Marcelo obrigou Centeno a explicar-se (e o PSD quer ver os emails do ministro)

José Sena Goulão / Lusa

O ministro das Finanças, Mário Centeno

O ministro das Finanças, Mário Centeno.

Marcelo Rebelo de Sousa exigiu a António Costa que Mário Centeno viesse a público dar explicações, no âmbito da polémica em torno da Caixa Geral de Depósitos (CGD), para colocar um ponto final no caso. Mas o PSD abre nova porta de polémica quanto aos emails do ministro das Finanças.

Mário Centeno garantiu, em conferência de imprensa, nesta segunda-feira, 13 de Fevereiro, que não mentiu ao Parlamento e que não fez qualquer acordo com António Domingues, para a liderança da CGD, que envolvesse a eliminação da entrega das declarações de rendimentos da equipa de administração.

Uma explicação pública do ministro das Finanças que “foi exigida pelo Presidente da República”, segundo avança o Diário de Notícias.

“Marcelo Rebelo de Sousa não gostou de ver a polémica arrastar-se na praça pública enquanto o ministro das Finanças se refugiava no silêncio”, escreve o jornal, notando que “foi o Presidente que sugeriu a ida do ministro a Belém, exigindo que quem podia esclarecer o assunto o fizesse”.

Centeno garante que não mentiu

Na conferência de imprensa, Centeno disse que o seu lugar “está à disposição” do primeiro-ministro desde que assumiu funções e que deu conhecimento de todo o processo a António Costa.

“No decurso dos trabalhos da comissão de inquérito à CGD, houve afirmações querendo dizer que eu negara a existência de acordo sobre alteração do estatuto do gestor público e a inclusão da eliminação do dever de entrega das declarações ao Tribunal Constitucional (TC). A verdade é que nunca neguei que houvesse acordo, só que não envolvia a eliminação do dever de entrega da declaração de rendimentos, matéria prevista noutro diploma não revogado”, afirmou Centeno.

O ministro também assumiu que pode “não ter afastado” a ideia, “por eventual erro de percepção mútuo”, de que o acordo quanto à alteração do estatuto do gestor público “poderia prever a eliminação” do dever de informar o TC.

Costa confirma confiança em Centeno

Após a intervenção de Centeno, o primeiro-ministro confirmou a confiança no ministro.

“Tendo lido a comunicação do senhor ministro das Finanças e após contacto com Sua Excelência o Presidente da República, entendo confirmar a minha confiança no professor Mário Centeno no exercício das suas funções governativas”, referiu António Costa num comunicado.

“Esclarecida a lisura da actuação do Governo, nada justifica pôr em causa a estabilidade governativa e a continuidade da sua política, para o que o contributo do professor Mário Centeno continua a ser de grande valia“, acrescentou o primeiro-ministro.

Marcelo só aceita em nome do interesse nacional

A seguir, foi a vez do Presidente da República referir, numa nota publicada no site da Presidência, que aceitou a posição do primeiro-ministro de manter a confiança em Centeno “atendendo ao estrito interesse nacional, em termos de estabilidade financeira”.

Marcelo releva, nesta comunicação, a “admissão”, por parte de Centeno, “de eventual erro de percepção mútuo na transmissão das suas posições” .

PSD quer ver emails entre Centeno e Domingues

Todavia, a novela não fica encerrada com este reafirmar da confiança em Marcelo e o PSD já anunciou que vai requerer a transcrição das mensagens escritas que António Domingues trocou com o ministro das Finanças, para clarificar a “extensão da mentira de Mário Centeno” e o envolvimento do primeiro-ministro.

Uma posição assumida pelo deputado do PSD, Hugo Soares, em declarações à Lusa, recusando o argumento de que as mensagens de telemóvel trocadas entre António Domingues e Mário Centeno são particulares. Para Hugo Soares, essas comunicações fazem parte da negociação que houve para a escolha de uma administração da CGD e até para “a alteração de um diploma legal com determinadas consequências”.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

31 COMENTÁRIOS

  1. Então aqueles que alimentam esta polémica não têm já as provas de que o ministro mentiu?
    Querem continuar a manter esta novela, continuando a trabalhar para o seu próprio desgaste!

