“Cansado, mas não desiludido.” Marinho e Pinto é cabeça de lista do PDR às europeias

Homem de Gouveia / Lusa

Marinho e Pinto

Marinho e Pinto é o cabeça de lista do PDR às eleições europeias. O antigo bastonário da Ordem dos Advogados concorre agora pelo Partido Democrático Republicano, que fundou, apesar de ter dito por diversas vezes que não se voltaria a candidatar.

O Partido Democrático Republicano (PDR) entregou esta segunda-feira a lista de candidatos às eleições europeias no Tribunal Constitucional, encabeçada pelo eurodeputado Marinho e Pinto, assentando o programa na necessidade de refundar a União Europeia e aproximar os povos das instituições.

Marinho e Pinto foi eleito nas últimas eleições europeias de 2014 para o Parlamento Europeu pelo MPT – lista que foi a surpresa da noite eleitoral e conseguiu dois mandatos -, mas, entretanto, abandonou este partido e fundou o PDR, em 2014.

Depois de entregar as listas no Tribunal Constitucional, Marinho e Pinto apresentou, na sede do partido, em Lisboa, as linhas gerais do programa eleitoral que está em preparação para as europeias de 26 de maio, que “assenta numa ideia de renascimento europeu” porque “é necessário refundar a União Europeia”.

As propostas que o partido apresenta “são basicamente as mesmas” que o MPT fez em 2014, “apuradas pelo conhecimento” que, entretanto, adquiriu no Parlamento Europeu. “Eu sou considerado no Parlamento Europeu o terceiro deputado português mais produtivo, já fui o segundo durante muito tempo e agora fui ultrapassado”, frisou Marinho e Pinto.

Aquilo que Marinho e Pinto gostaria era que os portugueses tivessem conhecimento do trabalho que fez e o pudessem avaliar. “Que pudessem escolher em consciência e não fazer as escolhas com base numa sobredosagem de informação sobre uns partidos e um défice de informação acerca de outros”, confessou.

Confrontado com as críticas que fez às instituições europeias e o facto de agora se recandidatar, o eurodeputado garantiu: “eu estava cansado, mas não estava desiludido com a União Europeia”. “Ao fim de um mandato de cinco anos a fazer viagens de avião todas as semanas de ida e volta eu estava cansado e estou cansado e manifestei e pedi até ao próprio partido que arranjasse outro candidato”, confidenciou.

No entanto, segundo Marinho e Pinto “o partido e os órgãos do partido entenderam” que deveria ser ele o candidato e, portanto, aceitou. “Nós queremos deputados que pensem pela sua cabeça e atuem com independência e com liberdade no Parlamento Europeu e não autómatos ou robôs que fazem e dizem aquilo que uns ‘big brothers’ à distância lhe mandam fazer ou dizer”, criticou.

Marinho e Pinto escusou-se sempre, apesar da insistência dos jornalistas, a traçar metas eleitorais uma vez que “o objetivo é apresentar ideias e trazer ideais novas” para se aproximar “os povos das instituições democráticas europeias”. “É uma lista paritária, tem 15 homens e 14 mulheres e, portanto, é uma lista que cumpre os imperativos legais e também cumpre objetivos deste partido que são a igualdade”, disse.

Na opinião do eurodeputado, “é preciso que o projeto europeu se aproxime dos povos europeus, possa ter uma componente mais democrática, uma maior proximidade em relação aos interesses e objetivos dos povos da Europa”.

“Para isso é necessário fazer mudanças no funcionamento dos órgãos da União Europeia. É preciso que o Parlamento Europeu seja um verdadeiro parlamento, ou seja, uma instituição parlamentar em que os seus membros, os deputados, tenham iniciativa legislativa, possam apresentar projetos e propostas de lei”, propôs ainda.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Este foi para a Europa porque concluiu que não conseguia viver com 5 mil euros em Lisboa. Vai daí encheu-se com mais de 15 mil euros por mês em Bruxelas. Não lhe reconheço lá nenhum trabalho. Se é que trabalha. Mais um zero à esquerda.
    É por estas e por outras que quando vão votar devem pensar muito bem em quem.

RESPONDER

"Pés de café" ajudam robôs a andar mais rápido (e sem tropeçar)

Uma das principais aplicações para robôs com pernas é a exploração de locais de desastre. No entanto, para atravessar os escombros, estas máquinas precisam de ter "pés" firmes. Uma equipa de investigadores da Universidade da Califórnia, …

Famalicão 2-1 FC Porto | Dragões falham reentrada

O FC Porto ficou hoje com a liderança da I Liga portuguesa de futebol em risco, ao perder em casa do Famalicão, por 2-1, na 25.ª jornada, que marca o regresso após a paragem devido …

Empresas chinesas compram soja dos EUA apesar de suspensão imposta pelo Governo

Empresas estatais chinesas terão comprado pelo menos três carregamentos de soja aos Estados Unidos (EUA), mesmo após o Governo ter levantado uma suspensão. Esta surgiu depois de Washington afirmar que terminaria com o acordo comercial …

Musk quer bombardear Marte. Pode ser só um "pretexto" para enviar armas nucleares para o Espaço

O plano de Elon Musk de bombardear Marte é apenas um pretexto para o lançamento de armas nucleares para o Espaço, disse o diretor da agência espacial russa Roscosmos, Dmitry Rogozin. Bombardear Marte para tornar o …

Quase 20 mil toneladas de combustível derramadas em rio na Rússia

https://cache-igi.cdnvideo.ru/igi/video/2020/6/2/%D0%BD%D0%BE%D1%80%D0%B8%D0%BB%D1%8C%D1%81%D0%BA.mp4 Quase 20 mil toneladas de combustível foram acidentalmente derramadas num rio no extremo norte da Rússia, levando as autoridades a declarar uma situação de "emergência" e levantando preocupações entre ambientalistas e residentes. Em comunicado, a associação …

Mais verde e mais barato. Suécia segue a Alemanha e instala a primeira turbina eólica de madeira

A Suécia instalou uma nova e interessante turbina eólica: uma torre construída em madeira. A Alemanha também já tem esta nova tecnologia. Construída a partir de materiais de fontes sustentáveis e que oferecem desempenho comparável às …

Já não mostra só as filas do supermercado. App "Posso ir?" também diz se pode ir à praia

A aplicação móvel que permite aos utilizadores consultar as filas e as afluências aos supermercados também mostra como está a praia. Agora, a aplicação "Posso ir?" vai também dizer-lhe se é ou não prudente ir dar …

Discurso xenófobo. Na Áustria, "a islamofobia tornou-se uma forma dominante de racismo"

A Áustria regista um aumento preocupante do discurso xenofóbico, em particular em relação aos muçulmanos e refugiados, alerta um relatório do Conselho da Europa. A Comissão do Conselho da Europa contra o Racismo e a Intolerância …

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia é uma invenção

Um em cada quatro russos acredita que a pandemia de coronavírus é uma invenção, de acordo com uma pesquisa realizada pela Escola Superior de Economia de Moscou (HSE). Segundo avançou o site de notícias RBC, citado …

"Botellón" está de volta a Lisboa. Ajuntamentos sem controle podem estar a espalhar o vírus

Há cada vez mais ajuntamentos de jovens em Lisboa, nomeadamente nos bairros típicos, mas também em locais como bombas de gasolina, para o convívio e o consumo de álcool. Um tipo de comportamento que está …