Médico admite que já matou 4 pessoas

Um médico português assume que matou quatro pessoas e que tem a sua própria morte já planeada. Um testemunho na primeira pessoa sobre a prática da eutanásia de quem defende a sua despenalização.

Este tema polémico da eutanásia volta a ser assunto na sociedade portuguesa depois de a revista Sábado ter entrevistado um médico que assume, sem papas na língua, que matou quatro pessoas.

“Não a ajudei a morrer, matei-a. Pedi-lhe para contar até 10 ao contrário”, revela este clínico não identificado, referindo-se a um dos casos com que lidou.

Salientando que é a favor da “despenalização da morte assistida”, o médico português refere que ajudou dois amigos, uma tia e um doente a morrer.

O médico, que sofre de um cancro no pulmão, também nota que resolveu dar o seu testemunho por não ter medo de retaliações profissionais ou criminais, já que diz não acreditar que “sobreviva mais de um ano”.

Também constata que já tem a sua própria morte planeada.

Em Portugal, a eutanásia ou morte assistida é crime punível com uma pena de prisão até três anos.

O Código Deontológico dos médicos também condena a prática.

Em termos políticos, o assunto não faz parte das prioridades dos partidos, conforme se pode comprovar pelas reacções à posição do médico recolhidas pela Sábado no Parlamento.

A coordenadora do grupo parlamentar do PS para as questões da Saúde, Luísa Salgueiro, salienta que o partido “ainda não tem uma posição tomada”, embora note que é pessoalmente “favorável à despenalização”.

Do lado do PSD, o vice-presidente da Comissão de Saúde no Parlamento, Miguel Santos, refere que o assunto “não consta no programa eleitoral”, mas salienta que o partido tem por “posição de princípio” o apoio e reforço à rede de Cuidados Paliativos “como resposta a este tipo de situações”.

Na mesma linha surge a posição da coordenadora parlamentar do CDS para a área da Saúde, Isabel Galriça.

“Aposto que este médico não tem formação em cuidados paliativos, porque quem não tem esta formação são as pessoas que mais facilmente consideram a eutanásia como a única forma de acabar com o sofrimento intolerável dos doentes”, evidencia a deputada popular.

A Sábado ouviu ainda o padre José de Almeida que defende que se deve “recusar a eutanásia não condenando quem a pratica”.

Já a ex-presidente da Comissão Nacional de Ética para as Ciências da Vida, Paula Martinho da Silva, salienta a importância do debate em torno do assunto.

SV, ZAP

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. “Aposto que este médico não tem formação em cuidados paliativos, porque quem não tem esta formação são as pessoas que mais facilmente consideram a eutanásia como a única forma de acabar com o sofrimento intolerável dos doentes”, evidencia a deputada popular.
    Esta coitada deve pensar que está a jogar num qualquer Casino. Ela sabe lá a qualidade dos serviços de saúde…

  2. Infelizmente já presenciei o fim de alguns familiares em hospitais públicos e se é o que consideram paliativo..realmente mais vale morrer duma vez.. Neste país reagem mal a este tema da eutanásia porque acham que assim se “vão livrar dos idosos”. Então, não confiam nos médicos?? Em relação aos fetos indesejáveis já se podem livrar..

RESPONDER

Astrónomos descobriram um buraco negro "incapaz" de fazer o seu trabalho

Astrónomos descobriram o que pode acontecer quando um buraco negro gigante não interfere na vida de um enxame de galáxias. Usando o Observatório de raios-X Chandra da NASA e outros telescópios, mostraram que o comportamento passivo …

Homem na casa dos 20 anos morre de peste no Novo México

Um homem na casa dos 20 anos morreu de peste septicémica no estado norte-americano do Novo México, anunciaram as autoridades de saúde deste estado. A vítima, cuja identidade não foi revelada publicamente, viva em Rio …

Cara do pintor italiano Rafael reconstruida para resolver mistério do seu túmulo

Uma equipa de especialistas fez uma reconstrução em 3D da cara do pintor italiano renascentista Rafael. Assim, confirmaram o seu aspeto físico e resolveram o mistério relativamente ao seu túmulo. O rosto do pintor italiano Rafael …

Novo método não-invasivo permite diagnosticar cancro cerebral sem fazer incisões

Diagnosticar tumores cerebrais pode ser difícil e muito invasivo. Agora, uma equipa de investigadores desenvolveu um método para detetar cancro no cérebro sem ser necessária qualquer incisão. Os tumores cerebrais são normalmente diagnosticados através de imagens …

A última plataforma de gelo intacta do Canadá colapsou. Criou um icebergue maior do que o Porto

A plataforma de gelo Milne, no Canadá, fragmentou-se no final do mês de julho, formando vários icebergues, dois dos quais de grandes dimensões. Cientistas ouvidos pela agência noticiosa AP referem que esta era uma plataforma especial, …

Ícones da moda de luto: a indústria fashion nunca mais será a mesma

Muitas são as áreas da economia a ser gravemente afetadas pela pandemia de covid-19. A indústria da moda não foge à tendência e já são muitos os líderes de grandes marcas a "declarar morte" à …

Covid-19: Cigarros eletrónicos aumentam riscos de infeção em cinco a sete vezes para jovens

O risco de contrair covid-19 entre adolescentes e jovens adultos que fumam cigarros eletrónicos é cinco a sete vezes superior, segundo um estudo liderado pela faculdade de Medicina da Universidade de Stanford, nos Estados Unidos. O …

Apenas 10% da população escreve com a mão esquerda. Cientistas lutam para explicar porquê

Em praticamente qualquer lugar do globo, apenas 10% das pessoas são canhotas, isto é, têm maior habilidade com o lado esquerdo do corpo, especialmente com a mão, comparativamente com o lado direito. Os cientistas tentam há …

Para reavivar o turismo, esta pequena cidade está a contar com a ajuda dos "vampiros"

A pequena cidade de Forks, em Washington, nos Estados Unidos, é lar de 3.600 pessoas, cujos meios de subsistência nos últimos 15 anos foram impulsionados por uma indústria do turismo alimentada por "Crepúsculo", a série …

Tim Cook acaba de se juntar ao clube dos milionário à boleia de recorde histórico da Apple

O diretor-executivo (CEO) da Apple, Tim Cook, acaba de se juntar à lista de multimilionários do mundo, depois de a gigante tecnológica norte-americana atingir um valor de mercado histórico. De acordo com os cálculos da …