Marcelo diz que foi “sensato” não incluir pergunta sobre origem étnico-racial no Censos 2021

Octávio Passos / Lusa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

O Presidente da República considerou que foi uma decisão sensata não incluir no Censos 2021 uma pergunta sobre a origem étnico-racial dos cidadãos, face ao debate gerado, embora a ideia fosse boa.

“Acho que foi uma decisão sensata do Instituto Nacional de Estatística (INE), porque se gerou um debate que não fazia sentido”, declarou Marcelo Rebelo de Sousa, em resposta à comunicação social, no Terreiro do Paço, em Lisboa.

Segundo o chefe de Estado, que falava no final de um passeio de elétrico com o seu homólogo austríaco, Alexander Van der Bellen, “a ideia era uma boa ideia, era a ideia de conhecer a realidade portuguesa”. “Mas, criado o debate, penso que foi uma decisão boa a de esvaziar esse debate“, reiterou.

Enquanto percorria o Terreiro do Paço, até à beira-rio, com paragens para tirar sucessivas fotografias com portugueses e estrangeiros, Marcelo Rebelo de Sousa foi também questionado sobre a intenção do primeiro-ministro e secretário-geral do PS, António Costa, de repor a atualização anual dos salários da função pública a partir de 2020.

“Eu não me vou pronunciar. Isso é o programa eleitoral e eu não me pronuncio sobre programas eleitorais dos partidos, que é o que vai mais haver daqui até às eleições. Não me posso pronunciar, isso era tomar posição”, respondeu o chefe de Estado.

O INE anunciou, esta segunda-feira, que não vai incluir no Censos 2021 uma pergunta sobre a origem étnico-racial dos cidadãos.

Em conferência de imprensa, o presidente do INE, Francisco Lima, justificou a decisão afirmando que se trata de uma “questão complexa, que exige mais recolha de informação”, e defendeu que um recenseamento da população não é o meio mais apropriado para esse efeito.

O INE irá realizar um inquérito específico dedicado a esta temática, adiantou.

Francisco Lima referiu que a maioria dos membros do grupo de trabalho criado pelo Governo para avaliar esta matéria votou pela inclusão de uma pergunta sobre a origem étnico-racial no Censos 2021, mas que o Conselho Superior de Estatística recomendou a não inclusão da pergunta, posição com a qual o INE concordou.

A SOS Racismo já manifestou “frustração e perplexidade” pelo facto de o INE não incluir essa pergunta no Censos 2021.

 

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. É tão mau colocar essa pergunta nos censos como colocar a pergunta sobre o género, pais de origem ou religião…
    Perguntar a origem étnica tem alguma coisa a ver com racismo? Tinha se daí existisse tratamento diferenciado!
    Tal como perguntar qual o pais de origem. É xenofobia? Apenas se existir discriminação com base na resposta.
    Perguntar a origem étnica não tem nada de racismo, o racismo tem que ver com o comportamento das pessoas em relação à diferença étnica ou racial, e que normalmente se apresenta na forma de discriminação.
    Não devemos cair no ridículo de diabolizar uma pergunta com medo de a considerada uma ferramenta para discriminar.

RESPONDER

Morreu o cantor Roberto Leal

Morreu o cantor Roberto Leal, confirmou o antigo secretário de Estado das Comunidades e da Administração Local. Tinha 67 anos e lutava contra um cancro. A notícia foi avançada pelo antigo secretário de Estado das Comunidades …

Estudo mostra que o canguru gigante tinha uma parecença com os pandas

O já extinto canguru gigante tinha uma característica muito semelhante com o panda-gigante dos dias modernos: grandes mandíbulas que lhe permitiam comer alimentos que outros animais não conseguiam. Há mais de 40 mil anos, o sudoeste …

Assunção Cristas contra o "ditador" verde e André Silva contra a "despesista" demagoga

O debate deste sábado, transmitido pela RTP3, sentou frente-a-frente os líderes do CDS e do PAN. Assunção Cristas contou quantas vezes o programa do adversário usa a palavra "proibir" e André Silva acusou os centristas …

Poluição no rio Lis arrasta-se há mais de 20 anos

A poluição na bacia hidrográfica do rio Lis arrasta-se há mais de duas décadas, com o contributo das descargas ilegais das suiniculturas, mas a construção da estação de tratamento de efluentes suinícolas tem sido adiada …

No Quénia, há meninas a faltar às aulas por não terem acesso a tampões

No Quénia, há adolescentes que não têm dinheiro para comprar pensos higiénicos ou tampões. Por isso, faltam às aulas. O Expresso conta a história de uma menina queniana, de 14 anos, que não aguentou ser humilhada …

As sestas podem ser boas amigas do coração

Fazer uma sesta uma ou duas vezes por semana pode reduzir o risco de ataque cardíaco ou AVC. No entanto, se fizer mais sestas do que o recomendado, os benefícios desaparecem. Uma equipa de cientistas decidiu …

Qual o tamanho mínimo para que um planeta possa ser habitável? Cientistas responderam

Uma equipa de cientistas de Harvard revelou o tamanho crítico abaixo do qual um planeta nunca pode ser habitável, mesmo que esteja numa área com uma distância à sua estrela que permita a existência de …

Criatura com "cabeça de canivete suíço" deu origem aos escorpiões e às aranhas

Encontrada no Canadá, esta nova espécie de fóssil provou ser o quelicerado mais antigo, situando a origem dos escorpiões e das aranhas há 500 milhões de anos. Com o tamanho de um dedo polegar, olhos em …

Benfica 2-0 Gil Vicente | "Águia" q.b. bate minhotos aguerridos

O Benfica cumpriu frente ao Gil Vicente, no Estádio da Luz, e venceu por 2-0, com um golo a fechar a primeira parte e outro a abrir a segunda. A formação “encarnada” sentiu muitas dificuldades para …

Há cidades que, em 2050, vão ser quentes demais para se visitar

Em 2050, há cidades que vão ser vítimas do flagelo das alterações climáticas. As altas temperaturas vão impedir que os turistas explorem cada recanto destas metrópoles. Os efeitos das alterações climáticas são cada vez mais visíveis.. …