Marcelo avança para as presidenciais e divide PS ao meio. Ana Gomes diz que “será uma campanha difícil”

Tiago Petinga / Lusa

Segundo o Correio da Manhã, Marcelo Rebelo de Sousa está a ultimar a agenda para anunciar a recandidatura à Presidência da República, o que acontecerá no início desta semana. O Presidente da República tem estado a concluir os detalhes com a sua equipa.

A pouco mais de um mês das próximas eleições presidenciais, Marcelo Rebelo de Sousa já começa a recolher assinaturas entre elementos do PSD, preparando assim a sua campanha eleitoral. Contudo, o atual Presidente da República sabe que a seu lado terá também uma grande parte do PS.

Ainda assim, o Partido Socialista não está todo do lado de Marcelo. Esta não é a primeira vez que o PS se divide na corrida a Belém. Desta vez o partido se separa entre a recandidatura do Chefe de Estado, com quem a maior parte dos membros do Governo tem boas relações, e a ex-eurodeputada do PS, Ana Gomes, que apesar de ter apoiantes de peso, não está entre as preferências entre a direção de António Costa.

O apoio do primeiro-ministro a Marcelo Rebelo de Sousa, foi demonstrado pela primeira vez em maio, quando Costa, durante uma visita à Autoeuropa, manifestou o desejo de uma reeleição.

Entre os elementos do PS, ao lado de Marcelo estão o secretário-geral adjunto, José Luís Carneiro, autarca de Lisboa, Fernando Medina, ou o ex-ministro João Soares. A líder parlamentar do PS, Ana Catarina Mendes, ainda não se pronunciou, mas de acordo com o Correio da Manhã, deverá deverá estar ao lado do Chefe de Estado.

Na ala mais à esquerda do PS, da qual fazem parte Pedro Nuno Santos, ministro das Infraestruturas, e Duarte Cordeiro, secretário de Estado dos Assuntos Parlamentares, há apoio a Ana Gomes. A estes juntam-se Manuel Alegre, João Cravinho e Vera Jardim. E deputados como Maria Begonha, Tiago Barbosa Ribeiro, João Paulo Correia ou Pedro Bacelar Vasconcelos.

Por outro lado, há ainda muitos indecisos. Pedro Delgado Alves diz apenas que “a escolha será sempre num candidato à esquerda”. O parlamentar Porfírio Silva segue a mesma linha, mas exclui Ana Gomes, deixando no ar a hipótese de um voto no comunista João Ferreira, ou em Marisa Matias, do BE.  Quem também já declarou o apoio ao candidato do PCP foi a deputada Isabel Moreira.

Também o parlamentar socialista Ascenso Simões decidiu seguir esta via alternativa, por não se rever nem na candidatura da socialista, nem na de Marcelo, que “tem uma visão miguelista dos poderes presidenciais”, criticou.

Ana Gomes afirmou ontem que a campanha eleitoral está condicionada por muitas restrições, entre as quais a indefinição do atual Presidente da República em assumir a sua recandidatura para se “furtar ao debate”.

Outra razão que destaca como marcante nas presidenciais de 2021, é o facto do país estar a viver em pandemia. “Acho que esta será uma campanha difícil, com muitas restrições por causa da pandemia”, afirmou a ex-eurodeputada no âmbito da visita em pré-campanha eleitoral que efetua este fim de semana à Madeira.

As próximas eleições presidenciais estão marcadas para o dia 24 de janeiro. As candidaturas têm de ser oficializadas no Tribunal Constitucional até um mês antes, ou seja, até à véspera de Natal.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Aldrabão pois outra coisa não tem feito que é colaborar com os grandes loobys e assim prejudicar o país.
    Mentiroso pois disse que o cargo que ocupa não deve ter mais do que um mandato.
    Oportunista pois claramente procura poleiro e protagonismo!

  2. Estando Marcelo feito com os grandes loobys, alguns dos quais se insere o Covid-19, obviamente que não podia adiar mais o que já se sabia.
    Aldrabão pois outra coisa não tem feito que é colaborar com os grandes loobys que prejudicar o país e a vida das pessoas.
    Mentiroso pois disse que o cargo que ocupa não deve ter mais do que um mandato.
    Oportunista pois claramente procura poleiro e protagonismo num momento por si próprio definido como dramático este que vivemos!

RESPONDER

Para já, Ivo Rosa escapa de um inquérito disciplinar do Conselho Superior da Magistratura

O Conselho Superior da Magistratura não vai abrir inquérito disciplinar a Ivo Rosa, pelo menos, para já. O órgão de gestão dos juízes concluiu que não há suspeitas de violação de caso julgado na decisão …

Mario Gómez: "O futebol é como a roupa, é de modas"

Comentário do antigo internacional alemão sobre as funções do ponta-de-lança atual. Mario não tem saudades dos relvados. Mario Gómez García, o homem que veio de Riedlingen, na República Federal da Alemanha, para marcar muitos golos. Figura …

A um mês dos Jogos Olímpicos, Tóquio pondera levantar estado de emergência

Os Jogos Olímpicos, que foram adiados no ano passado devido à pandemia, vão começar no dia 23 de julho. O Governo japonês está a ponderar levantar o estado de emergência em Tóquio. Tóquio está em estado …

Militares birmaneses acusados de incendiar uma aldeia

Uma aldeia foi destruída pelo Exército birmanês depois de confrontos entre militares e opositores da junta ditatorial. Dois idosos, que não conseguiram fugir, acabaram por morrer queimados. A aldeia de Kin Ma, na região de Magway, …

Ucrânia 2-1 Macedónia N. | “Synio-zhovti” relançam aspirações

A Ucrânia conquistou esta quinta-feira a sua segunda vitória em Europeus, depois de seis derrotas consecutivas, ao bater a estreante Macedónia do Norte por 2-1, em encontro disputado em Bucareste, com arbitragem pelo argentino Fernando …

Mais 1.233 casos de covid-19 em Portugal. Morreram duas pessoas

Esta quinta-feira, Portugal registou 1.233 novos casos e duas mortes na sequência da infeção por covid-19. Segundo o último boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS), foram registados, nas últimas 24 horas, mais 1.233 casos e …

Proibida circulação de e para a Área Metropolitana de Lisboa ao fim de semana

A situação epidemiológica em Portugal é agora "mais preocupante", pelo que "dificilmente" o país deverá desconfinar na próxima semana como estava previsto, anunciou esta quinta-feira a ministra Mariana Vieira da Silva. A ministra da Presidência, Mariana …

Lisboa alarga horários de vacinação para atingir as 65 mil pessoas por semana

Já a partir da próxima segunda-feira, os centros de vacinação em Lisboa vão ter horário acrescido. O objetivo é aumentar o número de doses de vacinas administradas por semana para cerca de 65 mil. A partir …

PS diz que portugueses não esquecem que Passos cortou a dobrar no SNS

Pedro Passos Coelho acusou a esquerda de "desqualificar" o Serviço Nacional de Saúde (SNS) e a deputada socialista Sónia Fertuzinhos respondeu que os portugueses não esquecem que o Governo PSD/CDS cortou o dobro no SNS …

Escassez de matérias-primas deverá aumentar preço dos alimentos entre 5% e 10%

As matérias-primas agrícolas sobem com a conjugação do maior consumo e menor oferta por força das más colheitas em países como o Brasil e França, atingidos pelo mau tempo. Desta forma, prevê-se que, nos …