Caso Mayorga. Novos documentos podem tramar Ronaldo

Juventus / Facebook

Cristiano Ronaldo na apresentação oficial na Juventus

Há novos dados no âmbito do caso em que a norte-americana Kathryn Mayorga acusa Cristiano Ronaldo de violação. A revista Der Spiegel publica documentos que atestam as alegadas contradições do futebolista, com uma versão apresentada aos advogados e outra às autoridades.

Estes novos documentos publicados pela revista alemã reportam-se a e-mails trocados entre os advogados do jogador, revelando as alegadas respostas dadas por Ronaldo a um questionário que lhe apresentaram sobre o que aconteceu naquela noite de 2009, quando Kathryn Mayorg alega que ele a violou.

Essas respostas originais, em que Ronaldo terá admitido que a norte-americana disse várias vezes não, terão sido depois alteradas pelos advogados, de modo a criar uma versão mais favorável ao avançado.

Na versão inicial, Ronaldo revela que no final do acto sexual, Mayorga lhe disse “‘Seu parvo, porque é que forçaste? Seu estúpido” e que ele respondeu “‘desculpa lá'”, conforme mostram os documentos divulgados pela Der Spiegel.

Penetrei-a de lado. Ela mostrou-se disponível. Estava deitada de lado, na cama, e penetrei-a por trás. Foi brusco. Não mudamos de posição. 5/7 minutos. Ela disse que não queria, mas mostrou-se disponível. Foi brusco o tempo todo, virei-a de lado e foi rápido. Talvez tenha ficado com lesões quando a agarrei. Ela não mo queria dar, em vez disso masturbou-me. Já não sei bem o que ela disse quando me estava a masturbar. Mas continuou a dizer não. ‘Não o faças’ – ‘Não sou como as outras’. Pedi desculpa depois”, terá contado Ronaldo aos advogados, segundo os documentos.

Essa versão terá sido depois alterada para omitir as partes sobre a alegada recusa de Mayorga e para incluir que “ela não se queixou, não gritou, nem pediu ajuda”.

Os e-mails atestam ainda que os dois não usaram preservativo, nem falaram disso, que ele “não se veio dentro dela”, mas “sobre ela e no lençol”, que “não houve lubrificante” e que Ronaldo usou “saliva”.

Os documentos publicados pela Der Spiegel mostram também conversas em que os advogados falam da tradução do documento para Inglês, nomeadamente um deles a questionar como devia traduzir “expressões como ‘bola de cuspo’ e ‘toca-me ao bicho’“.

Os advogados de Ronaldo já alegaram que os documentos que a revista alemã tem na sua posse foram “fabricados” por piratas informáticos, contestando as argumentações apresentadas pela defesa de Kathryn Mayorga.

ZAP //

PARTILHAR

9 COMENTÁRIOS

  1. Estou plenamente de acordo que esta menina tem toda a razão do seu lado, foi com o Ronaldo para o quarto na intenção de rezarem o terço em conjunto e ele aproveitou-se da ocasião, nada como castrar todos os homens caso contrário não irá acabar a atracção por mulheres e é muito complicado sobretudo quando se dá com elas sérias como esta.

  2. Para mim isto é tudo uma questão de empacotar melhor a tese da defesa.
    Acho que tiradas destas “…tradução do documento para Inglês, …como devia traduzir “expressões como ‘bola de cuspo’ e ‘toca-me ao bicho”, parece-me um pouco brejeiro.

  3. De Mal a pior,
    Porque não se limita simplesmente a comentar sem incluir Alusões religiosas no seu comentário?
    Respeite se quer ser respeitado.

RESPONDER

Rara cobra de duas cabeças e dois cérebros independentes encontrada na Florida

Uma rara cobra com duas cabeças e dois cérebros independentes foi resgatada no estado norte-americano da Florida por uma equipa de especialistas do organização Florida Fish and Wildlife Conservation Commission. Na rede social Facebook, a organização, …

Benfica 2-0 Belenenses SAD | Darwinismo rende arranque histórico

O Benfica cumpriu e venceu o Belenenses SAD por 2-0, no Estádio da Luz, na partida que encerrou a quinta jornada da Liga NOS. Foi o quinto triunfo benfiquista no campeonato em cinco partidas, o …

Uma tarefa doméstica está a poluir sorrateiramente o ambiente

O que vestimos e como lavamos as nossas roupas influencia o número de microfibras sintéticas que libertamos no meio ambiente. Há uma tarefa doméstica a poluir sorrateiramente o ambiente. Um novo artigo científico, publicado na PLOS …

A companhia aérea que faliu devido à covid-19 está de volta

A pandemia de covid-19 foi traiçoeira para muitas empresas. A Flybe, uma das primeiras vítimas, está agora a ressuscitar - e pode voltar a rasgar os céus já no próximo ano. A economia mundial foi muito …

Dormir bem antes de tomar a vacina da gripe pode ajudar a aumentar a sua eficácia

Segundo os especialistas, uma boa noite de sono pode mesmo ajudar a aumentar a eficácia da vacina da gripe, que neste ano ganha particular relevância em plena pandemia de covid-19. De acordo com Matthew Walker, autor …

Há um petroleiro abandonado há mais de uma década nas Caraíbas (e é uma "bomba-relógio")

Um navio de armazenamento de petróleo venezuelano está ancorado no Golfo de Paria, um trecho de mar fechado entre a Venezuela e a ilha de Trinidad, há mais de uma década. Antes de os Estados Unidos …

Portugal deve bater recorde de doentes em cuidados intensivos ainda esta semana

Portugal deverá ultrapassar, esta quarta-feira, o recorde de doentes em unidades de cuidados intensivos, alertou a ministra da Saúde, Marta Temido, em conferência de imprensa sobre a capacidade do Serviço Nacional de Saúde para combater …

A Budapest Eye foi restaurante por um dia (e com estrela Michelin)

Um restaurante com estrela Michelin em Budapeste, na Hungria, ofereceu aos clientes uma experiência gastronómica na famosa roda gigante Budapest Eye. Atraiçoado pela queda de faturação após o desaparecimento de turistas estrangeiros, o restaurante Costes, premiado …

Antigo ministro da Saúde Leal da Costa admite novo estado de emergência

O antigo ministro da Saúde Fernando Leal da Costa defendeu hoje que em algum momento deve ser decretado de novo o estado de emergência, para que o Governo possa tomar medidas na luta contra a …

Marcelo promulga uso obrigatório de máscara na rua por 70 dias

O Presidente da República promulgou esta segunda-feira o decreto da Assembleia da República que determina o uso obrigatório de máscara na rua, por um período de 70 dias, sempre que não seja possível cumprir o …