Álbum dos Massive Attack vai ser gravado (quase para sempre) em moléculas de ADN

nrk-p3 / Flickr

Daddy G, um dos vocalistas da banda britânica Massive Attack

Uma das bandas pioneiras do chamado estilo musical “trip hop” vão ter o seu álbum “Mezzanine”, lançado há 20 anos, convertido em moléculas de ADN.

“Mezzanine”, o terceiro álbum dos ingleses Massive Attack e o mais aclamado pelo público, foi lançado há 20 anos. Para assinalar a ocasião, a banda de Bristol decidiu converter o trabalho lançado em 1998 em moléculas de ADN.

“Este método permite-nos arquivar a música por centenas ou milhares de anos”, explica Robert Grass, professor do Instituto Federal de Tecnologia de Zurique (ETH), na Suíça, responsável pelo projeto, citado pelo site Futurity.

Juntamente com o colega Reinhard Heckel, que agora trabalha na Rice University, no Texas, Estados Unidos, o investigador traduziu o áudio digital do álbum em código genético.

“Enquanto que a informação armazenada num CD ou disco rígido é uma sequência de zeros e uns, a biologia armazena informação genética numa sequência dos quatro blocos de construção do ADN: A, C, G e T”, explica o cientista.

Grass trabalhou neste projeto com recurso a um ficheiro de música que compactou em 15 megabytes através do formato de codificação Opus, um software de compressão para ficheiros áudio qualitativamente superior ao conhecido MP3.

(dr) Robert Grass / ETH Zurich

Uma parte do código genético do álbum “Mezzanine”

Agora, uma empresa norte-americana está a tratar de produzir 920 mil fitas curtas de ADN, que juntas contêm todas as informações do álbum “Mezzanine”. O TurboBeads, empresa que pertence à ETH, vai depois despejar essas moléculas em cinco mil esferas de vidro minúsculas (de tamanho nanométrico), cada uma contendo parte dessa informação.

Grass, que desenvolveu esta tecnologia com Heckel há três anos, acredita que o trabalho vai estar concluído daqui a um mês ou dois. A primeira experiência dos dois cientistas foi armazenar o texto do Pacto Federal, carta de 1291 que dá início à formação da Suíça, numa dessas pequenas esferas de vidro para um estudo de viabilidade técnica.

“O que há de novo neste projeto com os Massive Attack é que esta tecnologia agora também está a ser usada comercialmente”, afirma Grass. O álbum da banda britânica será o segundo maior ficheiro do mundo alguma vez armazenado em ADN. O primeiro é um conjunto de ficheiros da Microsoft com mais de 200 megabytes.

As cinco mil esferas de vidro do álbum são invisíveis a olho nu e vão ficar numa pequena garrafa, com uma vida útil praticamente eterna. O ADN pode ser removido das esferas a qualquer momento, permitindo o uso do sequenciamento do ADN para ler o arquivo de música armazenado e reproduzi-lo num computador.

“Comparado com os sistemas tradicionais de armazenamento de dados, é bastante mais complexo e caro armazenar informações em ADN. Porém, uma vez armazenadas, podemos fazer milhões de cópias de forma rápida e económica, com o mínimo de esforço”.

ZAP ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas criam massa que muda de formato assim que entra em contacto com a água

Da penne à fusilli: as pessoas adoram massas pelos seus formatos. Agora, uma equipa de cientistas liderada pelo Morphing Matter Lab da Carnegie Mellon University está a desenvolver massas planas que se transformam em formas …

Australiana fez uma cirurgia para remover as amígdalas (e acordou com um sotaque irlandês)

No dia 19 de abril, Angie Mcyen foi submetida a uma cirurgia para remover as amígdalas, um procedimento bastante simples que demorou apenas meia hora. Uns dias depois, acordou e apercebeu-se de que tinha um …

“Foi o crime do século“. Museu Britânico mostra o impacto do assassinato de Thomas Becket na Europa

Thomas Becket foi abatido dentro da Catedral de Cantuária por cavaleiros da comitiva do rei Henrique II. O assassinato, em 1170, causou ondas de choque em toda a Inglaterra. Agora, o religioso será recordado através …

Na Índia, ser-se rico ou pobre pode fazer a diferença no acesso à vacina

A Índia enfrenta uma grave escassez de vacinas contra a covid-19. Até ao momento, só 2,5% da população recebeu ambas as doses, enquanto 10% recebeu uma. Na Índia, as pessoas que vivem em cidades com fácil …

Ilha italiana torna-se "covid-free" e mostra-se pronta para receber turistas de todo o mundo

Numa altura em que vários países da Europa já começam a planear a abertura ao turismo de forma intensiva, há regiões que mostram já estar um passo à frente. É o caso da ilha de …

Política chinesa torna uigures reféns nas suas próprias casas

A China introduziu, em 2016, uma política de parentesco para promover a harmonia nacional e a unidade étnica, levando a que desde então mais de 1,1 milhões de funcionários do Estado ocupassem periodicamente as casas …

O palco de um dos maiores contos britânicos de sempre vai transformar-se num hostel

A Irlanda aprovou uma proposta para converter num hostel um dos pontos de referência de James Joyce mais icónicos de Dublin. O irlandês James Joyce é um dos maiores escritores da literatura britânica, sendo autor de …

Liz Cheney é a cara da oposição ao "trumpismo" no Partido Republicano

Esta quarta-feira, e depois de ter criticado o antigo Presidente dos Estados Unidos, a congressista Liz Cheney foi afastada de um cargo de liderança no Partido Republicano. Na noite desta terça-feira, e pouco antes de …

SC Braga punido com dois jogos à porta fechada por falta de habilitações de Custódio

O Sporting de Braga foi punido com dois jogos de interdição do seu estádio, após queixa da Associação Nacional de Treinadores de Futebol (ANTF), devido à falta de habilitações de Custódio, anunciou o Conselho de …

Marinha dos EUA faz apreensão de armas ilícitas no Mar da Arábia

A Marinha dos Estados Unidos apreendeu um carregamento ilícito de armas no Mar da Arábia, anunciou a Quinta Frota da Marinha americana. A apreensão do arsenal foi feita pelo navio USS Monterey na passada quinta-feira, dia …