“Tinham que meter Manuel Vicente no processo”

Manuel de Almeida / Lusa

O ex-procurador do Ministério Público Orlando Figueira à saída julgamento da Operação Fizz onde é arguido.

Orlando Figueira, o ex-procurador do Ministério Público (MP) acusado de ter recebido subornos de Manuel Vicente, o ex-vice-presidente de Angola, negou todas as acusações de que é alvo. Em tribunal, Figueira ilibou Manuel Vicente e acusou o MP de ter inventado “uma tese”.

Uma “mentira”, eis como o ex-procurador Orlando Figueira se defendeu das acusações que lhe são imputadas no âmbito da chamada Operação Fizz.

Na segunda sessão do julgamento, em que é acusado de corrupção, branqueamento de capitais, falsificação de documentos e violação do segredo de justiça, Orlando Figueira afirmou que o nome de Manuel Vicente está erradamente no processo e que no seu lugar devia surgir o do presidente do Banco Privado Atlântico, Carlos Silva.

“Onde se lê Manuel Vicente na acusação, devia ler-de Carlos Silva”, salientou Orlando Figueira perante o colectivo de juízes, conforme citam o Correio da Manhã (CM) e o Observador.

“Se o Ministério Público metia o Carlos Silva em vez do Manuel Vicente deixava de haver crime de corrupção. Mas foi com ele que eu contratei o emprego”, destacou o ex-procurador a propósito do cargo que desempenhou no Banco do Atlântico, depois de ter deixado o Ministério Público.

Na defesa do ex-vice-presidente de Angola, Orlando Figueira alegou ainda que “não se percebe como é que, ele estando em Angola, tem uma varinha de condão, e consegue tratar de tudo”.

“O Ministério Público inventou uma tese”, atirou ainda, realçando que “houve uma necessidade de meter Manuel Vicente no processo”.

“Ainda bem que não se lembraram de dizer que foi o Trump que me contratou”, referiu o ex-procurador que chegou a ser admoestado por um dos juízes depois de ter dito que é “preso” de profissão.

“Suspendi a inscrição na Ordem dos advogados porque não tenho dinheiro para pagar as quotas. Estou preso e o que faço é tratar das cadelas lá de casa“, afirmou Figueira, conforme cita a revista Sábado, referindo-se ao facto de estar em prisão preventiva com pulseira electrónica.

Também garantiu que não conhece Manuel Vicente “nem directa nem indirectamente”.

Sobre os processos que o MP alega terem sido arquivados a pedido de Manuel Vicente, e a troco de compensações financeiras, Orlando Figueira assegurou que as decisões estão devidamente justificadas e que foram validadas pela então directora do Departamento Central de Investigação e Acção Penal, Cândida Almeida, e pelo Procurador-Geral da República, Pinto Monteiro.

Tese da acusação fica “em crise”

O advogado do arguido Paulo Blanco, que representou Manuel Vicente no processo de compra de um apartamento no Estoril, considera que estas declarações de Orlando Figueira “foram muito contundentes, muito rigorosas e puseram em crise a tese da acusação“.

A estratégia de defesa de Orlando Figueira passa por tentar desmontar os mais de 370 pontos da acusação, alegando que não conhece Manuel Vicente e trazendo à tona que o ex-presidente do Banco Privado Atlântico e a gestora do BPA, Graça Proença de Carvalho, podiam ter sido constituídos arguidos.

Em causa está um empréstimo concedido pelo BPA a Orlando Figueira que, na tese do MP, constituiu, na verdade, um pagamento ao ex-procurador pelos alegados favores prestados a Manuel Vicente.

O julgamento começou nesta segunda-feira, 22 de Janeiro, com o colectivo de juízes a determinar a separação do processo que envolve Manuel Vicente, após Angola se ter recusado a notificar o ex-vice-presidente do país como arguido.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Se calhar não seria só o Manuel Vicente. Mas também no processo do Sócrates, alguém acreditará que ninguém do seu governo sabia de nada! Hummm… eram todos assim tão palermas ou foram cúmplices? Ou também roubaram? Em que ficamos?

    • Vivemos num país de corruptos, ladrões autorizados, vigaristas e mentirosos. Não tinham que meter Manuel Vicente no processo!! ele faz parte do mesmo saco.

  2. Eu repito, e não me canso, este pessoal do Bloco de Esquerda, que assumiram o controlo da justiça, fumam muitos charutos de fazer rir.
    É mesmo para rir de um processo que é simplesmente um aborto da justiça

RESPONDER

Alunos do ensino profissional vão poder entrar no ensino superior sem exames nacionais

Os estudantes que terminem um curso profissional ou artístico terão melhores condições de acesso ao ensino superior já no próximo ano. O ministro da Ciência, Tecnologia e Ensino Superior, Manuel Heitor, anunciou esta quarta-feira que os …

Trump indulta ex-governador que tentou "vender" lugar de Obama no Senado

O Presidente dos Estados Unidos (EUA), Donald Trump, indultou na terça-feira o ex-governador de Illinois Rod Blagojevich, preso por corrupção após ser considerado culpado de tentar "vender" o lugar de Barack Obama no Senado, depois …

"Toca a reunir" no PS para aprovar eutanásia (e 6 médicos admitem que já a praticaram)

O PS está a mobilizar os seus deputados no sentido de garantir que, desta feita, a eutanásia passará no Parlamento. Tudo indica que venha a ser aprovada numa altura em que os médicos estão divididos …

CP está a escapar à multas por falhas nos serviços

A CP - Comboios de Portugal está a escapar às multas por falhas nos serviços, como atrasos e supressões de comboios, porque ainda não entrou em vigor o contrato de serviço público assinado com o …

Marega e Pepe vão ser alvos de processos disciplinares

A Comissão de Disciplina da FPF abriu processos disciplinares a Moussa Marega e Pepe devido a alegadas agressões sobre Taarabt, no jogo com o Benfica. Os jogadores do FC Porto Moussa Marega e Pepe vão ser …

Costa arrasa proposta "forreta" de orçamento europeu

A proposta de quadro financeiro plurianual para 2021-2027 do presidente do Conselho Europeu, Charles Michel, vai morrer na praia. António Costa diz que os líderes europeus não devem ceder à pressão dos quatro países “forretas”. "Esta …

Malásia suspeita que desaparecimento do voo MH370 foi ataque suicida

O ex-primeiro ministro australiano Tony Abbott disse que altos responsáveis do governo da Malásia suspeitam há muito tempo que o desaparecimento do avião da Malasian Airlines, há quase seis anos, tenha sido um ataque suicida …

Champions. O viking norueguês, a revolta de Neymar e a lição tática do "Cholismo"

Haaland foi a estrela da noite ao marcar os dois golos da vitória do Dortmund frente ao PSG. O Atlético de Madrid conseguiu ainda quebrar a invencibilidade do Liverpool. A Liga dos Campeões está de volta …

Auditoria ao Novo Banco vai custar três milhões. É o triplo do que custou a da CGD

A auditoria especial da Deloitte ao Novo Banco vai custar cerca de três milhões de euros, segundo avança o jornal ECO. Este valor é três vezes superior ao custo da auditoria da EY à Caixa …

Passos Coelho ataca falhas de Costa (e revela que segurou Maria Luís)

O antigo primeiro-ministro Passos Coelho esteve na apresentação do livro de Carlos Moedas no El Corte Inglés, onde aproveitou para criticar António Costa. Passos preferiu falar do passado, lembrando o momento em que esteve perto …