/

Mais e melhor emprego é a prioridade de Costa em 2018

3

José Sena Goulão / Lusa

O primeiro-ministro, António Costa

Na mensagem de Natal deste ano, o primeiro-ministro afirmou que a prioridade do Governo em 2018 será “mais e melhor emprego”.

A prioridade do Governo em 2018 é o emprego. Na tradicional mensagem de Natal, o primeiro-ministro António Costa afirmou que “o emprego está no centro da nossa capacidade de conquistarmos o futuro; não apenas mais, mas sobretudo melhor emprego”.

Além disso, Costa aproveitou a mensagem de Natal para destacar os bons resultados económicos alcançados por este Governo, destacando “o maior crescimento económico desde o início do século e o défice mais baixo da nossa democracia”. Resultados estes que, segundo o primeiro-ministro, trouxeram reconhecimento internacional.

“Ainda há dois anos, quando pela primeira vez partilhei convosco esta noite de Natal, muitos escutaram com ceticismo o meu triplo compromisso de alcançarmos ‘mais crescimento, melhor emprego e maior igualdade’”, realça António Costa, admitindo, porém, que o caminho não foi fácil.

Com os olhos postos no futuro, o primeiro-ministro prometeu colocar a criação de mais e melhor emprego como prioridade principal do Governo. No próximo ano, garante “emprego qualificado” e “habilitação acessível” para os mais jovens. Segundo Costa, o próximo ano será sinónimo de “emprego digno, salário justo e oportunidade de realização profissional”.

Segundo o JN, esta é, para Costa, a única forma de garantir um “crescimento sustentável” para Portugal, por forma a estar apto para lidar com os novos desafios deste século – como as “alterações climáticas, a sociedade digital e o declínio demográfico”.

Nesta mensagem de Natal, António Costa recordou também as vítimas dos incêndios que assolaram Portugal num ano “dramaticamente marcado pela perda de vidas humanas”. “Não esqueceremos nunca a dor e o sofrimento das pessoas, nem o nível de destruição desta catástrofe”, assegurou o primeiro-ministro.

Melhorias na prevenção e combate aos incêndios e, sobretudo, a revitalização do interior e o reordenamento da floresta foram outras das promessas de António Costa que destacou também a “enorme onda de solidariedade” traduzida na capacidade dos portugueses em “superar e vencer as adversidades”.

“Este ano confirmou que, perante as dificuldades, os portugueses se unem na solidariedade e com determinação. É com essa energia e com essa vontade que contamos em 2018 continuar com mais crescimento, melhor emprego, maior igualdade”, afirma António Costa.

  ZAP //

3 Comments

  1. Ó Costa diz lá aos camaradas da geringonça que a continuar assim os “alemões” da Ford wolkswagen vão dar uma ajuda ao TRABALHO MÍNIMO GARANTIDO.
    É só burros, já não há paciência

  2. Querem ver que este palhaço também vai criar 250 mil postos de trabalho…! Com papas e bolos vais enganando os tolos. Mas a mim não me enganas. Nem tu nem nenhum da gerigonça a que pertences!!

Deixe o seu comentário

Your email address will not be published.

PUBLICIDADE
PUBLICIDADE