A maior escultura do mundo está quase pronta (e tem o dobro do tamanho da Estátua da Liberdade)

A estrutura daquela que será a mais alta estátua do mundo está a ganhar forma na Índia. A estátua, prestes a ser concluída, foi projetada para ter 182 metros – o equivalente a um prédio com mais de 50 andares.  

Este será um tributo a Sardar Vallabhbhai Patel, herói e símbolo da luta pela independência do país. Quando estiver concluída, a estátua vai destronar o lugar até agora ocupado pelo Buda do Templo da Primavera, na China, que mede 128 metros, considerado até então o maior do mundo, revela a BBC.

Para quebrar este recorde, a Índia estima gastar cerca de 350 milhões de euros. O monumento, com inauguração marcada para o próximo dia 31 de outubro, é visto como um projeto pessoal do primeiro-ministro Narendra Modi.

Patel foi o primeiro vice-presidente da Índia após a independência em 1947. A estátua em homenagem à figura histórica tem sido apelidada com a “estátua da unidade”. O líder é conhecido como o “homem de ferro da Índia”, uma vez que conseguiu persuadir regiões rivais a unirem-se e tornarem-se parte do país após a independência.

O político nasceu na zona rural de Gujarate, um dos 28 estados da Índia onde está a ser erguido o seu tributo. Mais de 2.500 trabalhadores estão envolvidos na construção.

Nacionalistas hindus, que assumiram o governo da Índia com o Partido do Povo Indiano em 2014, alegaram que o lugar de Patel na História tinha sido esquecido em detrimento de membros da dinastia Nehru, que dominou a política indiana durante anos.

Durante a campanha, em 2013, o agora primeiro-ministro disse que “todos os indianos lamentam o facto de Sardar Patel não ter chegado a primeiro-ministro”.

Quando estiver terminada, a estátua de bronze vai ter quase duas vezes o tamanho da estátua da Liberdade, um dos principais símbolos de Nova York, nos Estados Unidos.

Acredita-se que o local escolhido para abrigar a estátua vai transformar-se numa atração turística em Gujarate. À altura do peito da estátua haverá uma galeria para visitação, com vista panorâmica para a paisagem em volta.

ZAP ZAP // BBC

PARTILHAR

8 COMENTÁRIOS

  1. “… a Índia estima gastar cerca de 350 milhões de euros ,,,”
    num pais em que ha tanta pobreza e o estado vai gastar tanto dinheiro para fazer uma estatua com esta grandeza.
    pelo que vejo para os governantes é mais importante esta estatua e o dinheiro gasto que que tirar da pobreza algumas pessoas
    é para mostrar ao mundo que também têm direito a um “brinquedo”?

  2. Entretanto chega-se há conclusão de que a independência nada de proveitoso lhes trouxe, mentalidade retrógrada e miséria parece ser o forte daquele país, esse dinheiro gasto em benefício da população certamente beneficiaria muitos milhares ou milhões de cidadãos que por sua vez também estão divididos em lutas religiosas e políticas que jamais se entenderão como um só povo.

    • QUEM DECIDE ESTAS COISAS SÃO OS POLÍTICOS… E NENHUM POLÍTICO SE INTERESSA PELO BEM ESTAR, A NÃO SER O DELES…. GASTAR O QUE OS OUTROS TRABALHARAM PARA GANHAR TAMBÉM É SINÓNIMO DE POLÍTICO…. DAÍ NÃO VEJO ADMIRAÇÃO NENHUMA…… POLÍTICOS HÁ MUITOS…. DOS BONS NEM SEQUER DÁ PARA CONTAR PELOS DEDOS…

Líder do Volt é candidato à Câmara de Lisboa

Tiago Matos Gomes anunciou a sua candidatura à Câmara Municipal de Lisboa. É a primeira vez que o Volt Portugal vai a votos. O líder do recém-criado Volt, Tiago Matos Gomes, é o cabeça de lista …

Tribunal não consegue notificar informador do caso Tancos conhecido por "Fechaduras"

O Tribunal de Santarém não conseguiu notificar a testemunha Paulo Lemos, conhecido como "Fechaduras", para esta segunda-feira ser ouvido no processo de Tancos, onde chegou a ser arguido. No início da sessão, a decorrer no Centro …

“Ajudar o presidente a encontrar mulheres”. Deputada do PSD vai enviar lista de candidatas disponíveis para as autárquicas

No sábado, o líder do PSD Rui Rio afirmou que o partido tinha dificuldade em encontrar candidatas mulheres para as eleições autárquicas. Em resposta, Lina Lopes, coordenadora das Mulheres Social-Democratas, diz que não faltam mulheres …

Chega vai questionar Governo sobre "despesas supérfluas" da presidência da UE

O deputado único do Chega anunciou, no domingo, que vai questionar esta segunda-feira o gabinete do primeiro-ministro acerca das "despesas supérfluas" da presidência portuguesa do Conselho da União Europeia. Em comunicado, André Ventura, que foi reeleito …

Ministra da Saúde alerta para continuidade de “três ameaças” da pandemia

A pandemia de covid-19 em Portugal continua a apresentar “três ameaças” apesar das medidas de restrição em vigor, adiantou hoje a ministra da Saúde, reservando o anúncio de eventuais medidas de desconfinamento para quinta-feira. Em declarações …

Portugal está "em condições invejáveis" de produzir hidrogénio verde, diz ministro do ambiente

"Estamos mesmo em condições invejáveis de sermos um grande produtor de hidrogénio verde", assegurou o ministro do ambiente e da ação climática, João Pedro Matos Fernandes, no terceiro de quatro debates do Expresso e da …

Biólogo defende que pandemia pode ter nascido de "erro honesto" em laboratório chinês

Professor de Princeton defende que não é possível descartar a possibilidade de que a pandemia tenha começado com uma fuga acidental num laboratório de virologia de Wuhan. A origem da pandemia de Covid-19 continua por apurar …

Israel reabre restaurantes e universidades após vacinar mais de metade da população

Israel, um dos países mais vacinados do mundo contra a covid-19, iniciou a terceira fase do desconfinamento, depois de o governo ter aprovado novas medidas que passaram a ser adotadas no domingo. Segundo avançou o Expresso, …

Mais 25 mortes e 365 novos casos nas últimas 24 horas

Os dados atualizados da Direção-Geral da Saúde (DGS) indicam que Portugal registou, nas últimas 24 horas, 25 mortes e 365 novos casos de covid-19. O boletim epidemiológico desta segunda-feira mostra que mantém-se a tendência de …

Ministra da Presidência lembra que desconfinamento será sempre "faseado e lento"

A ministra de Estado e da Presidência afirmou, este domingo, que o plano de desconfinamento será sempre "faseado e lento", dependendo da atuação do país e dos números concretos de cada momento. Em entrevista à SIC …