SOS Racismo “perplexo” por INE não incluir nos Censos 2021 pergunta sobre origem étnico-racial

A SOS Racismo manifestou na segunda-feira “frustração e perplexidade” pelo facto de o Instituto Nacional de Estatística (INE) não incluir no Censos 2021 uma pergunta sobre a origem étnico-racial dos cidadãos.

“Para mim é uma frustração e perplexidade a forma como foi anunciado. Não acredito que haja um outro mecanismo melhor que os Censos para aferir as desigualdades étnico-raciais e encontrar as políticas concretas com fator racial”, lamentou à agência Lusa o dirigente do SOS Racismo Mamadou Ba.

O INE decidiu que não vai incluir no Censos 2021 uma pergunta sobre a origem étnico-racial dos cidadãos, como pretendia a maioria dos membros do grupo de trabalho criado pelo Governo para avaliar a questão.

O presidente do INE, Francisco Lima, explicou na segunda-feira, numa conferência de imprensa, em Lisboa, que se trata de uma “questão complexa, que exige mais recolha de informação”, mas recusou que os Censos sejam o meio mais apropriado para essa recolha de informação, lembrando ainda que a operação censitária é um recenseamento da população e não uma ferramenta para a sua classificação.

Ressalvando que “não leu [ainda] o parecer [do Conselho Superior de Estatística], que recomendou a não inclusão da pergunta e com o qual o INE concordou”, o dirigente da associação SOS Racismo garantiu que a maioria dos membros do grupo de trabalho criado pelo Governo votou pela inclusão de uma pergunta sobre a origem étnico-racial no Censos.

“Nove votos a favor da inclusão contra cinco pela não inclusão da pergunta no Censos”, detalhou Mamadou Ba, frisando que “não há instrumento com a mesma abrangência que o Censos”. Mamadou Ba considerou que “fica mal a tutela e o INE na fotografia”, lembrando que “isto é apenas o começo”.

“As recomendações do grupo de trabalho são um património. Queremos que o debate se aprofunde mais e continue no grupo de trabalho, porque o debate não pode acabar aqui”, sublinhou o dirigente da organização.

O presidente do INE referiu também que o Conselho Superior de Estatística recomendou que se encontrassem outros meios para a recolha desta informação, justificando que o Censos não é o meio mais adequado para a recolha de dados cujo objetivo é caracterizar a discriminação e a desigualdade com base na origem étnico-racial.

Francisco Lima anunciou ainda que o instituto vai fazer um inquérito específico dedicado a estas questões, na forma de uma operação piloto que poderá ser feita durante o segundo semestre de 2021, para não coincidir com a realização do Censos, que irá decorrer no primeiro semestre desse ano.

// Lusa

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Qual é o problema em eu dizer qual a minha origem étnica?
    Problema é não querer assumi-la… ou tentar esconde-la!
    Sou preta? sim, sou… Sou indiana? sim, sou… sou branca? sim, sou… sou asiática? sim, sou…
    Tenha eu a origem que tiver, qual é o problema em identifica-la?
    O racismo está na cabecinha das pessoas… a começar por esse mamadou que é o maior racista que eu conheço!

  2. Somos todos portugueses
    Quando os pretos ou amarelos começam a querer discriminação positivaem em relação aos brancos estão também a ser racistas

  3. SOS Racismo, quer que a População de Portugal, seja etnicamente descriminada nos próximos censos , considerar todos os cidadãos iguais em termos de quantidade Populacional, incomoda o Sr. Mamadou Ba, que seria se fosse o contrario, diria que somos Racistas ???????…………… e o Racista sou Eu !….. Fala antes de pensar en vez de pensar antes de falar este sujeito !!!

RESPONDER

Passos Coelho ataca falhas de Costa (e revela que segurou Maria Luís)

O antigo primeiro-ministro Passos Coelho esteve na apresentação do livro de Carlos Moedas no El Corte Inglés, onde aproveitou para criticar António Costa. Passos preferiu falar do passado, lembrando o momento em que esteve perto …

Derrocada em Borba. MP acusa oito arguidos de homicídio e violação de regras de segurança

A acusação contra oito arguidos envolvidos na derrocada da pedreira de Borba, em novembro de 2018, já foi deduzida pelo Ministério Público (MP). A informação foi divulgada, esta quarta-feira, pelo Departamento de Investigação e Ação …

Salários mais baixos da Função Pública sobem 10 euros. Férias não aumentam

Esta quarta-feira, o Governo revelou à Frente Comum que os salários mais baixos da Função Pública vão subir 10 euros, em vez de sete. Em relação aos dias de férias, não há abertura. O Jornal de …

Costa não é Alice no País das Maravilhas, mas levou os "óculos cor-de-rosa" ao debate quinzenal

No primeiro debate quinzenal do ano, António Costa lembrou, um a um, os números da economia do último ano. O episódio que tem manchado as primeiras páginas dos jornais desta semana também marcou presença, ainda …

Os dinossauros tinham sangue quente ou frio? A resposta está escondida nas cascas dos seus ovos

Um dos grandes e antigos mistérios do estudo dos dinossauros é a questão sobre se o seu sangue era quente ou frio. A resposta for encontrada escondida nas cascas dos seus ovos. Tradicionalmente, acreditava-se que os …

Eureka. Trabalhadores foram despedidos e fábrica fechou, mas estão a apresentar nova marca em Milão

A empresa responsável pela marca Eureka Shoes, que fechou as lojas e a fábrica, e despediu 150 trabalhadores em Portugal, está agora a apresentar uma nova marca em Milão. No mês passado, a empresa de calçado …

Tribunal de Contas critica modelo de financiamento do Ensino Superior (e diz que Governo não cumpriu lei de bases)

No seguimento de uma auditoria ao método de financiamento do ensino superior, para o Tribunal de Contas (TdC), entre 2016 e 2018, o modelo de financiamento concretizado pelo governo não cumpriu o estipulado na Lei …

Cientistas encontram no Ébola um aliado inesperado contra os tumores cerebrais

Cientistas encontraram um gene do vírus do Ébola que mostrou ser útil no combate contra os glioblastomas, que são tumores cerebrais que reaparecem após serem eliminados. O gliobastoma é um tumor que cresce e espalha-se depressa …

Estivadores do Porto de Lisboa iniciam greve de três semanas

Os estivadores do Porto de Lisboa iniciam, esta quarta-feira, uma greve de três semanas em protesto contra os salários em atraso e incumprimento dos acordos celebrados por parte da Associação de Empresas de Trabalho Portuário …

Michael Vang. Passou despercebido por Portugal, mas carrega os sonhos de toda uma etnia

Michael Vang é dos pouquíssimos jogadores de origem Hmong a jogar futebol profissionalmente. Agora nos Estados Unidos, o jovem teve uma passagem apagada por Portugal. Os Hmong são um grupo étnico asiático originário das regiões montanhosas …