Manuscrito roubado do Marquês de Sade regressa a Paris

jaci XIII / Flickr

Pormenor de "A Mulher de Lot",  jaci XIII

Pormenor de “A Mulher de Lot”, jaci XIII

O manuscrito de “Cento e Vinte Dias de Sodoma”, escrito por Sade em 1785, roubado, vendido, disputado na justiça suíça e francesa e finalmente recomprado por sete milhões de euros, regressa a Paris no bicentenário da morte do autor.

Um rolo de 12 metros formado por folhas de papel de seda coladas e escritas de ambos os lados compõe esta obra mítica do século XVIII, catálogo de perversões sexuais de uma violência inaudita, redigido na Bastilha pelo marquês de Sade, à revelia dos seus carcereiros.

O manuscrito acaba de voltar a França, procedente de Genebra, em perfeito estado de conservação, e a partir de setembro estará em exposição no Museu de Cartas e Manuscritos, em Paris, uma instituição privada criada por Gérard Lhéritier, o seu novo proprietário.

“Este manuscrito excecional, roubado em 1982, sinalizado pela Interpol e disputado por duas famílias, está, por fim, de regresso a França, após uma história rocambolesca. Mas foram necessários três anos de árduas negociações”, disse Gérard Lhéritier, citado pela agência de notícias francesa, AFP.

Ωριγένης / Wikimedia

Rolo do manuscrito I de "Os 120 dias de Sodoma", na Biblioteca Bodmeriana

Rolo do manuscrito I de “Os 120 dias de Sodoma”, na Biblioteca Bodmeriana

O empresário desembolsou, “no total, sete milhões de euros” por este original muito controverso escrito na Bastilha pelo Marquês de Sade (1740-1814), o que o tornou um dos três manuscritos mais caros conservados em França, estando segurado em 12 milhões de euros pela Lloyds.

Gérard Lhéritier adquiriu-o a Serge Nordmann, filho do colecionador suíço Gérard Nordmann.

“Uma parte dos sete milhões de euros foi para a família Nordmann, detentora legal do rolo, segundo a justiça helvética, e a outra para Carlo Perrone, herdeiro de Nathalie de Noailles, legítima proprietária do manuscrito, segundo a justiça francesa”, explicou.

Lhéritier adiantou que agora irá “fazer com que seja classificado como ‘Tesouro Nacional’, para que permaneça em França e regresse, talvez um dia, à Biblioteca Nacional de França” (BNF).

Em 1785, temendo que a obra lhe fosse confiscada, Sade copiou os seus rascunhos, com uma letra minúscula e estreita, para as duas faces do rolo de papel de seda com 12 metros, composto por folhas de 11,5 centímetros de largura, coladas umas às outras, que escondeu na parede da sua cela, contou o novo proprietário.

Na noite de 03 para 04 de julho de 1789, porque discursava à multidão a partir da sua cela, Sade foi transferido para o hospício de Charenton, deixando para trás o seu manuscrito — uma perda que lamentaria até à morte, afirmando ter derramado “lágrimas de sangue”.

O famoso rolo foi encontrado durante a destruição da Bastilha e vendido ao marquês de Villeneuve-Trans, cuja família o conservou durante três gerações.

No final do século XIX foi vendido a um psiquiatra de Berlim, Iwan Bloch, que publicou em 1904 uma versão repleta de erros.

Em 1929, Charles e Marie-Laure de Noailles, ela descendente do marquês de Sade pelo lado materno, adquirem o manuscrito e publicam-no numa edição limitada aos “bibliófilos subscritores” para evitar a censura.

Mais tarde, a sua filha, Nathalie de Noailles, confiaria, em 1982, o precioso rolo ao seu amigo editor Jean Grouet.

Alguns meses depois, quando o editor deveria devolver-lho, o estojo de couro foi encontrado vazio – o manuscrito tinha sido roubado.

Grouet vendeu o rolo por 300.000 francos (cerca de 50.000 euros) ao colecionador suíço de obras eróticas Gérard Nordmann, assim se tendo iniciado uma feroz batalha judicial, entre a família Noailles, à qual o manuscrito foi roubado, e a família Nordmann, que adquiriu o documento “de boa-fé”.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Irão e Estados Unidos trocam prisioneiros

Irão e Estados Unidos realizaram, este sábado, uma troca de prisioneiros que envolveu a troca de um investigador sino-americano por um cientista iraniano detido pelos EUA, num avanço diplomático que surge após meses de tensão …

Coreia do Norte anuncia "teste muito importante" em local de lançamento de mísseis

A Coreia do Norte anunciou ter realizado um "teste muito importante" no local de lançamento de mísseis de longo alcance, defendendo que terá um efeito fundamental na futura posição estratégica do país. A Agência Central de …

Balas que assassinaram John F. Kennedy preservadas em modelo 3D

A partir do próximo ano, os Arquivos Nacionais dos Estados Unidos vão disponibilizar, no seu catálogo online, imagens 3D das balas que assassinaram o antigo presidente norte-americano John F. Kennedy. Para criar os modelos das …

Pela primeira vez, neurónios artificiais foram criados para curar doenças crónicas

Uma equipa de investigadores conseguiu recriar as propriedades biológicas dos neurónios em chips, que podem ser úteis ajudar na cura de doenças neurológicas crónicas. Naquele considerado um feito única na ciência, investigadores da Universidade de Bath …

Cientistas encontram uma relação negativa "muito forte" entre inteligência e religiosidade

Uma equipa de investigadores sugere que pessoas religiosas tendem a ser menos inteligentes do que pessoas sem crenças religiosas. O estudo tem gerado uma grande controvérsia. A religião é um tema forte, capaz de juntar ou …

Descoberta nova espécie de tubarão pré-histórico que podia chegar aos sete metros

Uma nova espécie de tubarão pré-histórico foi descoberta no Kansas, nos Estados Unidos. Este predador podia crescer até quase sete metros de comprimento. De acordo com a revista Newsweek, Kenshu Shimada, da Universidade DePaul, e Michael …

Conhecido medicamento para diabetes pode conter um carcinógeno

A Food and Drug Administration, agência federal e reguladora do Departamento de Saúde e Serviços Humanos dos Estados Unidos, está a testar amostras de metformina, um medicamento para diabetes que pode conter o carcinógeno N-Nitrosodimetilamina …

Nobel da Física diz que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra

Didier Queloz disse, este sábado, estar convencido de que o ser humano não está concebido para viver fora da Terra, razão pela qual está "zangado" com alguns argumentos do cofundador da Tesla, Elon Musk. Os suíços …

Ford está a reciclar palha de café do McDonald's. Quer transformá-la em peças de carro

https://vimeo.com/377768195 A Ford está a fabricar peças de carro através de palha de café reciclada do McDonald's. A iniciativa contribui para a redução da pegada ecológica e do desperdício alimentar. O combate às alterações climáticas cabe um …

Comité da ONU preocupado com condições das prisões em Portugal

As condições de detenção, a sobrelotação das prisões, o alegado uso da força e outros abusos contra pessoas pertencentes a grupos raciais e étnicos são as principais preocupações do Comité da ONU contra a Tortura …