Marítimo 1-1 Sporting | Alergia à baliza empata leões

O Sporting arrancou a sua participação na Liga NOS 2019/20 com um empate, após 4 anos a vencer na estreia.

A formação de Alvalade visitou o Marítimo, esteve a perder, mas conseguiu empatar 1-1 e resgatar um ponto, por Sebastián Coates, o homem do jogo, ainda na primeira parte.

Num encontro praticamente de sentido único e que apenas “partiu” perto do fim, destaque negativo para os poucos remates enquadrados das equipas e para os muitos disparos de fora da área (num total de 19, 13 do Sporting), demonstrativo das dificuldades que as duas formações sentiram para furar as defensivas contrárias.

O jogo explicado em números

  • Entrada forte do Sporting à procura de marcar cedo, chegando aos 86% de posse de bola no momento em que… sofreu o 1-0, aos oito minutos. Jhon Cley fugiu pela esquerda, cruzou rasteiro e Getterson surgiu ao segundo poste a empurrar com êxito. O “leão” tinha bola, mas os insulares rematavam e, ao segundo disparo, primeiro enquadrado, facturaram.
  • O Sporting sentiu o golo e perdeu um pouco de ímpeto, apesar de ter mantido o domínio completo dos acontecimentos, expresso, aos 20 minutos, em 75% de posse de bola e melhor eficácia de passe (81% contra 63%). Mas ofensivamente os homens de Alvalade eram inexistentes, em contraste com os maritimistas, que somavam já quatro remates.
  • O primeiro remate do Sporting aconteceu aos 28 minutos, Por Bruno Fernandes, e logo para uma grande defesa de Charles. E na sequência do respectivo canto, os lisboetas marcaram, por Sebastián Coates, a concluir de cabeça após cruzamento de Bruno Fernandes da direita.
  • Aos poucos os comandados de Marcel Keizer tomavam conta do jogo e criavam perigo, com Raphinha a estar perto do golo aos 32 minutos, através de um remate na grande área. Por volta dos 35 minutos já a formação leonina tinha tantos remates (4) quanto os madeirenses, e mais um enquadrado, conseguindo também estancar as subidas vertiginosas dos homens da casa no contra-ataque.

Homem de Gouveia / Lusa

  • Igualdade na primeira parte a premiar a reacção do Sporting, que se viu cedo em desvantagem e por momentos parecia deixar-se afectar. Contudo, a equipa foi ganhando confiança e empatou por Coates, numa altura em que Bruno Fernandes começou a mostrar serviço.
  • A formação lisboeta chegou ao descanso a justificar até um pouco mais no resultado, perante a superioridade patenteada.
  • Coates era a figura da partida por esta altura, não só pelo golo, mas também porque registava já dois dribles eficazes em duas tentativas e somava seis recuperações de posse, registando um GoalPoint Rating de 6.9.
  • O segundo tempo não inverteu a tendência do jogo, com o Sporting a chegar à hora de jogo com 73% de posse de bola e três remates, embora nenhum enquadrado, enquanto os insulares somavam apenas um, mas com boa direcção. Por esta altura o Marítimo registavam uma só acção com bola na área leonina, por Getterson.
  • Muito bem Cristián Borja nos momentos ofensivos. O colombiano não apresentava grande trabalho defensivo, mas na frente somava, aos 70 minutos, três passes para finalização, para além de dois cruzamentos, um eficaz.
  • Aos 75 minutos, o recém-entrado Daizen Maeda cabeceou ao poste da baliza de Renan Ribeiro. Ainda assim um lance apenas perante o domínio total dos visitantes, que rematavam mais (8), mas chegavam aos 80 minutos sem qualquer remate enquadrado desde o intervalo e apenas dois num total de 15 disparos – desses, 11 foram realizados de fora da área.
  • Final de jogo electrizante no Funchal, com lances de ataque de um e de outro lado, adivinhando-se o golo em qualquer uma das balizas, perante diversos lances de perigo. Contudo, as redes não mais balançaram, numa partida em que os “leões” de Lisboa remataram mais, mas os da Madeira enquadraram mais um disparo, e com as duas formações a somarem, em conjunto, 19 remates de fora da área (13 para o Sporting).

O melhor em campo GoalPoint

O uruguaio foi consistentemente, e ao longo da partida, o jogador em maior destaque. Coates terminou a partida no Funchal com o melhor GoalPoint Rating, um assinalável 7.3, muito por culpa do golo que marcou e que deu um ponto aos “leões”.

Mas o trabalho do defesa-central foi bem mais amplo, terminando com o número máximo (a par de Wendel) de dribles eficazes (3), mas também um passe para finalização, o valor mais alto de acções com bola (101), cinco duelos aéreos ganhos (três ofensivos e dois defensivos) e o máximo (tal como Nanu) de recuperações de posse, nada menos que dez.

