Marcelo vai pagar do seu bolso viagem de Falcon para ver a Selecção

Etienne Laurent / EPA

O presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, nas celebrações oficiais do Dia de Portugal, de Camões e das Comunidades Portuguesas em Paris

Marcelo Rebelo de Sousa vai suportar do seu próprio bolso os gastos com a viagem no avião da Força Aérea Falcon para assistir ao jogo das meias-finais do Euro 2016 entre Portugal e o País de Gales.

Fonte da Presidência confirmou ao Correio da Manhã que o Presidente da República vai pagar a despesa do próprio bolso.

O jornal nota que a deslocação entre Bragança, onde Marcelo participou no Portugal Próximo, e Lyon, onde se realizou o jogo, custou 14 mil euros, cerca de 3.500 euros por hora. Mas por estar em causa um órgão de soberania, o custo só terá em conta o valor do combustível de seis mil euros, segundo a mesma fonte.

O custo por passageiro será de cerca de 600 euros, valor que Marcelo “quer assumir pessoalmente”, sustenta o CM.

Na semana passada, já tinha sido notícia o facto de Marcelo ter abdicado do Mercedes de 129 mil euros adquirido por Cavaco Silva para lhe oferecer – cedendo-o a António Costa, que o tem usado nas suas deslocações oficiais.

Quanto ao uso do Falcon para a viagem a Lyon, a Presidência justifica que não havia outra forma de garantir que Marcelo chegava a tempo do jogo, por causa da visita a Trás-os-Montes.

Além disso, a fonte da presidência realça que um voo comercial sairia mais caro por exigir a estadia em França.

Marcelo vai assistir à final do Euro 2016, entre Portugal e França, no próximo domingo, mas vai viajar num voo comercial.

ZAP

PARTILHAR

17 COMENTÁRIOS

    • Quando escreve “deste miserável povo”, fala por si, certamente!…
      Acorde para vida e faça alguma coisa de útil/positiva, e deixe de “chorar” na Internet!!!
      Isso é que é ser miserável (e triste)…

  1. Claro que sim e se vir bem as coisas ainda dá uma lição a todos os nossos politicos que o fazem constantemente para fins particulares e nos chulam nas suas viagens até de férias, acho mesmo muito bem que page e faça questão de o provar pois só assim se acaba todas as chulices que somos alvo.

  2. Pessoalmente acho que não deveria pagar. Será que a Merkel paga as deslocações para ver jogar a seleção alemã? Acho isto absurdo. Nós não queremos que se esbanje o dinheiro público em corrupção, em negociatas para os amigos, em despesas que vão além das responsabilidades do estado e de quem nos representa. Neste caso concreto o Presidente da República está em representação do país num evento desportivo de dimensão internacional. Os gastos deveriam ser suportados pelo estado e não pelo próprio.

    • Concordo inteiramente. Acho errado que o Presidente em representação do país pague qualquer despesa do seu bolso. Devemos exigir controlo das despesas publicas mas não devemos ser mesquinhos e miserabilistas. O Presidente de Portugal, ou o primeiro ministro ou outro membro do governo não têm, nem devem pagar despesas de representação nem têm que andar com carros a cair de pobre. Dito isto, acho que nos devemos concentrar em não deixar que continuem a acontecer negociatas por baixo a mesa, ex políticos que de repente vão parar a gestores de empresas em ramos dos quais não têm qualquer conhecimento a não ser os contactos corruptos, etc etc etc Estas são as despesas que agradecemos que sejam denunciadas e combatidas, agora viagem do presidente de Portugal para ver um jogo de Portugal…

  3. Compreendo o que dizes e se lerem bem as despesas normais são pagas e ele próprio é que faz questão de pagar o restante e sendo o próprio a querer assumir é uma lição aos restantes que como digo o fazem as vezes até para coisas privadas como ferias.
    Portanto pelo que me toca como cidadão respeito e admiro ele querer pagar o restante.

  4. É assim mesmo, gente com honra é como deve fazer, viver do seu ordenado e não gastar á conta do povo, os meus parabens SENHOR PRESIDENTE, falta que todos façam o mesmo. EXIGE_SE.

