Maior favela de São Paulo vai ter banco e moeda próprios

A favela de Paraisópolis, a maior de São Paulo, de acordo com o censo de 2010 do IBGE, vai ter um banco e uma moeda própria administrados pelos moradores. Será a primeira vez que uma comunidade da zona oeste paulistana terá uma iniciativa como esta.

A instituição financeira vai se chamar Banco de Paraisópolis e será gerida pela associação de moradores e comerciantes da área. Já a moeda, apelidada de Nova Paraisópolis, deverá ser impressa e vai circular apenas dentro do bairro.

Segundo a Rede Brasileira de Bancos Comunitários, há 103 dessas instituições a operar no país e fizeram circular 40 milhões de reais (quase 10 milhões de euros) entre 2016 e o final do ano passado. Funcionam à margem dos grandes bancos, de forma independente, e oferecem serviços populares que ajudam a desenvolver as regiões onde estão inseridas.

Uma das suas funções, por exemplo, é possibilitar microcrédito com juros baixos para moradores e pequenos comerciantes – em grandes bancos, normalmente as taxas são maiores, segundo a BBC.

O Banco de Paraisópolis terá uma agência dentro da favela, além de oferecer contas correntes, cartão de débito e uma aplicação para telemóvel. Mais de 6 mil pessoas já utilizam um cartão de crédito exclusivo para moradores da comunidade.

“A nossa ideia é que as pessoas tenham uma conta, possam fazer levantamentos e pequenos empréstimos”, diz Gilson Rodrigues, líder comunitário e presidente da União de Moradores e Comerciantes de Paraisópolis.

Para financiar a iniciativa, a associação vai realizar um jantar de doações com empresários e personalidades. O dinheiro arrecadado irá para um fundo, que financiará as ações do banco.

Quando um morador pedir um empréstimo, por exemplo, o valor sairá desse fundo – depois, quando pagar a dívida, o dinheiro retorna ao banco para ficar disponível para outras pessoas.

Já os juros e as taxas de funcionamento serão usados para financiar causas da comunidade, além dos 32 projetos sociais que a associação de moradores tem na área, como uma orquestra de jovens ou um grupo de ballet.

“O nosso objetivo não é ganhar dinheiro, não é gerar lucro, mas investir no desenvolvimento da comunidade, no comércio e no consumo local, gerando empregos”, explica Gilson.

Estima-se que Paraisópolis tenha cerca de 100 mil habitantes e 8 mil estabelecimentos comerciais – a maioria pertence a moradores. Grandes empresas também estão de olho nesse potencial económico e abriram lojas na área.

Cerca de 21% dos moradores trabalha dentro da própria favela, segundo a associação de moradores. Quem tiver conta no banco local terá descontos no comércio credenciado.

Por outro lado, apesar do comércio aquecido e da fama adquirida com uma novela da TV Globo que usava as suas vielas como cenário, Paraisópolis ainda tem uma série de problemas comuns a todas as favelas do Brasil, como a pobreza extrema e a falta de saneamento básico.

Obras de urbanização estão paradas há anos, como canalização e a construção de moradias sociais.

O novo banco deve priorizar empréstimos que financiem o comércio local, ajudando os clientes a desenvolverem os seus negócios. “Quando incentivamos e preparamos os comerciantes, a tendência é que o negócio corra bem e nos devolvam o dinheiro”, diz Gilson, de 33 anos.

ZAP //

PARTILHAR

RESPONDER

Cientistas queriam estudar a propagação das borboletas, mas criaram uma matriosca de parasitas

Objetivo dos cientistas era perceber, através da introdução da espécie de borboletas Glanville fritillary qual o seu poder de dispersão numa ilha finlandesa. No entanto, acabaram com um retrato alarmante para todos os investigadores que …

Marcelo encontra-se em Nova Iorque com Presidentes das Maldivas e Peru

O Presidente da República tem agendados encontros bilaterais com cinco chefes de Estado, em Nova Iorque, à margem da Assembleia Geral da Organização das Nações Unidas (ONU), entre os quais os presidentes das Maldivas e …

Erupção do Fagradalsfjall dura há seis meses. É a mais longa na Islândia em 60 anos

A erupção vulcânica perto de Reykjavik se tornou a mais longa da história da Islândia desde 1960, marcando seis meses de expulsão de gás, pedra e lava no domingo (18). Milhares de espectadores ficaram maravilhados com …

Cientistas foram à procura de matéria escura e acabaram por encontrar energia escura

Uma equipa de cientistas foi à procura de matéria escura e pode ter encontrado energia escura em vez disso. Os investigadores querem ter a certeza que não foi uma casualidade. A energia escura é uma forma …

Role play ao serviço da Ciência. Investigadores fingem ser Neandertais para estudar caça a aves

Uma equipa de investigadores espanhóis decidiu adotar a "dramatização" científica para reconstruir um novo elemento do comportamento Neandertal: a cooperação com os membros do grupo enquanto usa fogo e ferramentas para caçar gralhas no interior …

Estoril 0-1 Sporting | Figueira deu o fruto que saciou o leão

Foi preciso surgir um erro crasso do guarda-redes estorilista (até então a fazer uma belíssima exibição) para o campeão nacional poder respirar de alívio e festejar a quarta vitória na Liga, esquecendo por agora a …

A tinta mais branca do mundo ajuda a poupar energia nas casas - e pode eliminar de vez o ar condicionado

Uma equipa de investigadores da Universidade de Purdue desenvolveu uma tinta tão branca que revestir um prédio com ela pode reduzir, ou até mesmo eliminar, a necessidade de ter ar condicionado. Depois de testar mais de …

Costa promete "lição exemplar" à Galp depois de "tanto disparate" em Matosinhos

O secretário-geral do PS, António Costa, considerou hoje que “era difícil imaginar tanto disparate, tanta asneira, tanta insensibilidade” como a Galp demonstrou no encerramento da refinaria de Matosinhos, prometendo uma “lição exemplar” à empresa. Falando em …

Porto 5-0 Moreirense | Días, Taremi e Fábio, o trio maravilha

O Porto foi o primeiro dos “grandes” a entrar em campo e deu o mote, e que mote. Os “dragões” receberam o Moreirense e golearam sem apelo nem agravo, por 5-0, graças a uma segunda …

Ronaldo volta a marcar pelo United em jogo com final frenético

O português Cristiano Ronaldo voltou hoje a marcar pelo Manchester United, mas foram Lingaard e David de Gea que ‘brilharam’ na vitória sobre o West Ham, por 2-1, em jogo da quinta jornada da Liga …