Jogadores em foco

  • Cristián Borja 6.1 – Jogo interessante do lateral-esquerdo colombiano, que arrancou o segundo melhor rating do encontro. Com apenas quatro acções defensivas para mostrar e oito recuperações de posse, Borja destacou-se no apoio ofensivo, registando três passes para finalização, máximo do jogo a par de Bruno Fernandes.
  • Wendel 6.0 – O brasileiro deu uma energia única ao meio-campo leonino. Com três remates (todos desenquadrados), o médio registou uma eficácia de passe de 91%, somou 87 acções com bola, completou as três tentativas de drible e ainda fez três desarmes.
  • Bruno Fernandes 5.9 – Jogo misto do médio português. Como habitual foi o mais rematador, com seis disparos, mas só enquadrou um. Logo a seguir a acertar com a baliza, assistiu Coates para o tento leonino, terminando com três passes para finalização, e esteve muito activo, com 93 acções com bola. Contudo, só Coates teve tantos passes falhados (17, embora o central tenha feito bem mais) e Bruno somou também o máximo de perdas de bola (32), desarmes sofridos (3) e maus controlos de bola (5).
  • Josip Vuković 5.8 – O melhor jogador do Marítimo foi o médio-defensivo croata. Vuković nunca comprometeu, terminando com números medianos – um remate, um passe para finalização, 81% de eficácia de passe, quatro recuperações de bola e três acções defensivas.
  • Jhon Cley 5.7 – O brasileiro esteve muito activo, terminando com três remates, todos desenquadrados, mas o ponto alto da sua exibição aconteceu aos oito minutos, quando fugiu pela esquerda para fazer a assistência para o 1-0, no único passe para finalização que registou.
  • Getterson 5.6 – O autor do golo maritimista praticamente desapareceu do jogo após facturar. No total o brasileiro fez um só remate, somou apenas 11 acções com bola, fez quatro passes (falhou um) e não ganhou qualquer duelo aéreo.

Resumo

PARTILHAR

RESPONDER

Rangel e outros 13 eurodeputados do PPE pedem expulsão de partido húngaro

O eurodeputado do PSD Paulo Rangel e outros 13 chefes de delegação do Partido Popular Europeu (PPE) pediram na terça-feira a expulsão do partido húngaro Fidesz, exigindo ao líder parlamentar daquela família política, Manfred Weber, …

Milhares pediram o cancelamento do TV Fest. Festival foi suspenso

O Ministério da Cultura criou um festival televisivo exclusivamente dedicado à música portuguesa em parceria com a RTP, mas o formato e os critérios estão a causar forte polémica no meio. Uma petição pública online …

Comércio internacional pode cair para níveis da Grande Depressão

A Organização Mundial do Comércio referiu na quarta-feira que o arrefecimento do comércio internacional provocado pela Covid-19 pode chegar aos níveis registados nos anos 30 devido à Grande Depressão. Segundo noticiou o Observador, na melhor das …

Loja de telemóveis apanhada a vender álcool gel com lucro até 400%

Os inspetores da Autoridade de Segurança Alimentar e Económica (ASAE) encontraram, em Lisboa, uma loja de reparação e venda de acessórios para telemóveis a vender frascos de gel desinfetante de 500 ml a 24,95 euros …

Em Portimão, uma sirene toca quando alguém sai de casa sem justificação

A sirene do quartel dos Bombeiros de Portimão vai passar a tocar sempre que alguém sair de casa e andar na rua sem justificação. O anúncio foi feito pela Câmara Municipal de Portimão em comunicado. De …

Short Selling - ou como vender ações emprestadas para ganhar muito dinheiro

Vender ações da bolsa que não são suas é uma forma de ganhar bastante dinheiro. Esta forma de negociação, denominada short selling, é muito lucrativa mas implica algum risco, pelo que é prudente aconselhar-se junto …

"Nem mais um abuso". Grupo no Whatsapp servia para planear ataques à polícia em Espanha

Dois homens de 25 e 30 anos, os dois criadores de um grupo de Whatsapp que servia para planear ataques à polícia espanhola, foram detidos esta terça-feira. De acordo com o jornal espanhol El País, o …

Trabalhadores independentes que reduziram descontos da Segurança Social terão apoio mais baixo

Os trabalhadores independentes que optaram por reduzir em 25%, de forma fictícia, o rendimento sobre o qual incidem as contribuições, e que por isso descontaram menos, verão refletida essa diminuição no apoio que podem receber …

Secretas alertaram a Casa Branca para o perigo do coronavírus em novembro

Os serviços de inteligência dos Estados Unidos alertaram o Pentágono e a Casa Branca, no fim de novembro, que o novo coronavírus estava a espalhar-se em Wuhan, avisando que o vírus estaria a mudar o …

Pandemia pode criar mais 520 milhões de pobres

Um estudo da Organização das Nações Unidas (ONU) conclui que a pandemia do novo coronavírus poderá deixar mais 520 milhões de pessoas a viver com rendimentos inferiores a cinco euros por dia, num cenário de …