Mãe reencontra-se com falecida filha de 7 anos em realidade virtual

Em 2016, Nayeon, filha de 7 anos de Jang Ji-sung, morreu devido a uma doença incurável. Três anos depois, a mãe reencontrou-se com a menina num mundo virtual criado para um documentário televisivo.

Na quinta-feira, a Munhwa Broadcasting Corporation partilhou um vídeo do documentário especial, intitulado “I Met You”, na sua página no YouTube, com as cenas cortadas entre o mundo real e o virtual.

No cenário, Jang está à frente de um enorme fundo verde, com óculos de realidade virtual e luvas hápticas – uma tecnologia que permite ter a sensação de tato e a sensação de maleabilidade e resistência de objetos dentro de um ambiente virtual.

O reencontro na realidade virtual é extremamente emocional. Jang parece começar a chorar no momento em que vê Nayeon virtual, enquanto o resto da família – pai, irmão e irmã de Nayeon – vê o encontro a desenrolar-se com expressões sombrias e lágrimas ocasionais.

Na simulação, a menina corre na direção da mãe a perguntar: “Onde estiveste, mãe? Pensaste em mim?”. “Eu faço-o sempre”, respondeu Jang, estendendo a mão para tocar Nayeon, conseguindo mesmo “segurar” a mão da menina virtual.

“Talvez seja um verdadeiro paraíso”, disse Jang sobre o encontro em realidade virtual, de acordo com o Aju Business Daily. “Eu encontrei-me com Nayeon, que me chamou com um sorriso, durante um tempo muito curto, mas é um momento muito feliz. Acho que tive o sonho que sempre desejei”.

A equipa de produção passou oito meses no projeto, tendo projetado o parque virtual em honra de um que a mãe e a filha visitavam no mundo real e usado a tecnologia de captura de movimento para registar os movimentos de um ator infantil que, mais tarde, seriam usados como modelo para a Nayeon virtual.

Jang disse que concordou em aparecer no documentário para fornecer conforto a “alguém que perdeu um filho como eu ou que perdeu um irmão ou um pai”. “Três anos depois, acho agora que devo amá-la mais do que sinto falta dela, para que possa ter certeza quando a encontrar mais tarde”, acrescentou.

O processo pode não ter sido simples e o produto final pode não ter sido perfeito. Porém, agora temos tecnologia para recriar os mortos em realidade virtual – e as implicações disto são impossíveis de prever, escreve o Futurism. Pode ter sido necessária uma equipa inteira de especialistas para produzir “I Met You”, mas quão longe estamos de uma plataforma que permite que alguém faça upload de imagens de um ente querido e depois interaja com uma versão virtual dessa pessoa? Anos? Meses?

E há mais perguntas: Que tipo de impacto terá no processo de luto? Ver um ente querido em realidade virtual ajudará as pessoas a seguir em frente após uma morte? Algumas pessoas tornar-se-ão viciadas no mundo virtual, gastando cada vez mais tempo nele e menos no mundo real?

Várias startups estão já a preparar as bases para o futuro, compilando dados sobre pessoas vivas e mortas para que possam criar “avatares digitais” dessas pessoas. Outras empresas já estão a construir clones de robôs de pessoas reais.

Será necessária regulamentação? Em vez de permitir que as startups ofereçam ao público a possibilidade de interagir com versões virtuais dos seus entes queridos mortos, talvez se possa disponibilizar a tecnologia apenas a pessoas que foram submetidas a uma triagem com um psicólogo.

É difícil dizer o que pode funcionar, uma vez que esta oportunidade é um território desconhecido. Mas agora que entramos oficialmente nesta arena, temos muitas perguntas que precisamos de responder o mais rapidamente possível.

ZAP //

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

  1. Ao site Zap. Eu achei incrível essa notícia e compartilhei o link no meu Facebook. Peço por favor que me desculpem se não podia fazê-lo. Se tiver algum problema, eu retiro. Obrigado pelas ótimas notícias. Abraços

RESPONDER

O coronavírus pode ser a "doença X" temida pelos especialistas

O coronavírus, que já matou 2.700 pessoas e infetou mais de 80 mil desde dezembro, está a tornar-se "rapidamente" no primeiro grande desafio pandémico do mundo, enquadrando-se nos moldes da "doença X" temida por especialistas. O …

Media Capital passou de lucros a prejuízos de 54,7 milhões

A Media Capital registou prejuízos de 54,7 milhões de euros no ano passado, contra lucros de 21,6 milhões de euros um ano antes, anunciou hoje a dona da TVI, que está em processo de compra …

Camas na classe económica dos aviões podem vir a tornar-se uma realidade

A companhia aérea neozelandesa Air New Zealand está a pensar incluir camas na classe económica de alguns dos seus voos mais longos. A ideia deverá avançar dentro de um ano. A companhia aérea neozelandesa Air New …

Temperatura do planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões de anos

A temperatura no planeta pode estabilizar nos valores de há três milhões a cinco milhões de anos, caso a humanidade consiga estancar as emissões de gases com efeito de estufa até 2030, diz a especialista …

Operação Lex. Juiz Vaz das Neves arguido por corrupção e abuso de poder

O ex-presidente do Tribunal da Relação de Lisboa Vaz das Neves é arguido na Operação Lex por suspeitas de corrupção e abuso de poder relacionadas com a distribuição eletrónica de processos, disse à Lusa fonte …

Governo quer licenças de trabalho parcial pagas para pais no primeiro ano dos filhos

O Governo quer implementar licenças de trabalho parcial remuneradas para pais e mães de crianças no seu primeiro ano de vida, no âmbito do programa para a conciliação entre vida profissional e vida familiar e …

Covid-19. Portugal "tem de preparar-se para o pior" e ter plano de contingência

Ricardo Mexia, presidente da Associação Nacional de Médicos de Saúde Pública, defende que Portugal tem de se preparar para o pior e, por esta altura, já devia ser conhecido o plano de contingência em ação. "Convém …

Misteriosa mensagem esculpida numa rocha em França foi finalmente decifrada

A inscrição, gravada há 250 anos numa rocha na região francesa da Bretanha, foi finalmente decifrada graças a um concurso lançado pelo município. O mistério, que há muitos anos intrigava a comunidade científica e curiosos de …

Transferência de Bruno Fernandes rendeu 16 milhões ao BCP e ao Novo Banco

A transferência de Bruno Fernandes do Sporting para o Manchester United foi rentável não apenas para o clube de Alvalade, mas também para os Bancos que são os principais financiadores do emblema. Millennium BCP e …

Braga 0-1 Rangers | "Guerreiros" eliminados por pé Kent

O Sporting de Braga caiu nos 16 avos-de-final da Liga Europa. Após a derrota por 3-2 na visita ao Rangers na semana passada, após estar a vencer por 2-0, os “arsenalistas” foram donos e senhores …