    • Toda a gente sabe que ele mentiu. Se mentiu em comissão para lamenter, rua com ele. Mas o costa e restante geringonça acham que ele não mentiu e estão a segurá-lo. Por alguma razão eles não qurem que os e-mails fiquem bem escondidos!

  2. Deixem-se de criancices, do jogo do gato e do rato. Os dirigentes da CGD para pedir a não entrega das Declarações de rendimentos, é porque já sabiam que era obrigatório a sua entrega, mas como era um bom salário estavam a ver se passava. Mas é óbvio que o governo não pode fugir às leis, qualquer um sabe isso, pois se a coisa dá para o torto ou se alguém levanta a lebre têm de cumprir a lei. Ponto final.

  3. Não passa de uma merdice de uma trapalhada. Que, a meu ver, não exalta nenhuma das três personagens do plateau. Vão trabalhar, malandros …

  4. Realmente este PSD e CDS não têm mais nada que fazer senão criar tempestades em copos de agua!
    Como não conseguem pegar em mais nada, porque no que toca a governação este governo está a dar-lhes uma lição, então pegam em merdices.
    Até mete impressão, aquela sede de poder que até são capazes, mais uma vez, de não se importarem com o interesse nacional para “tentarem” chafurdar com o nome de portugal na lama. tudo em beneficio dos seu interesses patrtidários, tal como já o fizeram anteriormente para derrubar um governo PS.
    este passos fedelho já era, por amor de deus alguém no PSD tenha a iluminada ideia de correr com ele.
    Volta ferreira leite… volta!!!!

    • O senhor rui esteves está a ver o filme todo ao contrário, só lhe restará afirmar que foram o PSD/CDS quem deram a permissão ao senhor Domingues para ficar isento da apresentação da declaração de rendimentos, por mais malabarismos que procurem fazer à volta deste assunto está mais do que comprovado de que lado está a razão, não valerá a pena virem para aqui com paixões ideológicas para tentar salvar a situação.

      • Mas salvar o quê?
        Mas por que raio interessa este filme todo?
        Simples, porque o PSD e o CDS apenas conseguem pegar em coisas sem qualquer interesse e transformar em questões de extrema importância, na cabeça deles é óbvio. Até porque a opinião da esmagadora maioria das pessoas é, que já se calavam e se reduziam à sua insignificância de oposição fraquinha!
        Quem assiste de bancada a isto, quando vê PSD e CDS a tentarem fazer disto caso maior, só enxerga o quão ridículos são!
        Quando lá estiveram nos 4 anos anteriores, só fizeram porcaria e da grossa. Então com casos como o Relvas, Portas e vários ministros das finanças que falharam em todos os objetivos… nem se fala!
        Agora como estão “piursos” e com um melão do tamanho do mundo porque, este governo sim, conseguiu em poucos meses o que eles não o fizeram em 4 anos de legislatura, então tentam por tudo fazer tempestades onde elas não existem!
        Abram os olhinhos que já é dia!!!!

          • 3% ? Foi a chamada “saída limpa”. Um autêntico “sucesso” como todos sabemos. Tivesse o “lixo” mandado para debaixo do tapete sido contabilizado, ia para perto dos 5%. Depois de anos a esmagar, fundamentalmente, a classe média, é obra.
            Este? Fez o suficiente para dar um pouco mais ás pessoas e cumprir os compromissos que temos.

        • Concordo com o Rui.
          Este filme interessa e é relevante porque nada há de mais importante para “fazer guerra”. Quando assim é e o vazio de matéria para “combater” é evidente, vão buscar estas questões de trampa, cujo o interesse, para o país, é nulo e se encontra ao nível duma revista de cusquice barata. De facto o interesse nisto tudo é mesmo por razões de interesses partidários, pois o país interessa-lhes pouco. Neste momento, a CGD já tem a administração a funcionar e precisa é de estabilidade. É bom para o país que assim seja. Estes partidos que continuam a repisar o assunto, que é matéria que não sendo irrelevante, não tem a importancia que lhe querem dar e, ao fazê-lo estão a contribuir para desestabilizar a CGD. Interessa-nos isto, como portugueses? Claro que não.

