Pacientes atendidos de guarda-chuva aberto devido a infiltrações de água

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses está a denunciar que, na Unidade de Saúde Familiar Lauroé, no Centro de Saúde de Loulé, os médicos estão a atender os pacientes de guarda-chuva porque está a cair água dentro dos gabinetes.

Para além do centro de saúde de Loulé, o Sindicato dá conta de chuva “em dois gabinetes da unidade de Albufeira”.

Estas duas unidades funcionam em contentores desde há cerca de 6 anos e, quando chove, a água começa a infiltrar-se nas paredes, escorre pelos fios elétricos e acumula-se nos candeeiros, comprometendo os equipamentos informáticos.

O Sindicato dos Enfermeiros Portugueses (SEP) considerou que as condições de trabalho e de atendimento a utentes nos centros de saúde referidos são “inadmissíveis” e os utentes estão a reclamar no livro amarelo por serem atendidos nestas condições”.

“É inadmissível que os utentes estejam sujeitos a estas condições, num espaço físico que deveria ser um exemplo de promoção da sua Saúde. Exige-se que os profissionais tenham um ambiente de trabalho seguro”, considerou a estrutura sindical.

O sindicato apontou a existência de casos de funcionários com queixas de “reações alérgicas do foro respiratório e dermatológico“, que os profissionais “atribuem ao isolamento térmico/acústico do contentor que está podre”.

Uma imagem de um médico a dar uma consulta com o guarda-chuva na mão foi partilhada na quarta-feira pelo deputado social-democrata Cristóvão Norte.

“Tendo conhecimento do quadro deplorável em que se encontra a funcionar a USF Loulé, a qual se encontra tristemente documentada na fotografia de hoje, nenhum cidadão pode ficar indiferente”, destaca o deputado no Facebook.

O presidente da Administração Regional de Saúde (ARS) do Algarve, João Moura Reis, afirma que só tomou conhecimento destes casos pela imprensa, garantindo que “nunca houve uma comunicação interna” a informar que chovia nos gabinetes e que, “mal teve conhecimento”, enviou técnicos para tratarem da questão.

A mesma fonte adiantou que estão em curso os procedimentos para “construir de raiz duas USF”, estando o caso de Loulé mais adiantado, porque “já foi assinado com o município um protocolo para a cedência do terreno” onde a unidade irá ser edificada, situação que “deverá acontecer também em breve com Albufeira”.

João Moura Reis, reconheceu ainda que a situação em causa, a verificar-se como o sindicato denunciou, “não devia ter acontecido”, porque “havia outros gabinetes livres que poderiam ser utilizados para dar consultas”.

ZAP / Lusa

PARTILHAR

6 COMENTÁRIOS

  1. É o testemunho de que temos franjas do País, que faz lembrar África no seu pior.
    Ouvi e vi na televisão o responsável por essa área dizer que só tinha tomado conhecimento da situação pelas notícias, o que reflecte a sua incompetência para o cargo.
    Trata-se de alguém que desconhece as suas áreas de vigilância e prevenção.
    Penso que o Sr, Ministro da saúde o devia demitir de imediato.

  2. Não se assustem. Esta foto foi tirada para o álbum dos médicos ” ToTos” do mês das chuvas no Algarve. As receitas são para a compra de Telhas. Bom Natal

  3. Esta foto é a anedota em que se transformou a política económica deste governo.
    Para cobrir as pernas aos funcionários públicos e sindicatos, em algum lado a manta terá de faltar.
    Vergonha esta república das bananas!

RESPONDER

Carrinha com 52 migrantes entra em Ceuta após derrubar barreiras fronteiriças

Uma carrinha com 52 migrantes rompeu, esta madrugada, as barreiras fronteiriças entre Marrocos e Espanha para entrar no enclave espanhol de Ceuta, incidente que a Guarda Civil espanhola já está a investigar. A carrinha lançou-se a toda …

Chef que renunciou à estrela Michelin espera sair do Guia em 2020

O chef Henrique Leis, que em julho renunciou à estrela Michelin que o seu restaurante detinha há 19 anos, afirma que o seu "compromisso com a Michelin acabou" e espera não ver renovada a distinção …

Morreu a fadista Argentina Santos

A fadista portuguesa morreu, esta segunda-feira, aos 95 anos de idade. As exéquias realizam-se, a partir das 17h00, na Basílica da Estrela, em Lisboa. A fadista Argentina Santos, que esta segunda-feira morreu aos 95 anos, despediu-se …

Governo apresenta queixa no Ministério Público contra 21 pedreiras

O ministro do Ambiente e da Ação Climática anunciou que 21 pedreiras, de um universo de 185, estão em incumprimento por falta de vedações, exigidas pelo levantamento do Governo, tendo sido apresentada queixa ao Ministério …

Adeus EDP Universal. Vem aí a SU Eletricidade, mas os preços não mudam

A EDP Serviço Universal vai deixar de existir a partir de 15 de Janeiro de 2020. Em seu lugar vai nascer a SU Eletricidade, a nova marca do universo EDP que vai abranger os clientes …

Mais de 41 mil idosos vivem sozinhos ou isolados em Portugal

A Guarda Nacional Republicana (GNR) sinalizou 41.868 idosos a viverem sozinhos ou isolados em todo o país em outubro no âmbito da operação "Censos Sénior", anunciou esta segunda-feira a guarda. Em comunicado, a GNR adiantou ter …

Vai nascer um Pavilhão de Gelo em Lisboa (com apoio do Governo e de fundos públicos)

O secretário de Estado da Juventude e do Desporto, João Paulo Rebelo, está certo de que, ainda nesta legislatura, vai nascer um Pavilhão do Gelo para a prática de desportos em Lisboa, com apoio de …

Sudão. Crimes contra a humanidade em ataques que mataram 120 manifestantes

Os ataques que em junho mataram pelo menos 120 manifestantes no Sudão podem configurar crimes contra a humanidade, revelou um relatório divulgado pela organização Human Rights Watch (HRW), que pede justiça para as vítimas e …

Bloqueios na capital da Bolívia levam à escassez de alimentos e de combustíveis

Os bloqueios nas estradas de acesso a La Paz, capital da Bolívia, e aos arredores, usados nos protestos que se somam à tensa crise política, impõem aos bolivianos a falta de produtos básicos cujos preços …

Pais da bebé Matilde já ajudaram 38 crianças

Os pais da bebé Matilde, que sofre de uma doença rara, ajudaram 38 crianças com os cerca de dois milhões de euros angariados através de uma campanha de solidariedade. Na página de Facebook "Matilde, uma bebé …