O primeiro cruzeiro a voltar ao mar nas Caraíbas foi atingido por um surto de covid-19

O cruzeiro SeaDream Yacht Club foi o primeiro a regressar ao mar nas Caraíbas depois de a pandemia de covid-19 ter encerrado as operações em março. Porém, foi rapidamente atingido por um surto de covid-19.

De acordo com a CNN, a viagem do cruzeiro SeaDream Yacht Club – o primeiro a iniciar operações depois de meses parado devido à pandemia -, que saiu de Barbados a 7 de novembro, pretendia demonstrar que protocolos de segurança, incluindo testes regulares a bordo do navio, poderiam permitir que viagens de cruzeiro ocorressem durante a pandemia.

Em vez disso, um passageiro adoeceu na quarta-feira passada, forçando o SeaDream 1 a retornar a Barbados, onde todos os 53 passageiros e 66 tripulantes foram testados.

O SeaDream Yacht Club disse, em comunicado, que “convidados” tinham recebido resultados “supostamente positivos” nos testes preliminares de covid-19, mas não especificou o número de pessoas que o fizeram.

“Estamos a trabalhar em estreita colaboração com as autoridades locais de saúde e governamentais para resolver esta situação da melhor forma possível”, disse Andreas Brynestad, da SeaDream.

Segundo a CNN, que cita o passageiro do cruzeiro Ben Hewitt, um total de 7 passageiros teve teste positivo a bordo do navio de cruzeiro SeaDream 1 atracado em Barbados. Entretanto, 46 passageiros com teste negativo começaram a desembarcar do navio de cruzeiro para voar para casa no sábado. Cinco passageiros com teste positivo também desembarcaram para um voo particular de volta aos Estados Unidos.

“Não é um grande desenvolvimento para a indústria de cruzeiros”, disse Gene Sloan, uma repórter sénior do The Points Guy à CNN. “Acho que a esperança era que os testes rigorosos que a SeaDream estava a fazer mantivessem a covid fora do seu navio.”

Os testes têm sido parte integrante dos esforços da SeaDream para criar uma bolha negativa covid-19 a bordo dos seus navios. Os passageiros foram testados antes de viajar para o navio e antes de embarcar no navio.

“Acho que o que isto mostra é que vai acontecer. E até que haja uma vacina ou imunidade coletiva, quando o cruzeiro começar, veremos coisas como esta a acontecer. A questão é com que frequência e qual o tamanho?”, disse Sloan.

O uso de máscaras na viagem foi muito menos rigoroso. Sloan disse à CNN que inicialmente ninguém usava máscaras – nem a tripulação. Os membros da equipa diziam que não eram necessários, uma vez que o navio era uma “bolha” livre de covid-19.

Depois de alguns dias de navegação, a SeaDream instituiu uma política de máscara, mas não ofereceu uma explicação.

O SeaDream Yacht Club está a cancelar o resto dos seus cruzeiros de 2020 na sequência do surto.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Meteorito atinge casa de homem indonésio e transforma-o em milionário

O caso insólito aconteceu em Kolang, na Sumatra do Norte, Indonésia. Um fabricante de caixões de 33 anos encontrou um meteorito no seu jardim, depois deste atingir o telhado da sua casa em agosto. O protagonista …

Há 20 anos que ninguém sabe do paradeiro de dois cadernos de Charles Darwin

Dois dos cadernos do naturalista Charles Darwin, um dos quais com o rascunho da “Árvore da Vida” (1837), estão desaparecidos há cerca de 20 anos e terão sido muito provavelmente roubados, anunciou esta terça-feira a …

Cientistas reconstruiram explosão de Beirute através das redes sociais

Cientistas forenses recorreram a imagens partilhadas nas redes sociais para reconstruirem a explosão de Beirute, em agosto, que matou 191 pessoas. A 4 de agosto, uma série de explosões causadas por 2.750 toneladas de nitrato de …

Professor alemão do ensino básico é suspeito de canibalismo e homicídio

Depois de uma pilha de ossos ter sido encontrada por transeuntes no parque de Berlim, as autoridades alemãs descobriram que se tratava de uma vítima de canibalismo. As pistas conduziram-nas, mais tarde, à casa do …

Marselha 0-2 FC Porto | Dragão vence e abre porta dos "oitavos"

Basta apenas um ponto para que o FC Porto carimbe uma vaga nos oitavos-de-final da Liga dos Campeões. Na noite desta quarta-feira, os “dragões” venceram o Marseille por 2-0 – com os contributos de Zaidu …

Mais de 100 mil crianças morreram com VIH e 320 mil ficaram infetadas. A pandemia pode piorar o cenário

De acordo com um relatório da UNICEF, a cada 100 segundos uma criança ou jovem com menos de 20 anos foi infetado pelo VIH no ano passado. Com os novos dados, o número total de …

Animação mostra como foram construídas as pontes do século XIV

Construir uma ponte sobre a água parece uma tarefa complicada e a verdade é que, apesar dos inúmeros avanços tecnológicos, os fundamentos pouco alteraram desde os tempos medievais. A Ponte Carlos tem 618 anos, mas não …

Médicos sem Fronteiras deixam hospital da Venezuela devido a restrições

A Médicos sem Fronteiras (MSF) vai se retirar de uma colaboração com um hospital venezuelano que visa tratar pacientes com covid-19 devido a restrições na entrada de especialistas no país, informou a organização na terça-feira. A …

O novo amplificador de guitarra tem maior capacidade de encaixe (e é mais poderoso)

Em 2016, o engenheiro eletrónico Chris Prendergast lançou um projeto Kickstarter para o amplificador de guitarra portátil JamStack. Este encaixava-se num pino de correia e emitia sons gerados por um smartphone. Agora foi lançada a …

Etiópia. Comissão de direitos humanos denuncia massacre de 600 civis na região de Tigré

A organização independente que investiga acusações de violência contra civis na Etiópia corroborou o relatório da Amnistia Internacional que denunciou a chacina de pelo menos 600 pessoas na região de Tigré, no Norte do país. Segundo …