Médico que diagnosticou primeiros casos de covid-19 reitera encobrimento chinês

Narendra Shrestha / EPA

Um dos médicos que diagnosticou os primeiros casos de covid-19 reitera que a China encobriu informações no início do surto. O mercado de Wuhan foi limpo antes de os investigadores poderem analisá-lo.

Yuen Kwok-yung, microbiologista, médico e professor de Hong Kong, fez parte da equipa de investigadores que, em janeiro, ajudou a identificar os primeiros casos de covid-19 na China. Em entrevista à BBC, Kwok-yung disse que as autoridades locais destruíram evidências no mercado de Wuhan, de onde terá originado o coronavírus.

“Quando chegamos ao mercado, claro, não havia nada para ver porque o mercado já estava limpo. Podemos dizer que a cena do crime já estava alterada porque foi limpa e não pudemos identificar o hospedeiro do vírus”, disse o médico.

Kwok-yung diagnosticou a primeira família contaminada no dia 12 de janeiro, em Shenzhen e salientou que tinha conhecimento do potencial que o coronavírus tinha para se espalhar pelo mundo.

“Eu tinha conhecimento das pessoas infetadas em Shenzhen, eu sabia quão eficazmente o vírus estava a espalhar-se, eu sabia que podia ser contraído num hospital e eu sabia que ele poderia estar num avião, com centenas de pessoas, a viajar para uma cidade a milhares de quilómetros daqui”, explicou.

Na altura, as autoridades desvalorizaram a sua preocupação e disseram que “não havia nada que levasse a se suspeitar que o vírus era transmitido para os humanos”.

Kwok-yung apressou-se a informar as autoridades, mas, de acordo com a revista Visão, Pequim não revelou publicamente os dados no estágio inicial do surto.

“Acredito que eles encobriram algumas informações. As autoridades locais, que deveriam transmitir as informações imediatamente, não permitiram que isso fosse feito tão prontamente quanto deveria”, disse o microbiologista.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

"Continua a pairar perigosamente". Relógio do Juízo final mantém-se a 100 segundos do Apocalipse

A Humanidade nunca esteve tão perto do Apocalipse, alertam os cientistas responsáveis pelo "Relógio do Juízo Final", que decidiram mantê-lo na mesma posição do ano passado, a 100 segundos da meia-noite. O relógio, que é uma …

A primeira bateria doméstica de hidrogénio armazena três vezes mais energia do que uma da Tesla

Para usar energia solar doméstica, é preciso gerar energia quando o Sol brilha e armazená-la quando não aparece. Para isto, as pessoas usam normalmente sistemas de bateria de lítio. Porém, a empresa australiana Lavo construiu …

Um oásis LGBTQ, Budapeste é posto à prova pelo populismo e pela pandemia

Budapeste é um oásis para a comunidade LGBTQ, mas a cena drag da capital húngara vê-se ameaçada pela pandemia de covid-19 e pelas políticas conservadoras e populistas de Viktor Orbán. Durante muitos anos, Budapeste desfrutou a …

Coreia do Sul "ressuscitou" voz de uma superestrela. Chovem preocupações éticas

Pela primeira vez em 25 anos, a distinta voz da superestrela sul-coreana Kim Kwang-seok será ouvida na televisão nacional. O famoso cantor folk morreu em 1996. De acordo com a CNN, a emissora nacional da Coreia …

Maioria dos países africanos só terá vacinação em massa a partir de 2023

A maioria dos países africanos só terá imunização em massa a partir de 2023, segundo previsão da The Economist Intelligence Unit, que admite que, com o evoluir da pandemia, muitos dos países mais frágeis possam …

Mulher que "morreu" com covid-19 aparece viva 10 dias após funeral

Uma mulher de 85 anos ficou infetada com covid-19 num lar na Galiza, em Espanha. A 13 de janeiro a família de Rogelia Blanco recebeu a informação do lar de que a mulher tinha falecido. …

Familiares de vítimas na China pressionadas a não falar com OMS

As autoridades chinesas estão a pressionar as famílias das primeiras vítimas da covid-19 para que não entrem em contacto com os investigadores da Organização Mundial da Saúde (OMS) em Wuhan, segundo familiares dos falecidos. Mais de …

Falsas vacinas à venda na Internet são grande risco para a saúde

Embora milhões de pessoas tenham sido já vacinadas contra a covid-19 nos países ricos, proliferam as fraudes na Internet com fármacos falsos que representam um grande risco para a saúde, alertaram peritos das Nações Unidas. As …

Voto prévio no Senado aponta para absolvição de Trump

Na terça-feira, 45 dos 50 republicanos no Senado votaram contra a continuidade do julgamento ao ex-Presidente Donald Trump, considerando inconstitucional que um chefe de Estado que já terminou o mandato seja julgado no Congresso. De acordo …

Estudo revela que um terço dos inquiridos foi vítima de violência doméstica pela primeira vez na pandemia

Quinze por cento dos inquiridos num estudo sobre violência doméstica em tempos de covid-19 reportou a ocorrência deste crime na sua casa e um terço das vítimas disse ter sido agredida pela primeira vez durante …