  5. Peço muita desculpa, mas esta só dá mesmo para rir…
    Quanto custa essa brincadeira? O melhor seria apanhar de véspera um avião da TAP em primeira classe e ir dormir ao Grand Hotel de Paris ou em frente no Scribe Hotel que ficaria bem mais barato aos portugueses… Tenha dó Presidente Marcelo!

  6. Tendo em conta que 1 hora de voo no Falcon custa 5500 euros, que um voo ida-e-volta leva aproximadamente 5 horas (27500 euros), mais taxas de aterragem, custos de parqueamento, custos com tripulação (?).

    Não seria mais racional comprar um bilhete de primeira classe e ir na TAP?

  7. mmmmmmmm, este dá com uma mão e tira com as duas, pobre país já dizia a minha avô em terra de cegos que tem um olho é Rei.

  8. Estas e outras atitudes desta geringonça e do nosso Presidente marcam a diferença em relação ao oportunismo instalado nas atitudes, reações e balelas do passado recente. E tenho a certeza que não fomos pedir autorização à Alemanha….

  9. Faço notar que o PR apenas só pagou 600€ (10% da gasolina) e apenas depois de a bronca ter estoirado no CM, Quem pagou o resto? Ter-se-ia o Falcon deslocado a França se ele não fosse lá dentro? Ah, pois!…

Professores regressam à greve ao trabalho extraordinário

A paralisação poderá comprometer as avaliações intercalares dos alunos, alertam os sindicatos que pedem o cumprimento do horário de 35 horas semanais. A greve dos professores ao trabalho extraordinário regressa esta segunda-feira às escolas, sem data …

Caos na Síria. Bombardeamentos turcos levam à fuga de centenas de militantes do Daesh presos

Cerca de 800 militantes do Daesh fugiram neste domingo da prisão de Ain Issa, de acordo com a administração autónoma curda, que acusa a Turquia de ter dado “cobertura aérea” para que a fuga fosse …

Supremo Tribunal espanhol reativa mandado de detenção europeu contra Puigdemont

Um juiz do Supremo Tribunal de Justiça espanhol, Pablo Llarena, aceitou o pedido do Ministério Público e reativou o mandado de detenção europeu para a extradição de Carles Puigdemont. O ex-Presidente do governo regional da Catalunha …

A partir de agora, os saldos têm mesmo que ser saldos

Já estão em vigor as alterações à lei relativa aos saldos e promoções. As novas normas definem que um produto vendido em saldo ou promoção não pode ter um preço mais alto do que o …

Marcelo Rebelo de Sousa critica "instrumentalização do medo" pelo poder

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, disse hoje haver demasiados poderes com medo que o medo acabe, considerando a "instrumentalização do medo" para acorrentar os outros como um problema na ordem do dia. “Há …

CGTP ameaça Costa: “Ou dá resposta às reivindicações ou conta com contestação” nas ruas

O secretário-geral da CGTP-IN, Arménio Carlos, defendeu a alteração das leis laborais e o aumento do salários na próxima legislatura, avisando que caso estas reivindicações não sejam atendida, o Governo terá forte contestação nas ruas. Arménio …

Das eleições resultou um "Governo instável" e Marcelo foi "o grande ganhador sem ter participado"

Para Luís Marques Mendes, o PS teve mais votos, mas tem piores condições para governar. Além disso, na opinião do comentador político, foi Marcelo quem ganhou estas eleições, por não ter havido maioria absoluta. O Partido …

"Querem que pique a bolha?" Conselheiros do Banco de Portugal compararam Montepio ao caso BES

Numa "discussão acesa" no Banco de Portugal, conselheiros da entidade de supervisão compararam a situação do Banco Montepio ao caso BES, com referências a um "esquema de Ponzi", em pirâmide, e a ideia de que …

CGD e Novo Banco vão atrás da fortuna de Paulo Maló

A Caixa Geral de Depósitos (CGD) e o Novo Banco vão tentar executar o património pessoal de Paulo Maló, médico e empresário que fundou a Malo Clinic, empresa especializada em medicina dentária, escreve o Jornal …

Comandante que desviou dinheiro da Proteção Civil recebe avença do Estado

Gil Martins foi condenado de desviar mais de cem mil euros da Proteção Civil. Ainda assim, o antigo comandante recebe uma avença de mil euros brutos por mês. O ex-comandante nacional da Autoridade Nacional de Emergência …