Manuel Monteiro quer ajudar o “pensamento conservador” a triunfar (e não desiste de voltar ao CDS)

Manuel Monteiro reiterou, em entrevista ao jornal Público, a sua vontade de se voltar a filiar no CDS, partido que já liderou, dizendo ainda que acredita que existem todas as condições para que o “pensamento conservador” triunfe.

“Corresponde a uma vontade minha, que é sempre o aspeto mais importante para quem quer intervir politicamente. Estão hoje reunidas condições para que eu possa regressar ao CDS”, começou por dizer em declarações ao matutino.

“Fiz, há mais de um ano, uma reaproximação, testemunhada pelo meu apoio e participação na campanha autárquica de Assunção Cristas e depois por um conjunto de deslocações pelo país. Tenho consciência de que essa reaproximação é desejada também pelos militantes e pelas estruturas do partido que me convidaram”, garantiu.

O pedido de Manuel Monteiro para se voltar a inscrever no CDS, recorde-se, ficou pendente na sequência da anunciada não recandidatura da ainda líder centrista Assunção Cristas, passando agora para a alçada do seu sucessor.

Manuel Monteiro reconhece que, passados 16 anos da sua saída do partido, ainda há quem veja a sua decisão como uma traição. “Tenho consciência. Respeito e admito que existe essa visão por parte ainda de algumas pessoas, creio que não são a maioria”.

“Saí do CDS, em primeiro lugar, para defender as ideias que tinha, nomeadamente sobre a questão europeia. Em determinado momento Paulo Portas, com toda a legitimidade, entendeu alterar o rumo político do partido nessa matéria que tinha construído comigo, ele mudou de opinião. Entendi que não tinha condições para continuar a defender os meus pontos de vista dentro do CDS”, explicou.

Questionado pelo Público sobre se gostaria de voltar a liderar os centristas, Manuel Monteiro não exclui nenhum cenário, defendendo que gosta de “intervir politicamente”.

“Não tenho o objetivo de voltar a ser o que já fui. Mas há uma coisa que é certa, o facto de não ter essa ambição não me leva a poder afirmar que jamais essa questão se me poderá colocar. Não é algo que hoje me mova. Mas há uma coisa que para mim é clara. Gosto de intervir politicamente, penso na vida e na intervenção política e creio que estão hoje reunidas todas as condições para que o pensamento conservador triunfe em Portugal, cresça e se afirme. E gostaria de dar o meu contributo nessa afirmação. Tenho condições para o fazer, apoiando quem se candidate a presidente do CDS”, afirma.

Sobre a corrida à liderança do CDS, disse, na mesma entrevista ao matutino, que apoiaria a candidatura de Francisco Rodrigues dos Santos, líder da Juventude Popular, caso este candidato lhe pedisse o seu apoio. “Identifico-me com muito do que é dito por Francisco Rodrigues dos Santos, é inquestionável”, apontou.

O antigo líder do CDS frisa ainda que o partido não pode ter “medo” de redefinir as suas bandeiras, propondo a revisão constitucional. Manuel Monteiro diz ainda acreditar que estão reunidas as condições para que o “pensamento conservador triunfe em Portugal”.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Fez-se história. Foguetão da SpaceX lançado com sucesso rumo à EEI

O primeiro foguetão concebido e construído por uma empresa privada, a SpaceX, de Elon Musk, levando a bordo dois astronautas foi lançado este sábado na presença do Presidente do Estados Unidos, Donald Trump. O lançamento decorreu …

"A Rússia não permitirá a privatização da Lua", avisa Roscosmos

A Rússia não permitirá a privatização da Lua, independentemente de quem avance a iniciativa, avisou o chefe da agência espacial russa (Roscosmos), Dmitri Rogozin, em entrevista ao jornal Komsomólskaya Pravda. "Não permitiremos que ninguém privatize a …

Plataforma flutuante extrai energia das ondas, do vento e do Sol

A empresa alemã Sinn Power criou uma plataforma marítima flutuante capaz de gerar energia renovável a partir de ondas, vento e energia solar. A plataforma híbrida combina turbinas eólicas, painéis solares e coletores de energia das …

Balneários proibidos e 3 metros de distância. As regras da DGS para a prática de exercício físico

A Direção-Geral da Saúde (DGS) recomenda uma distância mínima de três metros entre pessoas que pratiquem exercício físico, no âmbito das medidas de prevenção da pandemia de covid-19. A orientação, intitulada “Procedimentos de Prevenção e Controlo …

Astronautas da NASA já se preparam para voo histórico a bordo do foguetão da Space X

Dois astronautas da NASA já estão a equipar-se para o lançamento histórico de um foguetão concebido e construído pela empresa SpaceX, de Elon Musk, apesar de as previsões meteorológicas indicarem mais tempestades. Com o voo já …

Há dez anos, Portugal adotou a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo

Portugal adotou há 10 anos a lei que permitiu o casamento entre pessoas do mesmo sexo, após um debate fraturante que remeteu para mais tarde a adoção de crianças por estes casais, possível apenas desde …

Trabalhadores da Autoeuropa temem perda de centenas de postos de trabalho

A entidade coordenadora das Comissões de Trabalhadores da Autoeuropa assumiu hoje, em comunicado, recear a perda de centenas de empregos no parque industrial, que está sem condições para trabalhar sete dias por semana, após a …

Espécies recém-descobertas de anfíbios já estão em risco de extinção

Uma equipa internacional de cientistas acaba de anunciar a descoberta de duas novas espécies e uma nova subespécie de anfíbios perto do Rio Negro, a norte do Vietname, avança o portal IFL Science. As espécies …

BE e CDS rejeitam "paraministros". Só negoceiam com Costa e Centeno

O Bloco de Esquerda e CDS rejeitam negociações com "paraministros", sublinhando que só discutem com membros do Governo, comentando a manchete do Expresso segundo a qual um gestor petrolífero está a assumir esse papel. O semanário …

Países reinventam turismo. No México, hotéis oferecem 2 noites por cada 2 pagas

A pandemia de covid-19, que já matou mais de 350 mil pessoas em todo o mundo, pôs travão ao turismo mas já há países que preparam a retoma do setor com muitas ofertas e até …