Tensão no Mar do Sul. China em manobras militares, EUA enviam dois porta-aviões nucleares

Nathan Burke / U.S. Navy

Os porta-aviões da classe “Nimitz” USS John C. Stennis e USS Ronald Reagan, da 7ª Frota de Ataque da U.S.Navy

Os Estados Unidos enviaram os super-porta-aviões nucleares USS Ronald Reagan e USS Nimitz para o Mar do Sul da China, região onde forças navais chinesas estão a realizar exercícios militares.

“O nosso objetivo é enviar um sinal inequívoco aos nossos parceiros e aliados que estamos comprometidos com a segurança e estabilidade da região“, afirmou o almirante George M. Wikoff, comandante da frota de ataque liderada pelo USS Ronald Reagan, citado pelo The Wall Street Journal.

A frota de ataque vai realizar a partir deste sábado manobras militares na região, uma das mais tensas do planeta, numa altura em que a China está também em exercícios militares no local. A mobilização naval norte-americana é uma das maiores dos últimos anos no Mar do Sul da China.

Segundo o jornal nova-iorquino, com o envio da força militar liderada pelos dois porta-aviões nucleares para o Mar do Sul da China, a diplomacia norte-americana pretende enviar um sinal claro de que “não aprecia a recente escalada da presença militar chinesa na região”.

O USS Ronald Reagan e o USS Nimitz são 2 dos 10 super-porta-aviões classe Nimitz da Marinha dos Estados Unidos. Movidos a energia nuclear e capazes de transportar até 90 aeronaves de combate, são os maiores navios de guerra da atualidade.

Segundo o WSJ, é muito raro forças navais dos Estados Unidos e da China realizarem manobras militares na mesma região, ao mesmo tempo.

Esta sexta-feira, o Departamento de Defesa dos EUA expressou preocupação pela decisão chinesa de realizar manobras militares junto à ilhas Paracel, no mar do Sul da China, numa área que “abrange águas e territórios em disputa“. As manobras militares chinesas decorrem de 1 a 5 de julho.

O Pentágono sustenta que as manobras chinesas desestabilizam ainda mais a situação na região e violam um pacto internacional que visa evitar a escalada das disputas de soberania nas águas do Mar do Sul da China. Há vários anos que Pequim mantém com diversos países uma acesa disputa sobre as ilhas da região.

Na plataforma continental destas ilhas foram descobertas importantes reservas de gás natural e outros hidrocarbonetos. Os EUA não têm direito ou interesse direto na disputa, mas não reconhecem as reivindicações chinesas sobre o território, e insistem na manutenção da “liberdade de navegação“.

As tensões no centro do Mar da China Meridional têm aumentado desde que Pequim passou a alegar que praticamente todo o mar faz parte das suas águas territoriais. A reinvindicação é vigorosamente contestada pelo Vietname, Filipinas, Malásia, Taiwan e Brunei, que disputam com a China a posse de várias ilhas na região.

(dr) Lindsey Burrows / Civilsdaily

Localização dos territórios em disputa no Mar da China Meridional

O Mar do Sul da China, ou Mar da China Meridional, é alvo antigo de disputas entre diversos países da região: China, Taiwan, Malásia, Indonésia, Brunei, Vietname e Filipinas. Estima-se que a enorme área, que inclui mar e ilhas, seja rica em petróleo e gás.

Apesar da sua importância estratégica, é um mar marginal que faz parte do oceano Pacífico, compreendendo a área que vai desde Singapura até ao estreito de Taiwan, num total de cerca de 3 500 000 km². As ilhas formam um arquipélago de centenas de minúsculas ilhotas.

ZAP //

PARTILHAR

30 COMENTÁRIOS

  1. Os chinocas estão cada vez mais imperialistas!… o mapa das águas reclamadas pela China até dá vontade de rir!
    Daqui a pouco estão a reclamar águas territoriais no Atlântico!…

  2. A China invadiu esta região durante a pandemia, numa altura em que vários navios americanos regressaram com militares infectados. A China ocupou a área, consta que iniciou a construção de uma base militar nuns atóis, e tem assediado navios de vários países. Eu estava há várias semanas à espera para ver quando esta notícia chegava a Portugal (e ao resto do mundo, pois também acompanho media internacionais).
    Tal como tinha previsto, a notícia surgiu, nos media “do sistema”, apenas quando os EUA entraram em cena, transmitindo a ideia de que os EUA é que vão trazer instabilidade e “tensão” na área. Valha-nos Deus apontar o dedo à China.
    Não se pode confiar no jornalismo de hoje. A esfera de influência do Partido Comunista da China, bem como a agenda socialista, alastra-se, que nem um cancro, a todos os domínios das sociedades estrangeiras, desde a política, à economia, ao ensino e, claro, aos media.
    Esta é de facto uma situação preocupante que pode escalar para situações mais tensas, e a guerra não está fora da mesa. Claro que a partir daqui, qualquer peripécia será culpa de Trump. Felizmente, o sr. Trump, por mais defeitos que tenha, não tem medo de pôr os pontos nos “is”, e rapidamente respondeu aos pedidos de ajuda dos países da região, que desde há muito são alvo de bullying pela China. O sr. Trump tem razão. A China, e refiro-me ao regime comunista com a sua agenda política e económica, e não aos chineses por quem nutro simpatia, é neste momento a principal ameaça mundial.