  5. Exatamente : QUEM NÃO DEVE NÃO TEME ! e até porque a coligação (?!) das esquerdas TEME, por isso é QUE DEVE, e deve apresentar-se ao povo Português e mostrar o que fez e o que negociou. Os tribunais existem para o ser humano, não para cavalos nem cães nem gatos.
    Por isso sejam Homens e mostrem a caga…da que fizeram, todo o país precisa de saber quem é quem. Quando são oposição fazem chinfrineira por dá cá aquela palha, agora, este é um assunto DO ESTADO, Estado de DIREITO, DEMOCRÁTICO, onde os governantes atuais não se coíbiram de fazer acordos secretos com as esquerdas para poderem tomar o governo. Este sim, não é um governo de direito, porque não ganhou o direito a governar em eleições. Ganhou-o nas conceções partidárias no esconderijo dos gabinetes.

    • Pois, é tanta a resistência a dizer o que se passou que já se percebeu há muito que este governo teme, e teme muito. Mas pior é a ideia de que para alguns dizer a verdade ou a mentira é apenas um pormenor… um pormenor sem importância…

  6. “Marcelo obrigou”… “Marcelo exigiu”… Estes jornalistas são cómicos. Com que autoridade é que o Marcelo podia obrigar ou exigir, se o Centeno responde apenas perante o Costa, que por sua vez responde apenas e só perante o Parlamento?
    Uma coisa é o Costa dar satisfações ao Marcelo, fica-lhe bem, outra coisa completamente diferente é os jornalistas fazerem dos leitores totós. É que assim quem acaba por ficar por totós são os jornalistas.

    • Olhe que não, olhe que não! O que escreveu é só em teoria. Não tem visto como o presidente tem apoiado a geringonça e se tem atravessado em muitos casos. Não tem lido as várias críticas nos jornais sobre esse comportamento? O presidente mete-se em tudo. Não sabe também que foi o centino que foi a Belém levar nas orelhas? O presidente obriga, exige e tudo o mais. Se fosse o Cavaco que apoiasse o seu partido, caía o Carmo e a Trindade!

          • Caro Desiludido, não tenha dúvida.
            A diferença está no “estilo” de cada um. Este presidente é comunicativo, é aberto e, pelos vistos já percebeu que esta oposição vale pouco e apresenta vazio de argumentos em questões de fundo, porque o governo está a apresentar resultados que, sendo avaliados dos mais diversos ângulos , não podem de todo ser considerados como maus, bem antes pelo contrário.
            Quanto a Cavaco, tem a personalidade que sabemos, é fechado, pouco simpático, comunica mal. É uma criatura de certa forma obscura, esconde-se nos “tabus” para fugir a questões, manobrou na surdina, conspira, enfim…
            Também lhe digo, embora não seja um adepto fervoroso de Marcelo, acho que está a ter postura de Estado, pois neste momento conturbado que se vive na Banca, o que é preciso é estabilidade. Alimentar questões destas (sendo certo que são criticáveis as atitudes do ministro, a mentira em concreto) não têm a importância que alguns, movidos apenas por questões partidárias, lhe querem dar.

  7. Esta corja de políticos da oposição, só querem derrubar o governo para se continuarem a mamar a garde e a francesa.Vão trabalhar que é para isso que o povo vos paga e bem demais.

