/

Há menos 274 pacientes internados. É a maior diminuição de sempre

Giuseppe Lami / EPA

Portugal registou, nas últimas 24 horas, mais 203 mortes e 2.584 casos positivos de covid-19. O número de pacientes internados teve a maior diminuição desde o início da pandemia.

Já se encontra disponível o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS) relativo à evolução da pandemia de covid-19 em Portugal. Nas últimas 24 horas, Portugal registou mais 203 mortes e 2.583 casos positivos.

Em contrapartida, 15.157 pacientes recuperaram da doença, elevando o número total de curados desde o início da pandemia para 628.078. Há nove dias consecutivos que o número de recuperados supera o de novas infeções.

Desta forma, o número de casos ativos voltou a baixar, havendo menos 12.777 infetados e um total 127.867.

A DGS assinala ainda que há 6.070 pacientes internados em hospitais (menos 274 em comparação com a véspera), dos quais 862 estão em unidades de cuidados intensivos (menos 15 do que ontem). É a maior redução num só dia desde o início da epidemia.

Enquanto isso, as autoridades de saúde mantêm 171.554 contactos sob vigilância, menos 9.351 do que na segunda-feira.

A DGS revela que existem 318.077 casos registados no Norte (mais 649), 109.841 no Centro (mais 439), 287.879 em Lisboa e Vale do Tejo (mais 1.214), 18.863 no Algarve (mais 88), 27.118 casos no Alentejo (mais 119), 3.629 casos na Região Autónoma dos Açores (mais seis) e 5.095 na Região Autónoma da Madeira (mais 68).

Do total das 14.557 mortes, 4.884 registam-se no Norte (mais 34), 2.593 no Centro (mais 34), 5.905 em Lisboa e Vale do Tejo (mais 115), 265 no Algarve (mais um), 829 no Alentejo (mais 16), 27 na Região Autónoma dos Açores (mais uma) e 54 na Região Autónoma da Madeira (mais uma).

  ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.