Maduro ordena que empresas de eletrodomésticos devolvam dinheiro

Fabio Rodrigues Pozzebom / ABr

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro (foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr)

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro (foto: Fabio Rodrigues Pozzebom/ABr)

O presidente da Venezuela, Nicolás Maduro, ordenou às lojas de eletrodomésticos que devolvam aos clientes o dinheiro que estes, alegadamente, pagaram a mais nos últimos meses, e instou os venezuelanos a deslocarem-se às lojas exigindo o reembolso.

“Todos os que compraram a preços mais altos, que vão aos estabelecimentos e peçam que lhes devolvam o seu dinheiro”, disse.

Nicolás Maduro falava, sábado, durante uma transmissão obrigatória de rádio e televisão, em que voltou a instar os empresários envolvidos em especulações a retificarem os preços.

“Eu vou fazer um apelo a todos, aos grossistas, aos que distribuem, aos que importam e aos que vendem (…) Reflexão e mais reflexão. Retifiquem a tempo. Vocês podem manter as vossas atividades económicas tranquilamente, mas respeitem os preços justos”, disse.

Segundo as autoridades venezuelanas seis administradores de lojas de eletrodomésticos foram detidos na sequência de inspeções que conduziram a indícios de aumentos injustificados nos preços dos produtos.

Na última sexta-feira Nicolás Maduro ordenou que fosse ocupada a rede da empresa ‘Daka’ e que todos os seus produtos fossem vendidos a “preços justos”.

Maduro recordou que já tinha advertido os empresários e insistiu que quem “estiver a roubar o povo terá de enfrentar nos próximos dias a lei, o Estado e o povo”.

No sábado centenas de venezuelanos deslocaram-se às lojas onde o Governo ordenou que fossem alterados os preços, adquirindo eletrodomésticos. No Estado de Carabobo, a 200 quilómetros a leste de Caracas, um grupo de pessoas saqueou uma das sucursais de ‘Daka’.

Na noite de sábado a ‘Sigo’ teve que fechar as portas depois de um grupo de cidadãos tentar entrar à força na loja, na ilha de Margarita, a nordeste de Caracas.

Na última quarta-feira Maduro anunciou que o seu Governo iniciaria uma grande operação para combater a especulação e o açambarcamento de bens no país.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Derrocada em Borba. Um ano depois, ainda é uma ferida aberta e problemas continuam

Um ano depois do acidente na pedreira de Borba, o sindicato que representa os trabalhadores garante que os perigos persistem, enquanto a associação Assimagra salienta que foi um caso “isolado” e está a avançar com …

Caracóis estão a ficar amarelos para se adaptarem às alterações climáticas

Nas áreas urbanas, os caracóis estão a ficar com as cascas amarelas para se adaptarem às alterações climáticas. Os cientistas vão agora analisar os padrões das penas dos pássaros, para perceberem se também há uma …

Os terrenos contaminados de Fukushima vão tornar-se num centro de "energia verde"

Fukushima, local que sofreu um dos maiores desastres nuclear do mundo, vai reinventar-se e tornar-se num centro de energia renovável. Depois de ser atingido por um terramoto e um tsunami de 15 metros em 2011, três …

Cientistas identificaram neurónios específicos que mapeiam memórias

Neurocientistas descobriram um aspeto curioso de como a nossa memória funciona: Quando o cérebro precisa de recuperar informação relacionada com um lugar específico, neurónios individuais podem atingir memórias específicas. De acordo com o estudo publicado na …

Grande tempestade de areia pode ter ditado o fim de um império da Mesopotâmia

O Império Acádio da Mesopotâmia entrou em colapso devido a uma enorme tempestade de areia, sugeriu uma nova investigação levada a cabo por cientistas da Universidade de Hokkaido, no Japão. Em comunicado, os especialistas explicam …

Encontrado templo milenar usado em rituais pagãos de veneração da água

O local tem 3.000 anos, onde investigadores encontraram 21 sepulturas, bem como várias peças de cerâmica e anéis de cobre. O templo era usado em rituais pagãos de veneração da água. Uma equipa de arqueólogos encontrou …

Elon Musk diz que inovações da Neuralink vão conseguir curar o autismo

Musk disse que a sua empresa Neuralink iria "solucionar uma série de doenças neurológicas", entre as quais o autismo. Contudo, o autismo não é uma doença relacionada com o cérebro, mas sim uma perturbação do …

"Indivíduos desconhecidos" terão obrigado Marinha a apagar vídeo do incidente do USS Nimitz com um OVNI

Vários membros da Marinha que testemunharam o famoso Incidente do USS Nimitiz, em 2004, disseram que "indivíduos desconhecidos" apareceram depois do acontecimento e obrigaram-nos a apagar as gravações de vídeo. Em novembro de 2004, um porta-aviões …

Coreia do Norte detonou bomba atómica equivalente a 17 "Hiroshimas"

Dados de um satélite japonês revelam que a explosão de um teste nuclear na Coreia do Norte, em 2017, terá sido 17 vezes mais poderosa do que a bomba de Hiroshima. A Coreia do Norte estimou que …

Invenção financiada por Bill Gates pode invisivelmente resolver a malnutrição

Uma invenção financiada por Bill e Melinda Gates pode ser a solução para resolver o problema da malnutrição a nível mundial. O próximo passo é conseguir o apoio dos Governos locais. A malnutrição é um problema …