Medicamento para o acne com possível ligação ao suicídio de jovens é vendido em Portugal

Doze jovens britânicos morreram, dez dos quais por suicídio, após a administração de Roaccutane, também à venda com o nome Accutane. As autoridades de saúde estão a investigar a possível ligação entre o suicídio e a utilização de isotretinoína.

Os reguladores do Reino Unido vão reabrir uma investigação ao fármaco após uma nova onda de queixas, de acordo com jornal britânico The Guardian.

No Reino Unido, a Agência Reguladora de Medicamentos e Produtos para a Saúde no Reino Unido permitiu a comercialização do medicamento porque “não há provas de estarem a acontecer efeitos secundários, mas uma suspeita de que a droga pode ser a causa”. Os estudos científicos não identificaram uma ligação direta entre o medicamento e o aumento do risco de distúrbios psiquiátricos e suicídio.

Em Portugal, o fármaco é vendido com o nome principal Isotretinoína e não se registam mortes possivelmente relacionadas com este medicamento – pelo menos desde 2004.

De acordo com o Observador, já desde 1998 que existem relatórios a alertar para a possibilidade da isotretinoína desenvolver efeitos secundários a nível psiquiátrico e um risco aumentado para a depressão.

Em Portugal, a bula de um dos fármacos com esta substância ativa, aprovada pelo Infarmed, pede ao paciente que fale com o médico antes de o utilizar “se alguma vez teve algum tipo de problemas de saúde mental”. “Estes incluem depressão, tendências agressivas ou alterações do humor. Inclui também pensamentos sobre auto mutilar-se ou suicidar-se. Isto porque o seu humor poderá ser afetado enquanto toma Isotretinoína Orotrex”, lê-se.

O documento lista a “depressão ou perturbações”, “agravamento da depressão existente” ou “tornar-se violento ou agressivo” como um efeito raro do medicamento. Entre os efeitos muito raros, diz-se que “algumas pessoas tiveram pensamentos ou sentimentos sobre magoarem-se ou suicidaram-se (pensamentos suicidas), tentaram suicidar-se (tentativa de suicídio) ou suicidaram-se (suicídio)”.

O Infarmed avisa também que o medicamento pode causar um “comportamento não habitual” ou “sinais de psicose, uma perda de contacto com a realidade, como ouvir vozes ou ver coisas que não existem”, descreve.

Segundo o Infarmed, em declarações ao Observador, não há registo de pessoas que tenham cometido suicídio após utilizarem isotretinoína há pelo menos 15 anos.

Já no Reino Unido já se registaram 88 mortes entre os utilizadores de Roaccutane desde 1998, sete dos quais em 2018. Há dois anos, outras queixas alertaram também para a possibilidade de o medicamento estar a provocar problemas de ereção entre os rapazes por diminuir a libido dos pacientes.

O Instituto Nacional de Saúde e Excelência do Cuidado britânico aconselhou os médicos a prescrever este fármaco apenas em casos graves em que outros tratamentos não tenham resultado.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Atriz norte-americana confronta em tribunal Weinstein com acusação de violação

A atriz americana Annabella Sciorra, conhecida por ter participado na série "Os Sopranos", confrontou na quinta-feira o produtor Harvey Weinstein em tribunal, acusando-o de a ter violado, em meados dos anos 1990. Segundo avançou o Expresso, …

Mulher agride médica na Urgência do Hospital de Águeda

Uma médica foi agredida, esta quinta-feira, na Urgência do Hospital de Águeda, por uma mulher que acompanhava o filho a uma consulta. De acordo com o Jornal de Notícias, a médica, de 33 anos, que estava …

Polícia do Rio de Janeiro matou cinco pessoas por dia em 2019

A polícia do Rio de Janeiro matou 1.810 pessoas em 2019, um recorde de cinco mortes por dia e um aumento de 18% em relação ao ano anterior, informou o Instituto de Segurança Pública (ISP) …

Governo dedica 20 milhões do Orçamento ao combate à violência doméstica

O orçamento total para combater a violência doméstica em 2020 é de 20,3 milhões de euros, adiantou na quinta-feira a ministra de Estado e da Presidência no Parlamento, Mariana Vieira da Silva, sublinhando o reforço orçamental …

Chega quer câmaras nas fardas e nos carros-patrulha

O Chega, liderado por André Ventura, apresentou um projeto de resolução a defender que os agentes das forças de segurança nacionais devem poder utilizar câmaras, que seriam introduzidas nas fardas e nos carros-patrulha. O partido liderado …

"Não tenho o apoio de Assunção Cristas", diz João Almeida

O candidato à liderança do CDS-PP defende que o partido deve, no imediato, fortalecer-se e depois participar numa "plataforma à direita" de alternativa ao PS, com o PSD, mas sem o Chega. "A alternativa à governação …

Campanha internacional quer salvar leões subnutridos em parque no Sudão

Várias fotografias de leões subnutridos no zoo de Al-Qureshi, no Sudão, atraíram a atenção de milhares de pessoas, que tentam agora salvar os animais. O fotógrafo Ashraf Shazly encontrou cinco leões malnutridos, enjaulados e sem …

Joacine Katar Moreira defende mais direitos para deputados não inscritos em partidos

A deputada única do Livre, Joacine Katar Moreira, defendeu nesta sexta-feira o alargamento dos direitos regimentais dos deputados não inscritos em partidos, durante uma reunião do grupo de trabalho para racionalizar os votos objecto de …

Nova universidade internacional de Soros pretende combater populismo e alterações climáticas

O filantropo multimilionário George Soros vai investir mil milhões de dólares (cerca de 904 milhões de euros) numa universidade internacional que terá como foco a oposição a governos autoritários e às alterações climáticas. Segundo avançou o …

"O índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual a nós", diz Bolsonaro

O Presidente do Brasil, Jair Bolsonaro, disse, durante um vídeo em direto em que comentava a criação do Conselho da Amazónia, que "o índio está evoluindo e cada vez mais é um ser humano igual …