado, com apenas 10 …

Taylor Swift atua no Nos Alive 2020

Taylor Swift é o segundo nome para a edição de 2020 no Nos Alive. A cantora estreia-se em território português no dia 9 de julho, anunciou a própria artista no seu site oficial. A organização do …

Turista agride gondoleiro em Veneza por causa de uma selfie

Um gondoleiro foi agredido por um turista, na cidade de Veneza, em Itália, neste domingo, num confronto que terá sido provocado por uma selfie. De acordo com o Newsweek, o incidente ocorreu no domingo à tarde, …

Doença associada a cigarros eletrónicos faz sétima vítima mortal nos EUA

O número de vítimas mortais por doença pulmonar associada à utilização de cigarros eletrónicos subiu para sete, anunciaram esta terça-feira as autoridades de saúde norte-americanas. A vítima era do sexo masculino, tinha 40 anos e vivia …

Richard Stallman, guru do software livre, demite-se do MIT após defender Jeffrey Epstein

Richard Stallman, programador, ativista e defensor do software livre, demitiu-se do cargo de professor convidado do laboratório de inteligência artificial do Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos EUA. A demissão acontece depois de serem tornadas …