    • Que confusão aí vai!…
      Mas qual “durante a pandemia”??
      Os chinocas andam há anos a provocar e a roubar territórios marítimos aos vizinhos!…
      Agenda socialista? A China?!
      Bem… como alguns distraídos começam a perceber aos poucos, a China tem uma agenda CAPITALISTA que, com o seu capitalismo de Estado, tem comprado meio-mundo – incluindo na Europa e nos EUA!…
      O Trump, que nem deve saber apontar a China no mapa, nada tem a ver com estas opções politico-estratégicas dos EUA – que sempre foram estas desde o fim da Segunda Guerra Mundial!!

      • O Professor é um daqueles que só com a palavra ‘comunismo’ já começa a tremer. A China nada tem a ver com ‘comunismo’, tal como a USSR já não tinha. A prova é a Russia actual que em nada diverge ao nível político daquela estrutura. A China não esqueceu o tempo das guerras do ópio nas quais foi humilhado pela Ocidente e pode crer que vai tentar se vingar. Tal como os Árabes que ainda consideram Portugal território muçelmano, para a China 120 anos nada significa. Ela pode esperar mais, muito mais.

  3. Gouveia, os chineses não são fascistas, são comunistas. Aprenda que eu não duro sempre.
    Aliás as ainda ditaduras que existem são todas comunistas.
    Já cansa ouvir falar de nazismo ou fascismo de gente ignorante que não sabe o que diz.

    • Se é ditadura, é IMPOSSÍVEL ser comunista – aprende que eu não duro sempre!!
      Havia de ser bonito alguém chamar comunista ao Salazar… ou ao Duterte das Filipinas, ou ao Erdogan da Turquia… ou mesmo ao Putin da Rússia!…
      Os chineses (povo) não “são nada” porque eles nem sequer tem opinião sobre nada – eles são o que o regime disser que são!!

    • Quando afirma que todas as Ditaduras existentes en Data, são de ideologia Comunista, é o Sr, que faz prova de total ignorancia. Senão convido-o a sustentar tal tese !….. O Eu, alias, vem de dar exemplos concretos !..Os Governantes Totalitários, revestem-se de Ideologias diferentes umas das outras, tendo um só ponto comum, são Autoritários extremos, de ai Ditadores !

  4. Ainda vamos a meio de 2020 que tem sido um ano produtivo em desgraças, só nos faltava agora haver uma guerra para terminarmos o ano em beleza

    • A China ainda não está preparada militarmente para uma guerra com os EUA/NATO, mas, se nada for feito, será apenas uma questão de tempo até acontecer!…
      A culpa é do capitalismo selvagem – onde o dinheiro está acima de tudo – como a China é um regime totalitário, é muito “fácil” aproveitar “os mercados” para enriquecer – aliás, e a China já é o pais mais rico do mundo paridade do poder de compra!!

      • Mas fazer o quê ?… Nada pode ser feito , a China é o grande Dragão e vamos levar com ele mais tarde ou mais cedo !… Como diz Michel de Nostradamus o Urso unir-se-á ao Dragão tentando esventrar a Águia !… Mais tarde mudará a sua posição e estará com a Águia contra o Dragão mas o Hemisfério Norte só restará pestilência e Morte !…

  5. Não são facistas, têm toda a razão, são comunistas isso sim comunistas ditatoriais, comunistas, gostam de comer o que não é deles, e como os amaricanos têm a mania que são os polícias do mundo, o diabo que os escolha.

    • Outro que não sabe o que diz!..
      Se os comunistas “gostam de comer o que não é deles”, então os americanos são, de longe, os maiores comunistas do mundo!!
      A China, com a sua ditadura de capitalismo de estado, nada tem de comunista – é uma ditadura social-fascista em que o comunismo é apenas de fachada!

  6. Essa zona e um barril de pólvora na ha muito tempo. Essa guerra ou confronto como queiram tem sido adiado na mesma proporção de tempo. E so uma questão de quem vai dar o primeiro tiro. Comunista, fascista, seja la qual for o regime, sai verdadeiras desgraças pra quem não cimpartilha da mesma causa mas infelizmente vivem nesta situação. Que Deus tenha misericórdia de todos.

