Menos de metade dos médicos do SNS trabalha em regime de exclusividade

Menos de metade (42,9%) dos médicos do Serviço Nacional de Saúde (SNS) trabalha em regime de exclusividade, avança o Jornal de Notícias, citando números da Administração Central dos Serviços de Saúde. 

Segundo dados apresentados esta quinta-feira pelo matutino, em junho deste ano, existiam 13.052 médicos a trabalhar no setor empresarial do Estado (fora internos ou profissionais que estão nas parcerias público-privadas).

Destes, só 5604 (42,9%) trabalhavam em exclusivo para o público.

A falta de médicos nos hospitais públicos é um problema conhecido do Ministério da Saúde, tutelado por Marta Temido, e do Governo. O Executivo socialista tem estudado vários cenários para dar resposta à falta destes profissionais de saúde.

Uma das soluções que tem sido discutida é o regresso da dedicação exclusiva dos especialistas, programa criado em 1990 pela então ministra Leonor Beleza e extinto em 2009 por Correia de Campos. Esta solução, escreve o semanário Expresso, significa para os clínicos trabalhar mais horas mas receber menos.

Segundo esse regime, os médicos em hospitais podiam trabalhar até 42 horas semanas com um aumento salarial de 25%. Marta Temido entende que o regresso deste programa pode aumentar a produtividade. Já Mário Centeno, que lidera as Finanças, prefere apostar em melhorar a gestão dos hospitais.

O bastonário da Ordem dos Médicos, Miguel Gimarães, concorda com a reinstituição do regime, mas desde que esta não seja uma obrigatoriedade.

“Se o Estado obrigar a que os médicos que ocupem cargos de direção estejam em dedicação exclusiva, vamos ter um problema. Nas condições atuais de valorização daquilo que é a responsabilidade dos médicos, sobretudo aqueles que estão em cargos de gestão, o que pode acontecer é que aquelas pessoas que eventualmente estão mais preparadas para serem diretores de serviço podem acabar por desistir ou não aceitar”, afirmou o representante dos médicos em declarações ao JN.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Casal separado após sobreviver a Auschwitz reencontra-se 72 anos depois em Nova Iorque

Em 1944, David Wisnia e Helen "Zippi" Spitzer eram dois prisioneiros judeus e secretamente namorados que, miraculosamente, conseguiram sobreviver ao campo de concentração nazi Auschwitz, na Polónia. Porém, no final da guerra, foram separados depois de …

Benfica 4-0 Famalicão | Pizzi entrega saco cheio de Natal

O Benfica terminou o seu ano de Liga NOS com mais uma vitória, de novo por 4-0, tal como havia acontecido na anterior partida no Estádio da Luz, ante o Marítimo. Desta vez frente ao …

Morreu o ator Danny Aiello

Morreu esta quinta-feira, em Nova Jérsia, o ator Danny Aiello, que recordamos pelos seus muitos êxitos dos anos 80. Tinha 86 anos. "É com profunda dor que comunicamos que Danny Aiello, amado marido, pai, avô, ator …

Videojogo chinês incita jogadores a atacar os "traidores" em Hong Kong

Há um novo videojogo que está a ganhar popularidade na China. Chama-se "Fight the Traitors Together" e permite que os jogadores ataquem manifestantes de Hong Kong. No jogo, os jogadores podem bater nos manifestantes pró-democracia, sendo …

Mundial de Clubes proíbe demonstrações públicas de afeto

Começou na passada quarta-feira, dia 11 de dezembro, em Doha, capital do Catar, o Mundial de Clubes da FIFA, prova onde estão inseridos clubes como Flamengo e Liverpool. E esta até poderia ser mais uma …

Al Gore diz ser o maior fã de Greta Thunberg

Al Gore, antigo vice-presidente de Barack Obama e autor do documentário ambiental "Uma verdade inconveniente", elogiou esta semana o trabalho desenvolvido pela ativista sueca Greta Thunberg, dizendo ser o seu maior fã. "Sou o seu …

A água é comum nos mundos extraterrestres (mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava)

A presença de água em exoplanetas é comum, mas surpreendentemente mais escassa do que se esperava, concluiu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Cambridge, no Reino Unido. Para chegar a …

"Encontrei a minha alma gémea". Presidente do Flamengo disposto a (quase) tudo para segurar Jesus

O presidente do Flamengo, Rodolfo Landim, ficou encantado com Jorge Jesus logo quando o conheceu. É o que o dirigente diz numa entrevista, onde admite que encontrou a sua "alma gémea", não revelando dados sobre …

COP25: uma traição ao Acordo de Paris "e às pessoas em todo o mundo"

Organizações não governamentais ambientalistas consideraram que os projetos de resolução que a cimeira do clima da ONU tem para aprovar são "uma traição" do Acordo de Paris e dos milhões de pessoas que sofrem com …

Governo admite novo aumento extra das pensões (com a simpatia das Finanças e de olho na geringonça)

O Governo está a equacionar um novo aumento extraordinário das pensões no âmbito da preparação da proposta de Orçamento do Estado para 2020 (OE2020). A medida agrada a PCP e Bloco de Esquerda e terá …