Medicamento da Bial para a doença de Parkinson aprovado nos EUA

BIAL

O medicamento para a doença de Parkinson da Bial, o Ongentys, foi aprovado pelo regulador do mercado farmacêutico norte-americano Food and Drug Administration (FDA) e deverá começar a ser comercializado no país até ao final do ano.

Em comunicado, a Bial avança esta segunda-feira que esta era a “aprovação essencial” para iniciar a comercialização do medicamento Ongentys (cujo princípio activo é a opicapona) nos Estados Unidos.

Em Fevereiro de 2017, a Bial e a farmacêutica Neurocrine Biosciences assinaram um contrato de licenciamento exclusivo para o desenvolvimento e a comercialização na América do Norte da opicapona, prevendo-se agora que o seu lançamento seja feito até ao final deste ano.

Este fármaco, que é o segundo medicamento de investigação da Bial, neste caso para a doença de Parkinson, já tinha sido aprovado pela autoridade regulamentar europeia em 2016, estando, desde então, disponível no Reino Unido, Alemanha, Espanha, Itália e em Portugal.

Em declarações à agência Lusa, António Portela, director-executivo da Bial, afirmou que este é “um marco importante” para a farmacêutica. “Ao termos o segundo medicamento português nos EUA, esperamos que possa ter um impacto muito grande em termos de facturação para a empresa e que isso nos permita continuar a investir nos nossos projectos de investigação e desenvolvimento”, realçou.

Segundo António Portela, a parceira farmacêutica norte-americana previa lançar o Ongentys para o mercado entre Maio e Junho, no entanto, “as circunstâncias da covid-19 não vão permitir”. “Eles querem lançar até ao final do ano, mas vai tudo depender da evolução da situação”, frisou.

Além dos EUA, António Portela adiantou à agência Lusa que a farmacêutica prevê lançar o medicamento na Suíça, Áustria e países nórdicos, mas que tudo dependerá da evolução da covid-19. Paralelamente, a Bial prevê também que, no final do ano, o medicamento seja lançado na Coreia do Sul e no Japão, onde aguarda ainda a aprovação das autoridades para que o fármaco possa estar disponível no mercado.

A farmacêutica portuguesa, que aloca, em média, “mais de 20% da sua facturação anual à inovação e desenvolvimento”, tem actualmente filiais em nove países e vende os seus medicamentos para mais de 50, sobretudo na Europa, África e América.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Encontrado urso das cavernas com 22 mil anos intacto em ilha do Ártico (e ainda tem dentes)

Pastores de renas na remota ilha siberiana de Bolshoy Lyakhovsky descobriram o esqueleto inteiro deum  urso da caverna com tecidos moles ainda preservados após 22 mil anos enterrado no solo congelado. A Ilha Bolshoy Lyakhovsky - …

João Ferreira apresenta-se candidato de Abril (e não a “percentagens eleitorais”)

O eurodeputado João Ferreira apresentou, esta quinta-feira, a sua candidatura a Presidente da República pelo PCP em nome dos “valores de Abril” como um “espaço de convergência” e recusou fixar metas ou percentagens para as …

FC Porto, Aves. Benfica disciplinado. 821 pessoas num jogo... Os números da Liga

Um dia antes do início da I Liga 2020/2021, espreitamos o relatório 'Futebol em números', publicado no final de agosto pela própria Liga Portugal. Há muito para ler sobre a época passada, provavelmente a mais …

Presidente da Bielorrússia fecha fronteiras e coloca exército em alerta

O Presidente da Bielorrússia, alvo de seis semanas de protestos em massa exigindo a sua renúncia, anunciou esta quinta-feira que vai colocar as tropas em alerta máximo e fechar as fronteiras do país com a …

É viciado em sol? Não se preocupe, está-lhe nos genes

De acordo com um estudo realizado por investigadores do King's College London, a busca pelo sol está diretamente ligada aos nossos genes. Isso significa que o comportamento das pessoas em relação ao sol é dominado por …

Onda de pedras-pomes fez uma viagem pelo Pacífico (e traz nova vida à costa da Austrália)

Uma "onda" de pedras-pomes está a chegar à Austrália após uma longa viagem pelo Pacífico. As rochas vulcânicas produzidas na fase de ejeção dos gases contidos na lava, podem trazer um presente para o seu …

Não foram as estrelas de neutrões. A origem do ouro do Universo voltou a ser um mistério

Quando a humanidade detetou a colisão entre duas estrelas de neutrões em 2017, confirmou a teoria de longa data que as explosões criam elementos mais pesados do que o ferro. Assim, pensou-se ter a resposta …

Descoberta uma cripta secreta sob uma capela polaca. Pode levar ao lendário Santo Graal

O lendário Santo Graal, que terá sido usado por Jesus durante a Última Ceia para transformar o vinho em sangue, cativou a imaginação dos caçadores de tesouros durante séculos. Embora possamos nunca saber se esta relíquia …

Pedaço de cabelo de Lincoln (e um telegrama ensanguentado) leiloados por 81 mil dólares

Um anónimo pagou mais de 81 mil dólares (cerca de 71 mil euros) por uma mecha de cabelo de Abraham Lincoln. O exemplar foi retirado da cabeça de Lincoln um dia após a sua morte, …

Descobertos novos detalhes em Pietà de Miguel Ângelo

Uma equipa de especialistas estava a fazer trabalhos de limpeza na Pietà de Florença, esculpida pelo artista italiano Miguel Ângelo, quando encontrou detalhes desconhecidos da obra. Uma Pietà é um tema da arte cristã em que …