Mais e melhor emprego é a prioridade de Costa em 2018

José Sena Goulão / Lusa

O primeiro-ministro, António Costa

Na mensagem de Natal deste ano, o primeiro-ministro afirmou que a prioridade do Governo em 2018 será “mais e melhor emprego”.

A prioridade do Governo em 2018 é o emprego. Na tradicional mensagem de Natal, o primeiro-ministro António Costa afirmou que “o emprego está no centro da nossa capacidade de conquistarmos o futuro; não apenas mais, mas sobretudo melhor emprego”.

Além disso, Costa aproveitou a mensagem de Natal para destacar os bons resultados económicos alcançados por este Governo, destacando “o maior crescimento económico desde o início do século e o défice mais baixo da nossa democracia”. Resultados estes que, segundo o primeiro-ministro, trouxeram reconhecimento internacional.

“Ainda há dois anos, quando pela primeira vez partilhei convosco esta noite de Natal, muitos escutaram com ceticismo o meu triplo compromisso de alcançarmos ‘mais crescimento, melhor emprego e maior igualdade’”, realça António Costa, admitindo, porém, que o caminho não foi fácil.

Com os olhos postos no futuro, o primeiro-ministro prometeu colocar a criação de mais e melhor emprego como prioridade principal do Governo. No próximo ano, garante “emprego qualificado” e “habilitação acessível” para os mais jovens. Segundo Costa, o próximo ano será sinónimo de “emprego digno, salário justo e oportunidade de realização profissional”.

Segundo o JN, esta é, para Costa, a única forma de garantir um “crescimento sustentável” para Portugal, por forma a estar apto para lidar com os novos desafios deste século – como as “alterações climáticas, a sociedade digital e o declínio demográfico”.

Nesta mensagem de Natal, António Costa recordou também as vítimas dos incêndios que assolaram Portugal num ano “dramaticamente marcado pela perda de vidas humanas”. “Não esqueceremos nunca a dor e o sofrimento das pessoas, nem o nível de destruição desta catástrofe”, assegurou o primeiro-ministro.

Melhorias na prevenção e combate aos incêndios e, sobretudo, a revitalização do interior e o reordenamento da floresta foram outras das promessas de António Costa que destacou também a “enorme onda de solidariedade” traduzida na capacidade dos portugueses em “superar e vencer as adversidades”.

“Este ano confirmou que, perante as dificuldades, os portugueses se unem na solidariedade e com determinação. É com essa energia e com essa vontade que contamos em 2018 continuar com mais crescimento, melhor emprego, maior igualdade”, afirma António Costa.

ZAP //

PARTILHAR

3 COMENTÁRIOS

  1. Ó Costa diz lá aos camaradas da geringonça que a continuar assim os “alemões” da Ford wolkswagen vão dar uma ajuda ao TRABALHO MÍNIMO GARANTIDO.
    É só burros, já não há paciência

  2. Querem ver que este palhaço também vai criar 250 mil postos de trabalho…! Com papas e bolos vais enganando os tolos. Mas a mim não me enganas. Nem tu nem nenhum da gerigonça a que pertences!!

RESPONDER

O núcleo interno da Terra está a crescer mais de um lado do que do outro

O núcleo interno da Terra está a crescer mais de um lado do que do outro. No entanto, isto não quer dizer que o nosso planeta esteja a ficar inclinado. Mais de 5.000 quilómetros abaixo de …

Incêndios devastam sul da Europa e obrigam a retirar moradores e turistas

Dezenas de aldeias e hotéis foram este domingo evacuados nas zonas turísticas do sul da Turquia devido a incêndios que começaram há cinco dias e já mataram oito pessoas no país, devastando também regiões da …

Há uma empresa a transformar as cinzas de entes queridos em diamantes

Uma empresa norte-americana transforma cinzas de entes queridos — e animais de estimação — em diamantes, que podem ser colocados em anéis ou colares. Lidar com a morte de um ente querido é sempre uma altura …

Pianista de aeroporto ganhou 60 mil dólares em gorjetas

Tonee "Valentine" Carter, que toca piano num aeroporto norte-americano, ganhou 60 mil dólares (cerca de 50.800 mil euros) depois de um estranho partilhar um vídeo seu a tocar. Tonee "Valentine" Carter, de 66 anos, não é …

Youtubers denunciam campanha de fake news contra vacina da Pfizer

De acordo com a imprensa brasileira, uma agência de marketing terá tentado que influenciadores digitais de todo o mundo partilhassem desinformação sobre as vacinas contra a covid-19. A denúncia foi feita por alguns dos influenciadores …

Na Tailândia, a legalização do aborto enfrenta "resistência espiritual"

Desde fevereiro, qualquer pessoa que procure fazer um aborto na Tailândia consegue fazê-lo legalmente, pelo menos no primeiro trimestre. Ainda assim, muitos médicos e enfermeiros recusam-se a levar a cabo o procedimento. A advogada Supecha Baotip …

Haiti. Viúva do presidente assassinado implica seguranças no crime

Martine Moise, a viúva do presidente haitiano Jovenel Moise — assassinado na sua residência por um comando armado no início de julho — descreveu abertamente o ataque e partilhou as suas suspeitas sobre o crime …

Covid-19. Portugal regista 2.306 novos casos e aumento nos internados

Portugal registou este domingo 2.306 novos casos de infeção por covid-19 e mais oito mortes, segundo o boletim epidemiológico da Direção-Geral da Saúde (DGS).  Portugal regista este domingo oito mortes atribuídas à covid-19, 2.306 novos casos …

Birmânia. Líder da junta volta a prometer eleições até 2023, seis meses depois do golpe militar

O líder da junta militar birmanesa, no poder desde o golpe de 1 de fevereiro, comprometeu-se novamente a realizar eleições "até agosto de 2023". “Estamos a trabalhar para estabelecer um sistema multipartidário democrático”, disse, este domingo, …

Tóquio2020. Patrícia Mamona conquista medalha de prata no triplo salto (e melhora recorde nacional)

Patrícia Mamona conquistou este domingo a medalha de prata no triplo salto dos Jogos Olímpicos Tóquio2020, ao conseguir 15,01 metros, novo recorde nacional, arrebatando a segunda medalha por atletas portugueses depois do bronze do judoca …