  7. Os regimes comunista /socialistas de fachada ou não são, neste momento, a maior ameaça à paz mundial, com as suas ditaduras cruéis e sanguinárias, a título de exemplo, as mais conhecidas, a Coreia do Norte, a China e, mais recentemente, a Venezuela. No entanto, os holofotes continuam apontados para alguns movimentos de extrema direita que vão surgindo aqui e ali como se de uma iminente ameaça se tratasse. Estes, de certa maneira, surgem em resposta à expansão mundial da doutrina comunista pelo mundo com a China a assumir essa papel de promotor. É necessário acordarmos para a realidade antes que seja tarde de mais.

    • “Os regimes comunista /socialistas de fachada ou não são, neste momento, a maior ameaça à paz mundial…”
      “Estes, de certa maneira, surgem em resposta à expansão mundial da doutrina comunista pelo mundo com a China a assumir essa papel de promotor.”
      Hahahaaaa…. piada ou ignorância??
      Vamos considerar que será apenas ignorância…
      A China quer lá saber de doutrinas – eles estão a tentar dominar o mundo através do capital – essa é a única doutrina da China: comprar tudo!!
      Também gostava de saber em que planeta há essa “expansão mundial da doutrina comunista”!!
      Relembro que estamos em 2020…
      É engraçado referir a “ameaça à paz mundial”, mas, além da China (que é claramente uma ameaça, mas nada tem de comunista!), esquece-se de referir ditaduras de extrema-direita como a Rússia ou a Turquia!…

RESPONDER

"Dirty Dancing" está de volta e conta com Jennifer Grey

John Feltheimer, CEO da Lionsgate, confirmou ao The Guardian que a produtora está a desenvolver uma sequela de Dirty Dancing. O clássico dos anos 80 que agora regressa foi protagonizado originalmente por Patrick Swayze e …

A Bugatti está a vender um carro elétrico "para crianças". Chama-se Baby II e custa 30 mil euros

A Bugatti e a Little Car Company, sediada em Londres, uniram-se para criar 500 Bugattis elétricos em miniatura para crianças. Agora, fruto dos desenvolvimentos mundiais, alguns veículos ficaram disponíveis para compra. O mais recente brinquedo da …

50 anos de monarquia e uma guerra de dias. A pandemia "matou" a micronação mais antiga da Austrália

O reinado de 50 anos de uma micronação na Austrália chegou ao fim devido ao impacto económico da pandemia de covid-19, que fez com que o autodeclarado principado se rendesse ao país. Hutt River, um principado …

NASA vai rebatizar planetas e outros corpos celestes com nomes ofensivos

A agência espacial norte-americana (NASA) anunciou que vai rebatizar alguns planetas, galáxias e outros corpos celestes que possuem nomes "ofensivos". Em comunicado publicado esta quinta-feira, a NASA explica que vai abandonar os nomes "não-oficiais" a …

O maior parque de crocodilos da Índia está à beira da falência. Abriga mais de 2.000 animais

O maior parque de crocodilos da Índia, localizado perto da cidade de Chennai, no sul do país asiático, encontra-se à beira da falência depois de a pandemia de covid-19 ter obrigado a fechar o espaço …

Campanha científica acrescenta mais de 37 mil quilómetros quadrados ao mapa do mar português

A campanha científica que o navio hidro-oceanográfico D. Carlos I da Marinha Portuguesa realizou durante nove semanas nos Açores, para levantamentos hidrográficos, permitiu “acrescentar cerca de 37.500 quilómetros quadrados sondados ao mapeamento do mar português”. Numa …

Apesar dos alertas, houve quem plantasse as sementes misteriosas da China (e já começaram a crescer)

Durante as últimas semanas, pessoas em todo o mundo têm recebido, sem ter encomendado, nas suas caixas de correio sementes com origem na China. Apesar dos avisos em contrário, houve quem plantasse os misteriosos presentes. As …

Marcelo veta redução de debates sobre a Europa. Não foi uma "solução feliz"

O Presidente da República vetou esta segunda-feira a redução do número de debates em plenário para o acompanhamento do processo de construção europeia de seis para dois por ano, defendendo que não foi uma “solução …

Boris Johnson admite alargar quarentena a mais países

O primeiro-ministro britânico, Boris Johnson, admitiu esta segunda-feira alargar o sistema de quarentena a pessoas que cheguem de países atualmente isentos para reduzir o risco de infeção com a doença covid-19 no Reino Unido. "No contexto …

Novo lay-off. Ajuda da Segurança Social para pagar subsídios de Natal pode chegar só em 2021

O apoio ao pagamento do subsídio de Natal previsto pelo Governo para apoiar as empresas no âmbito do novo regime de lay-off, que entrou em vigor em agosto, poderá só ser pago pela Segurança Social …