Medidas do Governo para combater a pandemia custam 27 mil milhões de euros

Manuel de Almeida / Lusa

O pacote de medidas do Governo aprovadas para combater a pandemia de covid-19 ascendem a 27 mil milhões de euros. Só 0,7% deste montante vai contar para o défice.

As contas são apresentadas pelo Ministério das Finanças no Programa de Estabilidade (PE), entregue esta quinta-feira, ao Parlamento. Apenas 0,7% deste valor é que vai contar para o défice português.

Estas medidas que efetivamente podem afetar o défice “representam, no seu conjunto, um pacote orçamental de cerca de 2 mil milhões de euros por mês (0,9% do PIB), incluindo medidas com incidência única”. No entanto, o ministro das Finanças, Mário Centena, alerta que há uma segunda vaga de despesas que não cabem nas contas do défice.

“Acresce um pacote de medidas discricionárias com impacto financeiro e sem impacto orçamental de mais de 25,1 mil milhões de euros (11,8% do PIB), incluindo apoio à liquidez das empresas, concessão de incentivos, moratórias de crédito e de rendas, e prorrogações fiscais e contributivas”, lê-se no Programa de Estabilidade citado pelo Diário de Notícias.

“As medidas com maior impacto orçamental mensal serão o lay-off e o apoio à retoma de atividade empresarial (0,5% do PIB de 2019), a aquisição de equipamentos de proteção individual e ventiladores (0,1% do PIB de 2019), o subsídio de doença (0,07% do PIB de 2019) e o apoio excecional à família (0,06% do PIB de 2019)”, lê-se ainda no PE.

Em termos financeiros, “destaca-se as moratórias no crédito à habitação e no crédito a empresas (5,3% do PIB de 2019), a prorrogação de impostos e contribuições da Segurança Social (3,7% do PIB) e as medidas de liquidez para apoiar o tecido empresarial nacional e as autarquias locais (1,9% do PIB de 2019)”.

Há ainda um segundo pacote de medidas, que ascende a 11,8% do PIB, mas que não é vai às contas de Bruxelas e do Eurostat. Neste conjunto estão incluídas as “prorrogações de obrigações fiscais e contributivas”, as moratórias de créditos bancários, à habitação e outros.  Estas medidas não afetam o saldo orçamental, uma vez que as dívidas terão de ser pagas após a crise passar, explica o DN.

Em entrevista à RTP, Mário Centeno falou sobre o impacto concreto do coronavírus na economia. No mês de abril, as quebras de atividade lesaram a economia em 6,5 pontos percentuais e deixou mais 75 mil pessoas desempregadas comparativamente ao mesmo mês do ano passado, escreve o Observador.

“Temos números do desemprego que mostram um aumento significativo. Estamos a falar do aumento do número de registados nos centros de emprego na ordem dos 75 mil a mais face a abril do ano passado”, revelou o ministro das Finanças.

Centeno prevê ainda que a taxa de desemprego até final de 2020 deverá crescer 3 ou 4 pontos percentuais face à trajetória anterior. O governante realçou ainda que, antes da pandemia, “a economia portuguesa estava numa trajetória bastante virtuosa de crescimento, de redução do desemprego, aumento do emprego, dos salários”.

O responsável pela pasta das Finanças antecipa ainda que no mês de maio haverá mais atividade, principalmente devido à retoma gradual da normalidade. “Prevemos que ao longo do ano de 2022, estejamos a recuperar os níveis de atividade de 2019”, adiantou ainda.

A Comissão Europeia projeta que o PIB português vai contrair 6,8% em 2020 e recuperar 5,8% no ano seguinte, embora Centeno realce que estes são números especulativos: “Não está aí considerado o impacto do Plano de Recuperação Económica que a Comissão Europeia tem que avançar nas próximas semanas”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Investigadores escrevem carta na Science para pressionar o Governo a desistir do aeroporto do Montijo

Investigadores portugueses acusam o governo português de ir contra os objetivos do Pacto Ecológico Europeu ao persistir na construção do aeroporto no Montijo, apontando sobretudo o efeito destrutivo em centenas de milhares de aves no …

Aos 20 anos, Duplantis bate mítico recorde do mundo de salto com vara

O saltador com vara sueco Armand Duplantis continua a fazer história e esta quinta-feira, no decorrer do 'meeting' de Roma, da Liga Diamante, conseguiu o melhor salto de sempre ao ar livre, com 6,15 metros. O …

PSD vai votar contra propostas para legalizar o lobbying

O PSD vai votar contra a legalização do lobbying. Os sociais-democratas defendem que as regras criam um maior afastamento entre cidadãos e entidades públicas e políticas. CDS, PAN e PS querem discutir propostas para legalizar o …

Feitiço vira-se contra o feiticeiro. Flamengo é humilhado na Libertadores

O Flamengo sofreu a mais pesada derrota do clube na Taça Libertadores, após ter sido goleado por 5-0 pelos equatorianos do Independiente del Valle. Depois da eliminação do SL Benfica da Liga dos Campeões, às mãos …

Governo sabia do amianto em carruagens compradas à Renfe. É de fácil remoção, diz ministro

O ministro das Infraestruturas e da Habitação, Pedro Nuno Santos, disse esta quinta-feira que o Governo sabia que carruagens compradas à espanhola Renfe contêm amianto, mas que é de fácil remoção e voltou a considerar …

PJ pediu ajuda à Doyen para identificar Rui Pinto. Aníbal Pinto diz-se "chocado"

Em mais uma sessão do julgamento de Rui Pinto, esta quinta-feira, o investigador da Polícia Judiciária (PJ) José Amador admitiu ter contactado um advogado da Doyen para que o fundo de investimento acelerasse uma investigação …

Gareth Bale está de regresso ao Tottenham

O extremo galês Gareth Bale regressa ao Tottenham num empréstimo válido por uma temporada. Os Spurs também compraram Sergio Reguillon ao Real Madrid. Gareth Bale despediu-se na quinta-feira dos companheiros do Real Madrid, avança a imprensa …

Revelados novos petróglifos neolíticos nas cavernas da "Montanha Alienígena"

Um astrobiólogo e geólogo do Sri Lanka descobriu "petróglifos neolíticos únicos" muito diferentes dos até agora descobertos no Sri Lanka. Estas verdadeiras obras de arte foram esculpidas nas paredes das cavernas na lendária “Montanha Alienígena”. Segundo …

Rio questiona significado de saída de políticos da comissão de honra de Vieira

O presidente do PSD, Rui Rio, questionou esta quinta-feira qual o significado da saída de políticos como o primeiro-ministro da comissão de honra do recandidato a presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira. Numa publicação na sua …

Contrariada, Jamila Madeira sai do Governo de "consciência tranquila". Fenprof estranha jurista na Educação

A ex-secretária de Estado Jamila Madeira, que se manifestou "surpreendida" com a sua exoneração do Governo, salientou esta quinta-feira que vai continuar na vida política e que sai do executivo com contas positivas no Serviço …