  8. Osto e uma tristeza voces nao tem vergonha de dizer mal do dr Anibal Cavaco e assim que se chama com que entao a presidencia do dr Cavaco foi deploravel! esse foi o melhor governante que o pais teve dele nao sairam as banca rotas que o pais viveu esse foi um homem serio que governou o pais e que nao foi corrupto como a naioria da esquerda esse endireitou o pais foi buscar o ouro que esta nos cofres do estado que tinha sido penhorado pelo mario soares e ainda tem o desplante de dizer mal dum homem destes?se portugal fosse governado sempre por homens serios como ele nao estava como esta nao andou encavalado em tartarugas nas baamas como o mario soares que desterrou o pais em viagens como nenhum outro!!!queriam que o passos coelho fizesse o que ? Ao receber um pais que nem dinheiro tinha para pagar os ordenados da funcao publica e nao estamos a pagar caro ja o que este esta a fazer ele nao aumenta impostos ? o que e isto dos combustiveis nao e so para ricos paga tudo o que tem carro e o selo etc etc tenho um pequeno negocio a muito tempo que nao pagava tanto imposto como paguei em 2016 e vem dizer que isto esta melhor? Pelo amor de deus o defice esondido que socrates deixou de 12% ? Chegou a 2015 com um defice de 3% isto e governar mal?eles dizem que devol eram rendimentos? Aos funcionarios do estado que aos outros tiram e devolveram aos politicos que tinham sido cortadas pelo passos e este devolveu , isso esta certo? reformas chorudas que o passos cortou para metade este devolveu ele nao tinha cortado pensoes pequenas era de 1500 ao ar e nao sao essas e de 10 e 20 mil e mais e uma vergonha aver pessoas a. ganharem reformas tao altas e ainda o passos e que nao presta isto nao e so dar porque de qualquer jeito vai sempre sair do nosso bolco muito tinha ainda para duzer mas nao tenho pachorra os que fazem bem nunca prestam isto nao e so dar que sempre e que vamos pagar e o sampaio nao tirou um governo com maioria absoluta para por o desgracado do socrates ?para fazer o que fez ao pais?????tejam mas e calados estupidos e nem sequer digam mal de quem nao merece ponham oculos de ver?????????!!!!dos temos os nissis defeitos e clao que ninguem e perfeito mas vejam bem o que tem sido a governacao de esquerda tenho dito!!!!o passis mamou o que? A banca rota que o socrates deixou?voces nao se inchergam ????a corga e esta oposicao ?edtes e que querem ir para o poder a forca? Pos os que la estao nao foram poara la a forca esses sim tinham fome de poder nao esperaram ganhar as eleicoes?

    • Oh Ana, sinceramente só posso entender o seu comentário como um “desfolhar” de ironias.
      De facto, dele não sairam bancarrotas, que aliás era o que mais faltava tendo em conta as condições que só ele teve para governar. Pensava não ser necessário dizer-lhe mas já percebi que se esqueceu, este senhor governou a seu bel prazer durante 10 anos, 8 deles em maioria absoluta, como primeiro ministro. Além disto, governou com a maior folga financeira que alguma vez algum outro primeiro ministro teve, pois foi ele que beneficiou da maior parte fundos comunitários. Relembrando um pouco a história, já não se deve recordar, pelo que escreveu, mas este senhor foi um oportunista. Sabe quando foi a 2a vez que chamámos o FMI? Foi em 1983 e já agora, também só para lhe recordar, o PS levou com as culpas mas o PSD também fazia parte desse governo, no chamado “bloco central”, assinado entre Mario Soares e Carlos Mota Pinto. Foi esse governo que assinou a adesão á União Europeia, na altura CEE, porém, os fundos comunitários só começaram a jorrar 2 a 3 anos depois. Neste tempo, Cavaco, espertalhão e sabido, percebeu que vinha aí o “el dourado”, foi conspirando dentro do PSD para tramar o líder Mota Pinto e conseguiu. O passo seguinte foi romper o acordo do bloco central, aproveitando o facto do PS, que tinha sido o mais votado, ser o mais penalizado nas urnas em novas eleições. Ganhou as eleições em minoria, andou 2 anos a fazer “navegação á vista “. Ao fim deste tempo, novas eleições e, ganhou a primeira maioria absoluta, coincidindo com o período em que começaram a jorrar os milhões diários dos fundos da UE. É portanto, um oportunista nato. Só por aqui se vê a seriedade moral dele.
      A UE nasceu assente em pilares como a coesão e a solidariedade, ora, violar esses principios significa haver uma europa a “duas velocidades”, que é o que acontece hoje. Os fundos servem precisamente para aproximar os países inseridos no bloco (UE), tornando-os mais competitivos e modernos. Para que isto aconteça, tem que se fazer reformas estruturais, coisa que ele não fez. Desbaratou esse dinheiro a dar cabo de setores produtivos e “alimentar clientelas”, basta ver de onde são oriundos os maiores gatunos deste país, foi desde os criadores do BPN, todos eles ministros, ex ministros, secretários de estado, do governo dele, o outro chamado “cherne”, um oportunista de primeira água, enfim tudo gente séria. Claro que ele, como “é muito sério”, diria mesmo é um “Santo”, desconhecia tudo isto á sua volta, porém, é um “sortudo” basta pensar nas acções do BPN que vendeu e ganhou milhares, precisamente na véspera do Banco rebentar. Diria que é um “Santo muito sortudo”.
      Quanto ao seu pequeno negócio, concordo consigo. Todos os governos têm tendência para massacrar pequenas e mèdias empresas, o que está mal, no entanto, também é verdade que muitos dos problemas desta tipologia de tecido empresarial, residem no facto de estarem inseridos em setores de atividade com uma concorrência de grandes grupos económicos (a loja do bairro, que há 30 anos não tinha concorrência e que hoje tem um pingo doce, lidl, continente, minipreço, jumbo, etc, quase em cada esquina da vila), por outro lado, muitos entregaram-se ao “fado” e á “lamúria” e não fizeram nada para se modernizar. Há ainda um ultimo ponto que tem que ver com o “apertar da malha” á fuga e evasão fiscal.
      Registo também o facto de ser uma “crente” na famosa “saída limpa” de Passos.

