Em França, o “veneno” Mein Kampf, de Hitler, vai custar 100 euros (e em cada página “há antídotos”)

Recuerdos de Pandora / Flickr

As livrarias francesas receberam recentemente um e-mail da editora Fayard, uma das mais importantes do país, a anunciar a publicação da sua “edição crítica” do livro Mein Kampf, escrito por Adolf Hitler. 

A obra, que é considerada um manifesto da ideologia racista e antissemita, será publicada no dia 2 de junho, em França. Apesar dos tabus morais que sempre pairaram sobre Mein Kampf e da perene controvérsia política, a Fayard Publishing decidiu disponibilizar o livro ao público.

Diante do dilema de não divulgar o manifesto pelo risco que isso acarreta, ou fazê-lo por ser considerado um documento histórico fundamental do século XX, as editoras francesas, como antes as alemãs, optaram por este último.

De acordo com o La Vanguardia, a nova versão francesa de Mein Kampf é fruto de quatro anos de trabalho de uma grande equipa de historiadores de prestígio. O resultado é um volume denso de cerca de mil páginas que pesa quase quatro quilos.

O compromisso ético era publicar um uma obra desconstruída através da análise dos melhores especialistas, para contextualizar a sua mensagem e “historicizar o mal”.

Daí o título: Historiciser le Mal, une édition critique de Mein Kampf. “Se o texto é um veneno, em cada página há antídotos”, disse a presidente da Fayard, Sophie de Closets.

Mas a obra não é para todos os bolsos: em França, cada exemplar vai custar 100 euros. Para a De Closets, o alto “reflete a amplitude do trabalho realizado”. Além disso, é preciso ter em conta que o livro não será vendido diretamente nas livrarias – o cliente terá de fazer o pedido à editora que, posteriormente, irá enviar a obra para casa.

Não haverá versão digital. Serão impressos 1 mil exemplares, destinados principalmente a académicos e professores.

Hitler escreveu Mein Kampf quando era prisioneiro na prisão de Landsberg, entre 1924 e 1925, após a sua tentativa de golpe fracassada contra a República de Weimar, numa cervejaria de Munique.

Liliana Malainho, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Caso George Floyd. Polícia condenado a 22 anos de prisão pode ver a sentença revertida

A intervenção do Supremo Tribunal do Minnesota num outro caso de violência policial para reduzir a pena de um agente pode abrir um precedente para que haja alterações na sentença de Derek Chauvin. Segundo avança a …

Futebol português contra Campeonato do Mundo de dois em dois anos

O futebol português está contra a intenção da FIFA de aumentar a periodicidade do Campeonato do Mundo, passando de quatro para de dois em dois anos, refere um comunicado conjunto divulgado hoje. O documento, assinado pela …

Governo quer proibir empresas de recorrer ao 'outsourcing' após despedimento coletivo

O Governo quer proibir as empresas que façam despedimentos coletivos de recorrerem ao 'outsourcing' (contratação externa) durante os 12 meses seguintes, disse hoje a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social, Ana Mendes Godinho. No final …

Barcelona: Cruyff afasta-se e perder com o Benfica seria "um drama"

Ronald Koeman até poderá sair mas não será Jordi Cruyff a substituir o seu compatriota. O Barcelona atravessa uma fase perturbada, já há algum tempo, mas o panorama financeiro piorou o cenário fora de campo e …

Casa Branca oferece "telefonema educativo" a Nicki Minaj para acalmar apreensões sobre a vacina

Depois de um tweet de Nicki Minaj se ter tornado viral por associar a vacina contra a covid-19 à impotência, a Casa Branca convidou a rapper para um telefonema com especialistas para esclarecerem as suas …

Baterias de lítio-enxofre melhores e mais baratas? O segredo é uma pitada de açúcar

Uma colher cheia de açúcar pode ser o suficiente para permitir que um veículo elétrico faça uma viagem de Melbourne a Sidney (878 km) com uma única carga. Atualmente, os automóveis elétricos e os telemóveis utilizam …

Parlamento aprova na generalidade mudança do TC para Coimbra. Oito socialistas votaram a favor

A proposta passou com votos contra do Chega e PAN, abstenção do PCP, BE, PEV e maioria da bancada do PS e votos favoráveis do PSD, CDS, IL e de oito deputados socialistas. O resultado já …

Escola da Amadora queria proibir minissaias, decotes e chinelos - mas já voltou atrás

Um Agrupamento na Amadora publicou um código de vestuário que acendeu um debate nas redes sociais devido às regras que controlavam mais as raparigas. Entretanto, a escola já voltou atrás na decisão. Segundo escreve o Jornal …

Governo francês vai dar 100 euros a famílias carenciadas para pagar energia

O Governo francês vai entregar um cheque de 100 euros a 5,8 milhões de famílias de menores recursos para ajudar a pagar a fatura energética. A medida anunciada pelo executivo vai ter um custo de 580 …

Incidência e R(t) recuam em dia com mais 1.023 infetados e sete mortes

Portugal registou, esta sexta-feira, 1.023 novos casos e sete mortes na sequência da infeção por covid-19, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). Segundo o último boletim da Direção-Geral da Saúde, Portugal …