Mergulhadores vão fazer cadeia humana subaquática para limpar interior do Santa Ana

dahon / Flickr

-

Equipas de mergulhadores da Guarda Civil espanhola, especializados em espaços confinados, deverão realizar esta sexta-feira uma cadeia humana subaquática no interior do pesqueiro português Santa Ana, naufragado nas Astúrias, para limpar os destroços existentes.

Naufrágio do Santa Ana

“Os mergulhadores entrarão pela proa e depois vão descendo ao longo do navio, limpando os destroços e os objetos que flutuam”, explicou à Lusa uma fonte do Salvamento Marítimo espanhol. “Não há perspetivas sobre quanto tempo pode demorar a operação, porque há muitos detritos e objetos na zona e a operação é complexa”, sublinhou.

Depois de várias tentativas, os membros da Guarda Civil e do Salvamento Marítimo – estão atualmente cerca de 30 mergulhadores a trabalhar nas buscas – conseguiram na tarde de quinta-feira estabilizar a embarcação, o que permitirá aceder hoje ao seu interior.

Será a primeira vez desde o naufrágio, na madrugada de segunda-feira, que se poderá comprovar se os corpos dos seis desaparecidos, entre os quais o português Vítor José Farinhas Braga, estão no interior do navio. Os mergulhadores tiveram que realizar duas tentativas de estabilizar o navio, com a ajuda de cabos e correntes e do rebocador Alonso de Chaves, até conseguirem colocá-lo na vertical, sobre uma greta no fundo marinho.

Em conferência de imprensa em Avilés, nas Astúrias, o capitão da Guarda Civil local, Carlos Martinez, e o diretor de operações do Salvamento Marítimo, Joaquín Maceiras, confirmaram na quinta-feira que o navio ficou numa posição “absolutamente estável” pelo que as equipas poderão entrar “com toda a segurança”.

Todos os recursos disponíveis

Um amplo dispositivo de meios marítimos e aéreos tem estado na zona do acidente desde segunda-feira e foi reforçado hoje com a participação do avião de reconhecimento SACEMAR 102, que partiu de Santiago de Compostela (Galiza) e está a realizar buscas à superfície, ao longo de toda a costa asturiana.

O Salvamento Marítimo terá ainda na zona três embarcações – a Concepción Arenal, a Salvamar Rigel e o rebocador Alonso de Chaves – e o helicóptero Helimer 203.

A Guarda Civil apoia as suas equipas especializadas de mergulho com duas embarcações de patrulha, a Río Nalón e Río Miño e um helicóptero, estando ainda na zona um outro helicóptero dos Bombeiros das Astúrias e uma lancha da Cruz Vermelha.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas investigam estranho gelo cor-de-rosa num glaciar dos Alpes italianos

Uma equipa de cientistas anunciou esta segunda-feira estar a tentar averiguar a origem de gelo cor-de-rosa num glaciar nos Alpes italianos. O fenómeno deverá ser provocada por algas que aceleram os efeitos das mudanças climáticas. A origem …

Especialistas de 32 países alertam OMS: covid-19 também se transmite pelo ar

Numa carta aberta à Organização Mundial de Saúde, 239 cientistas pedem que a organização reveja as recomendações que tem emitido, alertando para o facto de a covid-19 poder transmitir-se pelo ar. Numa carta dirigida à Organização …

Moreirense 0-0 Sporting | Nulo em jogo de pólvora seca

A 30ª jornada fechou no Minho com um nulo entre Moreirense e Sporting, que continua sem derrotas sob o comando de Rúben Amorim. A formação leonina poderia muito bem ter vencido em Moreira de Cónegos, pois …

Armazém flutuante. A China está a guardar petróleo no mar (e já se sabe porquê)

A China está a guardar uma quantidade épica de petróleo no mar. De acordo com a CNN, o país comprou tanto petróleo estrangeiro a preços baratos que formou um congestionamento maciço de navios-tanque no mar, …

Peregrinos em Meca proibidos de tocar ou beijar a Caaba por causa da covid-19

Os muçulmanos que vão participar na peregrinação a Meca não poderão tocar ou beijar a Caaba nem a "pedra negra", presentes na Grande Mesquita, local considerado como um dos mais sagrados pelo Islão, informaram as …

Países Baixos continuam a abater milhares de martas. 20 quintas afetadas pela pandemia

Esta segunda-feira, as autoridades holandesas abateram milhares de martas em mais duas fazendas onde foram detetados surtos de covid-19. Esta segunda-feira, as autoridades abateram milhares de martas em mais duas fazendas, sendo agora 20 as quintas …

Cientistas criam robô para fazer testes à covid-19 (e proteger os profissionais de saúde)

O Korea Institute of Machinery & Materials (KIMM) desenvolveu um novo robô de coleta remota de amostras que elimina o contacto direto entre os profissionais de saúde e os pacientes, potencialmente infetados com o novo …

"Não use desodorizante". A peculiar estratégia de Berlim para promover o uso de máscaras nos transportes públicos

"Não use desodorizante". Esta é a peculiar campanha adotada pela empresa que controla os transportes públicos em Berlim, na Alemanha, para promover o uso correto de máscaras, evitando assim novos casos de covid-19.  Tal como escreve …

Vírus pode ter estado adormecido antes de surgir na China, diz investigador de Oxford

O novo coronavírus pode ter estado adormecido algures no mundo antes de ter surgido na China, defendeu o investigador da Universidade de Oxford, Tom Jefferson, apontando para várias descobertas de amostras do vírus em Espanha, …

Federer sente falta de Wimbledon. "Deu-me tudo"

Roger Federer admitiu sentir a falta de Wimbledon, o torneio do "Grand Slam" que, se não tivesse sido cancelado devido à pandemia de covid-19, estaria a decorrer em Londres. O tenista suíço Roger Federer admitiu, esta …