Um megatsunami devastou uma vila na Gronelândia. Três anos depois, há quem não possa voltar a casa

Em junho de 2017, Nuugaatsiaq, na Gronelândia, foi devastada por um megatsunami, cujas ondas foram desencadeadas por um enorme deslizamento de quase 30 quilómetros através do fiorde.

Embora as ondas se tivessem dissipado quando chegaram a Nuugaatsiaq, o seu efeito sobre a pequena vila de pescadores foi devastador, conta o Vice.

Imagens captadas por telemóveis dos locais mostram casas a ser erguidas das suas fundações e empurrados para o interior, antes de serem sugados para as águas congeladas; cães soltos às pressas correm desesperadamente antes de serem arrastados; e residentes em pijama correm para a segurança de um terreno mais alto.



Das 43 pessoas que viviam em Nuugaatsiaq na época do tsunami, quatro morreram e as restantes foram realocadas para a cidade vizinha Uummannaq.

Nos dias que se seguiram ao tsunami, o apoio financeiro para os deslocados chegou da Gronelândia. Os militares dinamarqueses ajudaram os residentes a recuperar todos os pertences que puderam, incluindo os cães que conseguiram sobreviver.

Após a evacuação para Uummannaq, os residentes esperavam voltar para casa assim que fosse seguro fazê-lo. Dias depois, goram convidados para uma reunião em que foram informados de que uma área ao redor do deslizamento ainda estava instável.

Mais de três anos depois, as pessoas que foram desalojadas pelo tsunami ainda não podem voltar a casa. Secções da rocha estão instáveis e podem desabar novamente, um sintoma do aquecimento do clima na região.

Em agosto, o manto de gelo da Gronelândia passou por um ponto crítico sem retorno. Investigadores da Ohio State University determinaram que a neve que repõe o gelo não será mais capaz de acompanhar o volume que está a perder. Em setembro, uma secção de gelo com quase 110 quiómetros quadrados quebrou da maior plataforma de gelo remanescente do Ártico no nordeste da Gronelândia, devido ao aquecimento das águas.

Num relatório de dezembro da Universidade de Liege, novos modelos climáticos estão a prever um derretimento 60% maior do manto de gelo da Gronelândia do que o previsto anteriormente.

Apesar das promessas iniciais de apoio de longo prazo, muitos sentem-se dececionados com o Governo, que dizem nunca ter cumprido a promessa de compensação por propriedades e despesas. Uma das famílias pagou do próprio bolso tudo, exceto a casa, incluindo o aluguer de uma propriedade na cidade até que uma casa permanente fosse fornecida, bem como novos móveis que substituiram os que tiveram de deixar para trás.

Cientistas que estudaram o megatsunami de 2017 dizem que, embora eventos como este ainda sejam incomuns, os efeitos do aquecimento global vão resultar em mais deslizamentos de terra e um aumento drástico no nível do mar, tanto na Gronelândia como noutros lugares.

Maria Campos, ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Terapia para bebés pode reduzir a probabilidade de diagnóstico de autismo

Um novo estudo sugere que terapia personalizada pode ajudar algumas crianças a desenvolver competências sociais antes da idade escolar, evitando assim o diagnóstico de autismo. Uma equipa de médicos internacional demonstrou que uma nova terapia dirigida …

PS admite perder entre 10 e 15 Câmaras Municipais nas autárquicas

A direcção socialista espera também segurar Almada e Coimbra e vencer em Viseu e em Portalegre, duas câmaras historicamente do PSD. Segundo avança o Público, a direcção do Partido Socialista já está a contar perder entre …

Lula ganharia as eleições presidenciais brasileiras à primeira volta

O ex-presidente brasileiro Luiz Inácio Lula da Silva ganharia as eleições presidenciais na primeira volta se as eleições, marcadas para outubro de 2022, fossem realizadas hoje, de acordo com uma sondagem de opinião divulgada na …

Conselho de Ministros de hoje vai trazer de volta "antigo normal". Restauração abandona certificado

Governo vai reunir no dia de hoje para decidir quais os moldes em que avança a última fase do processo de desconfinamento. Regras só deverão entrar em vigor a partir de 1 de outubro. Após vários …

O que causou um enorme buraco na camada do ozono em 2020? A ciência já pode ter resposta

O grande buraco que se abriu na camada do ozono no ano passado pode ter sido desencadeado por temperaturas recordes, durante o inverno, no oceano Pacífico Norte, indicam novas análises. O enorme buraco, que se formou …

Rio diz que Governo “procura influenciar voto" com “notícia positiva” pré-eleições

O presidente do PSD defendeu que o Governo “se esforçou” por, em cima das autárquicas, dar uma notícia positiva aos portugueses sobre a pandemia, considerando que deveria tê-lo feito há mais tempo ou então só …

Um habitat demasiado perfeito pode ser pior para o acasalamento dos pandas

Apesar de serem necessários habitats para a sobrevivência dos pandas gigantes, estes animais têm uma maior tendência para reproduzir se não houver abundância de recursos. Este ano, as autoridades chinesas disseram que os pandas gigantes deixaram …

Computador quântico ajuda a criar um computador quântico melhor

Um computador quântico foi usado para projetar um qubit aprimorado que poderá alimentar a próxima geração de computadores quânticos mais pequenos, de alto desempenho e mais confiáveis. Da mesma forma que um bit binário é a …

Em apenas três anos, a Austrália perdeu um terço dos seus coalas

A seca, os incêndios florestais e a desflorestação na Austrália levaram o país a perder um terço dos seus coalas nos últimos três anos. A Austrália perdeu cerca de 30% dos seus coalas nos últimos …

Há modelos matemáticos que preveem se uma música vai ser viral — os mesmos utilizados com a covid-19

O uso de modelos matemáticos para antecipar o nível de sucesso de uma música pode começar a ser usado, a partir da publicação do presente estudo, por artistas e editoras para melhorar o desempenho dos …