  9. Bizarra Solução

    Muito Obrigada pelo seu precioso esclarecimento e parabéns por estar bem escrito. Eu gostaria de ver o PSD e CDS a trabalharem. Não era o Cavaco que dizia “deixem-me trabalhar”, quando a oposição lhe pedia mais firmeza nas negociações com U.E. por causa das quotas das pescas (quando se procedeu ao abate de tantos barcos), por troca de alguns milhares? e o mesmo na agricultura?
    Agora o Cavaco vai editar um livro. Quem vai fazer o contraditório do que ele vai expor? Basta! Basta! Agora quer chamar a atenção dos Portuguesas (através do livro) para alimentar intrigas. Oh! Sr. Silva (como dizia o Dr. Alberto João Jardim), ponha os olhos no atual Presidente Prof. Doutor Marcelo R. de Sousa que põe o nosso País acima da partidarite aguda. PSD e CDS trabalhem mostrem que são CAPAZES DE FAZER MELHOR. O povo quer melhor vida. Os reformados precisam de mais recursos. Será que o País precisa destes deputados que só querem destabilizar?

    • Maria
      O Cavaco é mesquinho. Trata-se objectivamente de um pseudo livro que tem um unico propósito: Denegrir a esquerda, muito em particular os governos PS e dar a “mãozinha” a este PSD, fraco, esfrangalhado e sem soluções alternativas credíveis, diria mesmo a toda a direita, agora que confessou o “choque” por ver esta “coligação” ampla de esquerda.
      Uma coisa tenho que admitir, este senhor continua igual a si próprio, ao que conhecemos dos 20 anos em que tivemos que o “gramar”. Tem soberba, o tal que “raramente se engana e nunca tem dúvidas”, é vingativo. Por detrás daquele ar “meio parolo, meio humilde, meio austero” está um autêntico velhaco, daqueles que “morde pela calada”, conspira contra os seus opositores. È, de certa forma, um personagem sinistro., obscuro, que desenvolveu o tal conceito de “matérias tabú” para nunca clarificar nada, para não se expôr e não se comprometer. Julga-se um ser superior, entende os seus conceitos e ideias como algo dogmático. Ele fala e, como é cheio de certezas e nunca se engana, os outros baixam as orelhas. Não tenha duvidas, este senhor, num outro contexto geográfico, seria um ditador em potência. Nunca me inspirou confiança.
      Quanto a este governo, bem, penso que só podemos estar satisfeitos até ao momento. Tem ultrapassado expectativas, tem cumprido o que prometeu, tem revelado um equilibrio fantástico entre cumprimento de compromissos e melhoria das condições de vida das pessoas e isso, para mim, é que é importante. As sociedades fazem-se de pessoas mas sobretudo, para as pessoas.

    • Não me esqueci e, melhor do que isso, não tenho memória selectiva. Quer isto dizer que, tal como devias fazer, a história tem de se contar toda e não a parte que convém.
      Queres falar de Socrates? Ok, por mim, vamos a isso, mas, diz-me, queres falar de que parte? É que Socrates teve duas partes bem distintas. Teve uma primeira parte de governo, de 2005 até 2008, em que governou bem, baixou o defice que os teus “amigos” da direita deixaram, em concreto essa “maravilha” de pessoa chamada Durão Barroso (que quando lhe cheirou a dinheirinho borrifou-se para o país, aviou as malas e foi tratar da vidinha dele la para Bruxelas), depois deixou o Santana a “governar” este pobre país. É desta parte que queres falar? Ou já te esqueceste? Ou só te interessa falar dos períodos de governo Socrates mais agitados? Aqueles em que o mundo inteiro foi arrastado para uma crise gigante do subprime? Ou és daquelas que pensas que foi Socrates que trouxe a crise ao mundo inteiro? Se és, já percebi que não percebes é nada disto e limitas-te a papaguear o que alguns jornalecos te impingiram pela cabeça dentro.

