Matar por ciúme “não é motivo fútil”

Bruno Oliveira viu a sua pena de prisão alterada, depois de os juízes reconsiderarem e concluírem que “o motivo, embora reprovável, não é fútil”.

Na decisão inicial dos juízes do Tribunal da Relação de Guimarães, proferida a 6 de dezembro, Bruno Oliveira, que agrediu à facada a ex-namorada, tinha sido condenado a seis anos de prisão efetiva, por homicídio qualificado na forma tentada.

No entanto, o acórdão de 9 de abril decide de forma diferente. “Embora o motivo tenha sido muito reprovável, não se deve qualificá-lo como fútil“. Por isso, os juízes decidiram por alterar a pena do arguido para cinco anos de prisão suspensa, por homicídio tentado na forma simples, de acordo com o Correio da Manhã.

O crime pelo qual Bruno Oliveira estava a ser julgado aconteceu em agosto de 2016, em Vizela, Guimarães. O arguido e a vítima teriam namorado durante um ano e meio, até que a vítima decidiu terminar a relação contra a vontade de Bruno Oliveira.

O jovem, na altura com 19 anos, tentou voltar a namorar com a vítima, que tinha então 17 anos. Na sequência de uma discussão com a ex-namorada por esta ter uma nova relação, o jovem deu-lhe uma facada no peito.

O Tribunal da Relação de Guimarães clarificou que, apesar de reprovar o ciúme, este é um sentimento “natural”.

No acórdão pode-se ler que “matar por ciúme é um tema clássico da arte – o do Otelo que mata Desdémona e as suas múltiplas réplicas na literatura, no cinema, no teatro -, o que demonstra que tem sido universal e intemporal. Esperar-se-ia, porém, que hoje em dia, quando vivemos numa sociedade mais aberta, mais informada e mais democrática do que qualquer das anteriores, o ciúme – não podendo desaparecer, pois é um sentimento natural e espontâneo – não fosse tão patológico e aberrante, ao ponto de alguém querer tirar a vida a outrem só porque essa outra pessoa não corresponde aos afetos”.

Para o tribunal, o arguido teve inequívoca intenção de matar, o que só não aconteceu porque acabou por ser prontamente assistida por terceiros, de acordo com a Sábado.

A Relação sublinha ainda que este tipo de crime reclama “uma reação firme e enérgica, no âmbito da qual só em casos excecionais deve ter lugar a suspensão da execução das penas”.

O acórdão diz ainda que, em julgamento, o arguido não se mostrou arrependido nem demonstrou ter interiorizado devidamente o desvalor da sua conduta, uma vez que, admitindo a prática dos factos objetivos, não assumiu a intenção de atentar contra a vida da assistente.

No entanto, e face à idade do arguido à data dos factos, ao seu percurso de vida “perfeitamente estruturado”, à dinâmica familiar funcional de que dispõe e à sua inserção social e laboral, a Relação considera que o cumprimento efetivo da pena, “pelos seus efeitos estigmatizantes, terá relevantes reflexos perniciosos no seu processo de ressocialização, podendo até comprometê-la”.

Como atenuantes, a Relação aponta a ausência de antecedentes criminais e o concreto contexto em que os factos foram perpetrados, “como reação impulsiva e exasperada quando a assistente lhe confirmou que já mantinha outro relacionamento afetivo”.

Daniel Cotrim, assessor técnico da Associação Portuguesa de Apoio à Vítima, disse que, apesar de não ter lido o acórdão, não se espanta: “Estão a reduzir a violência doméstica àquilo que ela não é, dando a entender que decorre de um ato de paixão. Trata-se de um crime grave cometido contra as pessoas.”

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Mas afinal o que foi e julgamento foi o sentimento pelo demente ou foi o ato em si de apunhalar com o objetivo de matar? Estes juízes cada vez são mais incompetentes.

  2. Os passos seguidos por Portugal em relação à política e justiça é igual ao do Brasil, Venezuela… Coincidência ou utopia?!!! O problema é que é realidade….

Responder a aser Cancelar resposta

Manchas gigantes de Betelgeuse podem explicar o seu estranho escurecimento

As manchas gigantes da estrela Betelgeuse podem estar por detrás do estranho escurecimento que esta estrela tem vindo a experimentar, segundo uma nova investigação levada a cabo por cientistas do Instituto Max Planck, na Alemanha. …

Pela primeira vez, os norte-americanos querem mais imigração - e não menos

Pela primeira vez, os norte-americanos querem ver aumentar a imigração no seu país, escreve o Business Insider citando uma sondagem da Gallup. De acordo com os números apresentados pelo jornal norte-americano, 34% dos cidadãos dos …

Porto 5-0 Belenenses | Segunda parte demolidora no Dragão

O FC Porto respondeu de forma categórica à vitória do Benfica sobre o Boavista por 3-1 na noite de sábado. Na recepção ao Belenenses, os “azuis-e-brancos” golearam por expressivos 5-0, com quatro golos a serem apontados …

Foi exposto o primeiro núcleo exoplanetário. Pode pertencer a gigante gasoso "planeta falhado"

Astrónomos da Universidade de Warwick descobriram o núcleo sobrevivente de um gigante gasoso em órbita de uma estrela distante, oferecendo uma visão sem precedentes do interior de um planeta. O núcleo, que é do mesmo tamanho …

As águas profundas provocam terramotos e tsunamis (e já se sabe como)

Uma nova investigação vincula diretamente o ciclo da água na Terra com a produtividade magmática e a atividade sísmica. A água (H2O) e outros elementos voláteis (como o CO2 e o enxofre) que circulam nas profundezas …

Cidade japonesa acaba de proibir a utilização de telemóveis enquanto se caminha

A cidade japonesa de Yamato acaba de aprovar uma proposta de lei que proíbe as pessoas de utilizarem telemóveis enquanto caminham. A cidade, localizada num subúrbio de Tóquio, entende que os telemóveis são um risco …

MIT apagou base de dados popular que ensinou IA a ser racista e sexista

O Instituto de Tecnologia de Massachusetts (MIT), nos Estados Unidos, viu-se obrigado apagar uma base de dados de treinamento de Inteligência Artifical (IA) depois de esta ensinar vários algoritmos a usar insultos racistas e sexistas. …

Escola Básica e fábrica de Paços de Ferreira encerradas, com nove casos positivos

A Escola Básica n.º 2 e a Fábrica de Lacados Abrelac, em Paços de Ferreira, Porto, foram encerradas após diagnosticados nove casos de covid-19 para “prevenção” e para “interromper as cadeias de transmissão”, disseram hoje …

Mais nove mortes e 328 casos confirmados em Portugal

Portugal regista hoje mais nove óbitos por covid-19, em relação a sábado, e mais 328 casos de infeção confirmados, dos quais 254 na região de Lisboa e Vale do Tejo, segundo os dados da Direção-Geral …

Cientistas criam miniatura de ondas de choque de supernovas (e quase desvendam um mistério)

Esta versão em miniatura das ondas de choque das supernovas pode ter ajudado os cientistas a chegar muito perto da resolução de um antigo mistério cósmico. Uma equipa de investigadores do Departamento de Energia do Centro …