Matosinhos é a primeira cidade 5G em Portugal

José Sena Goulão / Lusa

O Presidente da Comissão Executiva da NOS, Miguel Almeida

A NOS cobriu totalmente Matosinhos com 5G, em parceria com a Huawei, tornando-a na primeira cidade de quinta geração móvel em Portugal, anunciou, esta quarta-feira, a operadora de telecomunicações.

De acordo com a operadora, “a rede 5G da NOS está integralmente operacional e disponível, em regime piloto, à autarquia, empresas, e polos de investigação, para o desenvolvimento de use cases alavancados nesta tecnologia”. A cobertura de Matosinhos com 5G foi feita “em parceria com a Huawei”, adiantou.

“Ao dotar a cidade de Matosinhos com uma rede 5G, a NOS posiciona-se na linha da frente na implementação desta nova tecnologia e assume um papel de liderança na inovação associada às cidades inteligentes e ao desenvolvimento das sociedades 5.0”, prosseguiu.

A partir desta quarta-feira, “a NOS dispõe assim de um ‘laboratório’ em ambiente real, no qual irá testar soluções e serviços 5G para o mercado residencial e empresarial, assim como para as autarquias e instituições”, salientou a operadora.

“Tornar Matosinhos a primeira cidade nacional com uma rede 5G 100% operacional é um marco na história das telecomunicações em Portugal”, afirmou o presidente executivo da NOS, Miguel Almeida, citado em comunicado.

“O desafio tecnológico de disponibilizar em toda uma cidade a nova geração de comunicações móveis foi acolhido com entusiasmo e energia pelas equipas da NOS e hoje estamos orgulhosos do resultado. Estamos certos que a tecnologia 5G vai beneficiar toda a sociedade portuguesa, das empresas e instituições públicas aos cidadãos, e que o pioneirismo da NOS vai constituir um contributo inquestionável para o desenvolvimento económico e social do país”, concluiu o responsável.

A rede de 5G da NOS em Matosinhos usa o espetro na banda dos 3,5GHz solicitada à Autoridade Nacional de Comunicações (Anacom) para efeitos de testes.

“A ligação da NOS a Matosinhos aprofundou-se ao fazer parte do núcleo que esteve na origem da primeira Zona Livre Tecnológica (ZLT) em Portugal, onde se promove o desenvolvimento e teste de soluções tecnológicas, assentes na quinta geração móvel em parceria com entidades como o CEiiA – Centro de Engenharia e Desenvolvimento de Produto”, refere a empresa.

A infraestrutura 5G de Matosinhos é composta por uma rede com cerca de 20 estações rádio que cobrem integralmente a cidade, bem como a totalidade da Zona Livre Tecnológica compreendida entre o Parque da Cidade do Porto, o Porto de Leixões, a freguesia de Senhora da Hora e a zona comercial do NorteShopping, adianta a empresa.

Lusa // Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Aposta no Parlamento. 10% dos deputados são candidatos às autárquicas

De acordo com as contas do semanário Expresso, 23 deputados da Assembleia da República, ou seja, 10% dos 230 que compõem o hemiciclo, são candidatos às eleições autárquicas do outono. Na quinta-feira, foi aprovado na generalidade …

Relógio japonês parado pelo terramoto de 2011 volta a funcionar novamente (graças a outro sismo)

Um relógio japonês com 100 anos de idade que deixou de funcionar depois do devastador terramoto de 2011 voltou a trabalhar após um novo sismo este ano. De acordo com o jornal Maunichi Shumbun, o relógio, …

Ventura tem "receio" que partido seja ilegalizado

Este domingo, o Chega vai organizar uma manifestação contra a ilegalização do partido. André Ventura admitiu ter um "receio muito significativo". O Observador avança que a manifestação tem início no Príncipe Real, passa pelo Tribunal Constitucional …

Três mortos e 441 novos casos em Portugal

Este domingo, Portugal regista mais três mortes e 441 novos casos de infeção, de acordo com o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS). De acordo com o último boletim da Direção-Geral da Saúde, o país …

Grande Crise do Ketchup. A pandemia atacou um mercado improvável (e já há um mercado negro para o molho)

Os problemas da cadeia de suprimentos estão a chegar a um canto distante do universo empresarial: os pacotes de ketchup. O ketchup é o molho de mesa mais consumido nos restaurantes dos Estados Unidos, com cerca …

Autoridades brasileiras ilibam João Loureiro

João Loureiro já não é suspeito no processo que envolve a apreensão de um avião com 500 quilos de cocaína, segundo as autoridades brasileiras. As autoridades brasileiras descartaram, este sábado, qualquer ligação do advogado português João …

No Canadá, há dois rios que se encontram (mas não se misturam)

Em Nunavut, no Canadá, há dois rios que se encontram, mas não perdem a sua aparência individual enquanto se movem sinuosamente pela tundra. O Back River flui para o norte em direção ao Oceano Ártico. Ao …

Russos acusados de explosão na República Checa são suspeitos de envenenar Skripal

Os dois suspeitos russos, envolvidos na explosão que matou duas pessoas em 2014 na República Checa, têm os mesmos passaportes que os dois homens acusados de envenenar, com o agente nervoso novichok, o espião Sergei …

Numa cidade na Nova Zelândia, a Páscoa resume-se a exterminar coelhos

Em Alexandra, na região de Otago, os coelhos são considerados pragas, uma espécie que ameaça a biodiversidade do país e a agricultura. Elle Hunt, correspondente do The Guardian em Auckland, na Nova Zelândia, escreveu um artigo …

Reavaliação de barragens da EDP ficou por fazer, depois de Governo ter recuado na decisão

No início do ano passado, o ministério do Ambiente considerou ser necessário reavaliar as barragens da EDP, mas a Agência Portuguesa do Ambiente (APA) e a Parpública disseram não ter competências para fazer a avaliação …