/

Groundforce. “Tenho a certeza que o Governo está a fazer tudo o que pode”

ppdpsd / Flickr

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa

O Presidente da República, Marcelo Rebelo de Sousa, pronunciou-se esta segunda-feira sobre a situação da Groundforce, alertando que há “responsáveis” que estão a prejudicar o país.

O chefe de Estado está “preocupado” com a “obstinação” da Groundforce e de “alguns responsáveis” da empresa de handling, que “estão a prejudicar o país” com a greve nos aeroportos, escreve o ECO.

Garantindo que o Governo está a fazer “tudo o que pode”, Marcelo Rebelo de Sousa disse esperar ver o diferendo resolvido dentro de dias.

“Preocupa-me a posição e obstinação que tem havido da parte da Groundforce em geral e, em particular, de alguns responsáveis, porque estão a prejudicar o país”, disse o Presidente aos jornalistas à chegada ao Funchal, na Madeira, onde preside à sessão solene comemorativa dos 45 anos da instalação da assembleia legislativa da Madeira.

“Tenho a certeza que o Governo está a fazer tudo o que pode, mas há coisas que demoram tempo a pôr de pé. Vamos ver, vamos esperar mais uns tempos, uns dias”, acrescentou, em declarações transmitidas pela RTP3.

Este domingo cumpriu-se o segundo dia da greve convocada pelo Sindicato dos Técnicos de Handling de Aeroportos (STHA), como protesto pela “situação de instabilidade insustentável, no que concerne ao pagamento pontual dos salários e outras componentes pecuniárias” que os trabalhadores da Groundforce enfrentam desde fevereiro de 2021.

Mais de 600 voos foram cancelados no fim de semana por causa da greve. A paralisação poderá prolongar-se ainda pelos dias 31 de julho, 1 e 2 de agosto.

  Liliana Malainho, ZAP //

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.