  10. O deficit desceu , o desemprego desceu, o PIB subiu, a CGD está no bom caminho para a capitalização, enfim, a “geringonça” com este ministro das finanças e este primeiro ministro, SUPEROU AS EXPECTATIVAS.
    Se alguma mentira teve de haver pelo meio, para levar a CGD a bom caminho, então ABENÇOADA MENTIRA!
    Cá para mim , (Zé Povinho), se M. C. mentiu, ou não mentiu ou omitiu, se o objectivo está conseguido, QUE SE LIXE, o que me interessa é que para bem dos portugueses, “as vacas voam mesmo” e o resto é m…
    Obrigado Mário Centeno

RESPONDER

Filho de Deeney tem problemas respiratórios. Jogador foi alvo de abusos por recusar treinar

O futebolista Troy Deeney, capitão do Watford, revelou que tem sido alvo de abusos e comentários depreciativos, por ter recusado voltar aos treinos, face aos problemas respiratórios do seu filho. “Vi comentários em relação ao meu …

Parlamento aprova alargamento de apoios a todos os sócios-gerentes afetados pela pandemia

O parlamento aprovou hoje, em votação final global, um texto final que alarga os apoios no âmbito do `layoff´ aos sócios-gerentes das micro e pequenas empresas afetadas pela pandemia covid-19, independentemente do volume de faturação. Com …

Pandemia de covid-19 alimenta corrupção na América Latina

A propagação da Covid-19 na América Latina está a alimentar a corrupção nos vários países que a integram, que vai desde a inflação dos preços a situações de aproveitamento económico e de ligações entre políticos …

Mais de 500 católicos portugueses contra proibição de comunhão na boca

Mais de 500 católicos portugueses, entre leigos e sacerdotes, apelaram à Conferência Episcopal Portuguesa para revogar a proibição de os fiéis receberem a comunhão na boca, por causa da pandemia de covid-19, informou na quarta-feira …

Adeptos recusam devolução dos bilhetes. Bayern distribui dinheiro por clubes amadores

Os adeptos do Bayern renunciaram ao direito de serem reembolsados pelos bilhetes comprados para os jogos até ao final da temporada. O clube decidiu distribuir o dinheiro pelos emblemas amadores da região da Baviera. Tal como …

Trabalhadores acusam TAP de pagar abaixo do salário mínimo a tripulantes em lay-off

O Sindicato Nacional do Pessoal de Voo da Aviação Civil (SNPVAC) acusou hoje a TAP de não estar a pagar o previsto na lei do ‘lay-off’, indicando vários casos em que a remuneração é inferior …

Tesla baixa preço de quase todos os modelos nos Estados Unidos

A empresa de carros elétricos Tesla baixou o preço dos Modelos 3, S e X no mercado norte-americano, visando estimular as vendas que estão em declínio durante a pandemia, avança a agência Reuters. O semanário …

Assessor de Boris cometeu infração ao confinamento, conclui polícia

A polícia britânica concluiu que Dominic Cummings, assessor do primeiro-ministro, Boris Johnson, cometeu uma violação "menor" das regras de confinamento introduzidas para combater o novo coronavírus, mas não pretende abrir um processo. Cummings admitiu ter conduzido …

Infarmed suspende hidroxicloroquina no tratamento de pacientes com covid-19

O Infarmed suspendeu o uso de hidroxicloroquina no tratamento de pacientes com covid-19. Para além da OMS, outros países já tomaram a mesma decisão que Portugal. A decisão vem no mesmo sentido da Organização Mundial de …

PCP mantém festa do Avante! e pede calma às "almas mais inquietas"

O secretário-geral do PCP admitiu hoje que “não seria um drama”, devido à pandemia de covid-19, cancelar a festa do Avante, e garantiu que não é por dinheiro que os comunistas estão empenhados em realizá-la …