Maduro aceita conversar com Guaidó sobre “acordo de salvação” da Venezuela

(h) Miraflores Press / EPA

Nicolás Maduro, Presidente da Venezuela

O Presidente venezuelano, Nicolás Maduro, anunciou estar disposto a reunir-se quando a oposição quiser, um dia depois de o líder opositor Juan Guaidó propor um “acordo de salvação” da Venezuela, entre as “forças democráticas” e o regime, sob intermediação internacional.

“Agora (Juan) Guaidó quer sentar-se a dialogar comigo. Será que lhe deram a ordem a partir do Norte [Estados Unidos]?”, disse Maduro na quarta-feira, durante uma reunião de trabalho com membros do Governo, transmitida pela televisão estatal, noticiou esta quinta-feira a agência Lusa.

“Estou de acordo em dialogar, com a ajuda da União Europeia, os Estados Unidos, o reino da Noruega e do Grupo de Contacto, e com toda a oposição para ver se deixam o caminho da guerra e se juntam ao eleitoral. Aprovada a proposta”, declarou.

Maduro frisou estar na disposição de se reunir com a oposição “onde e quando quiserem”, sublinhando ainda que se Guaidó “quer dialogar, quer recapacitar”, será “bem-vindo”. “Mas tem de incorporar-se aos diálogos que já estão em curso. Não pense ele que é o líder supremo de um país que não o reconhece”, apontou.

O líder opositor venezuelano propôs na terça-feira avançar com um “acordo de salvação nacional” entre as “forças democráticas” e o Governo de Maduro que inclua um calendário para eleições livres e levantamento progressivo das sanções internacionais.

“A gravidade da crise, os nossos aliados, a comunidade internacional e o que construímos ao longo dos anos nos dizem que devemos chegar a um acordo para salvar a Venezuela. Não a qualquer acordo ou negociação que mantenha igual o que hoje está (…) ou que troque espelhos por alguns encargos”, referiu.

A proposta foi feita através de um vídeo, divulgado em Caracas, em que começa por dizer que o país “vive a pior crise” da sua história e que o momento atual “necessita de seriedade, empatia por quem mais sofre, ação ligada aos princípios e buscar ações realistas e viáveis”.

Rayner Peña / EPA

Juan Guaidó

As propostas de Guaidó

“Estamos a usar todos os mecanismos e capacidades que dependem de nós, mas ainda temos que atingir o objetivo fundamental de recuperar nossa democracia”, afirmou.

Segundo Guaidó “a Venezuela precisa de um acordo de salvação nacional” que, “entre as forças democráticas representadas pelo governo interino, a Assembleia Nacional e a plataforma unitária, os atores que constituem e sustentam o regime e a comunidade internacional, especialmente as potências internacionais”.

“Propomos um acordo que inclua, a convocação de um calendário de eleições livres e justas: presidenciais, parlamentares, regionais e municipais com observação e apoio internacional”, explicou.

O acordo, explicou, deve ainda englobar “a entrada maciça de ajuda humanitária e vacinas contra a covid-19; garantias para todos os atores das forças democráticas e também do ‘chavismo’, com mecanismos para a reinstitucionalização da Venezuela”.

Também a libertação dos presos políticos, o regresso dos exilados, “justiça de transição”, o compromisso da comunidade internacional para a recuperação e “oferecer incentivos ao regime, incluindo o levantamento progressivo das sanções, condicionado ao cumprimento dos objetivos fundamentais do acordo”.

Guaidó disse que “ninguém confia na ‘ditadura'”, sendo preciso “maior pressão nacional e internacional” para garantir um processo que inclua garantias, mas também “mecanismos para prestação de contas” se o regime “tentar de novo evadir uma solução negociada”.

O opositor avançou ainda estar na disposição de participar em qualquer mecanismo para construir uma melhor unidade e legitimar a luta opositora, mas que “conspirar com a ‘ditadura’ para se legitimar como tirania, e oposição leal a essa tirania, não conduz à liberdade, mas à submissão e à normalização da pior tragédia” que o país já viveu.

// Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Inteligência Artificial está a "alimentar" a violação dos direitos humanos, alerta ONU

Num novo relatório, a Organização das Nações Unidas (ONU) alertou os países que o uso imprudente de Inteligência Artificial (IA) pode estar a pôr em causa o respeito pelos direitos humanos. Michelle Bachelet, Alta Comissária das …

Foi viajar e não voltou. O misterioso desaparecimento de Gabby Petito (e do namorado)

Gabrielle Petito, uma jovem norte-americana de 22 anos, desapareceu misteriosamente. Gabby foi viajar com o namorado, que voltou para casa sozinho e não quis contar o que aconteceu — e agora também está desaparecido. Gabby Petito, …

Aos 101 anos, Ginny é a "Senhora Lagosta" e não planeia reformar-se

Virginia Oliver continua a trabalhar na pesca da lagosta, apesar de já ter 101 anos de idade. 'Ginny' não planeia reformar-se e já se tornou um meme na internet. Virginia 'Ginny' Oliver tem 101 anos e …

Dinamarca. Reclusos condenados a prisão perpétua proibidos de iniciar novos romances

Os reclusos que cumprem prisão perpétua na Dinamarca serão proibidos de iniciar novos relacionamentos amorosos, decisão proposta pelo governo após uma jovem de 17 anos se apaixonar por Peter Madsen, que assassinou a jornalista Kim …

Casal queria que o seu filho se chamasse Vladimir Putin. A Suécia não deixou

Na Suécia, os pais são obrigados a comunicar os nomes dos seus filhos recém-nascidos ao Skatteverket nos primeiros três meses a partir do nascimento. Um casal sueco, que vive na cidade de Laholm, foi proibido pela …

44 jogos seguidos sem ganhar. Mas o presidente não está preocupado

O Atlético Mogi não vence qualquer jogo oficial há mais de quatro anos. Perdeu em 42 desses 44 duelos. 17 de Junho de 2017 foi o último dia em que o Atlético Mogi venceu um jogo …

Autárquicas: António Costa promete que os municípios terão mais mil milhões de euros

O secretário-geral do PS, António Costa, indicou hoje, em Celorico de Basto, no distrito de Braga, que os municípios “vão passar a ter, a partir de abril, mais mil milhões de euros que acompanham a …

Mais de trinta anos após ter sido lançada ao mar no Japão, mensagem em garrafa é encontrada no Hawaii

Durante uma viagem ao Hawaii, uma jovem de apenas 9 anos encontrou uma garrafa que foi lançada ao mar há mais de trinta anos. Esta continha uma mensagem que, posteriormente, acabou por revelar uma experiência …

Mais 939 infeções, sete mortes e nova redução nos internamentos

Portugal registou nas últimas 24 horas mais 939 casos de infeção pelo coronavírus SARS-CoV-2, sete mortes atribuídas à covid-19 e nova redução nos internamentos em enfermaria e cuidados intensivos. De acordo com o boletim epidemiológico da …

Milionário norte-americano Robert Durst condenado por matar melhor amiga

O milionário norte-americano Robert Durst, tornado famoso por um documentário do canal HBO, foi condenado na sexta-feira num tribunal de Los Angeles, nos Estados Unidos, por matar a melhor amiga, um crime que remonta a …