Mesmo que perca as legislativas, Rui Rio quer ficar no PSD

PSD / Flickr

O presidente do PSD, Rui Rio

Rui Rio pretende continuar à frente do PSD mesmo que perca as legislativas de outubro. O líder do PSD não se demitiu depois da derrota nas eleições europeias.

O ex-número dois do PSD, Jorge Moreira da Silva, disse que, “em condições normais, deveria ocorrer uma mudança de liderança do PSD por iniciativa do próprio presidente”, depois do resultado “desastroso” de domingo.

Porém, Rio não tenciona demitir-se nem que perca as legislativas. O único cenário, escreve o Expresso, em que pondera afastar-se por iniciativa própria – e não é garantido – é se o PS conseguir maioria absoluta — em qualquer outro cenário, a sua intenção é recandidatar-se à chefia do partido.

Antecipando os tempos conturbados pós-legislativas, Rio já começou a preparar uma limpeza no grupo parlamentar. Esta semana, na primeira reunião da Comissão Política do PSD após as europeias em que o partido teve o pior resultado da sua história, nem Rio nem os restantes dirigentes perderam muito tempo a analisar o que correu mal.

O líder do PSD reconheceu que é preciso mudar alguma coisa na comunicação, e houve quem notasse o afundamento do PSD nas zonas urbanas (16,4% no distrito de Lisboa, 23,3% no Porto), mas a ordem foi olhar para a frente, abrindo o processo de escolha dos candidatos às legislativas.

As estruturas locais devem apresentar propostas no mês de junho. Um dos preceitos é a “lealdade” em relação à orientação estratégica da atual direção. Desta forma, todos os críticos de Rio podem ser corridos do grupo.

Em declarações ao Expresso, Pedro Duarte, crítico de Rio que há um ano o desafiou a marcar eleições diretas, sublinhou a importância de listas que deem sinais de unidade.

“O PSD vive um estado de emergência, pelo que todos devem fazer um esforço em prol da unidade. O líder deve colaborar neste espírito de unidade, deve procurar agregar e não excluir, somar e não subtrair. Deve chamar para o seu projeto aqueles que divergiram da sua estratégia, nomeadamente convidando-os para as listas de deputados.” Pedro Duarte sublinha que está “à vontade para defender isto porque, por razões profissionais”, se auto-exclui das listas.

O mandato de Rui Rio termina em março de 2020, e a primeira certeza é que será cumprido até ao último dia. Em 2009, depois de ter perdido as legislativas contra Sócrates, Manuela Ferreira Leite fez o mesmo: em vez de encurtar o mandato, manteve o lugar até ao fim. A diferença é que perdeu as eleições e não se recandidatou, enquanto Rio entende que pode continuar a liderar mesmo derrotado.

Se Costa não tiver maioria absoluta, esse facto será apresentado como meia vitória. O plano está traçado. David Justino, vice-presidente do PSD, avisou em janeiro de 2018 que o partido “tem de estar preparado para segurar um líder mesmo que perca eleições” e disse que “se é necessário lutar contra a história, luta-se”, para manter um líder perdedor.

“Se a estratégia está bem construída, se o desempenho foi bom”, defendeu, “não podemos estar condenados a uma espécie de determinismo político de dizer que quem perde tem de se ir embora”.

Jorge Moreira da Silva foi o único dos possíveis candidatos à liderança a apontar responsabilidades a Rio pelo resultado de domingo.

ZAP //

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

Nova Zelândia decreta em junho erradicação de contágios. Está há 13 dias consecutivos sem novos casos

A Nova Zelândia, país que tem sido apontado internacionalmente como exemplar no combate à pandemia de covid-19, prevê decretar a “erradicação da doença” no país no próximo dia 15 de junho. A informação foi avançada esta …

Secretário da Defesa discorda de Trump no envio de tropas para conter distúrbios. Aliados europeus afastam-se

O Secretário norte-americano da Defesa, Mark Esper, rompeu na quarta-feira com o Presidente, Donald Trump, no apoio ao envio das forças armadas para as cidades e os estados que se recusarem "a tomar as medidas …

Vai "nascer" em Arouca a maior ponte suspensa do mundo. É a esperança para fazer renascer o turismo

O Turismo de Arouca está a enfrentar dificuldades devido à quebra gerada pela pandemia, mas os empresários aguardam com expectativa a abertura daquela que será a maior ponte suspensa do mundo, já descrita como "extraordinária". Ainda …

"Será difícil não voltar a adiar a abertura" dos centros comerciais na região de Lisboa

O presidente da Associação dos Médicos de Saúde Pública, Ricardo Mexia, considerou que "será difícil não voltar a adiar a abertura" dos centros comerciais na Grande Lisboa, tendo em conta os números da região nos …

Atraso na partilha de informação. Responsáveis da OMS recusam responder a perguntas sobre China

Os mais altos responsáveis da Organização Mundial de Saúde (OMS) recusaram-se esta quarta-feira a responder diretamente a perguntas sobre um atraso da China na partilha do mapa genético do novo coronavírus com a agência. Três perguntas …

Espanha reabre fronteiras a 22 de junho. Portugal diz que ainda não há uma decisão tomada

Espanha vai reabrir as fronteiras com Portugal e França a 22 de junho. O país tinha planeado abrir as fronteiras ao turismo estrangeiro a 1 de julho, mas decidiu adiantar a data. Porém, Portugal diz …

Conceição critica arbitragem, mas em Espanha fala-se de penálti de Pepe "que roça o escândalo"

Os 'dragões' perderam no primeiro jogo após a retoma do campeonato. Sérgio Conceição deixou críticas à arbitragem, mas em Espanha fala-se de um penálti escandaloso... de Pepe. O FC Porto ficou com a liderança da I …

Redução do IVA, abono para crianças e incentivos para comprar elétricos. O plano de 130 mil milhões de Merkel

A chanceler alemã, Angela Merkel, anunciou esta quinta-feira um pacote de estímulo de 130 mil milhões de euros para este ano e 2021, para impulsionar a economia do país, duramente atingida pela pandemia de covid-19. Entre …

De Jorge Jesus a Bruno de Carvalho. Rui Pinto terá espiado 72 pessoas e entidades

O português Rui Pinto terá espiado 72 pessoas e entidades, acusa o Tribunal da Relação de Lisboa. A defesa do denunciante criticou a manutenção da prisão preventiva. De acordo com o acórdão do Tribunal da Relação …

Empresas podem manter lay-off até ao fim de setembro. Apoio pode chegar a 85% do salário

Os traços gerais do plano do Governo para a retoma da economia e para tentar travar a escalada do desemprego foram apresentados aos parceiros sociais, esta terça-feira, por Ana Mendes Godinho, ministra do Trabalho, Solidariedade …