Macron vence legislativas e fica com mais de 70% do parlamento

Ian Langsdon / EPA

Emmanuel Macron 'En Marche!'

Emmanuel Macron ‘En Marche!’

O novo partido do recém eleito presidente Emmanuel Macron venceu hoje a primeira volta das eleições legislativas em França, com cerca de 32% dos votos, segundo projeções divulgadas pelos media.

De acordo com as mesmas projeções, o partido A República em Marcha! do presidente Emannuel Macron obteve cerca de 32% dos votos, à frente de Os Republicanos, que terão assegurado entre 20 a 21% da votação. Na primeira volta da eleição presidencial, Macron tinha obtido 23,7% dos votos.

A Frente Nacional de Marine le Pen terá obtido entre 13 e 14%, e a França Insubmissa, movimento de extrema-esquerda de Jean-Luc Melenchón, quase 11%.

Continuando a sua tendência de implosão, o Partido Socialista francês deverá ser agora a 5ª força mais votada no país, com 9% dos votos.

Segundo as projeções da estação televisiva francesa France 2, divulgadas às 20:00 (menos uma em Lisboa), ‘A República em Marcha!, aliada ao partido centrista MoDem, poderá vir a eleger entre 390 e 430 dos 577 deputados, e os Republicanos entre 85 e 125.

A maioria absoluta no parlamento francês é de 289 em 577 assentos.

Apesar da pouca expressão da votação socialista, o PS deverá ter assagurado entre 20 e 35 deputados, à frente da França Insubmissa, que deverá ter entre 11 e 21, e da Frente Nacional, que terá assegurado entre 3 e 10.

Caso não haja candidatos com mais de 50% dos votos nas diferentes circunscrições, só aqueles que tiverem, pelo menos, 12,5% dos votos dos eleitores inscritos passam à segunda volta, a 18 de junho.

As urnas abriram às 08:00 horas e encerraram às 20:00 (menos uma Lisboa), mas grandes cidades como Paris, Marselha, Lyon e Lille, duas horas antes nas restantes. Cerca de 47 milhões de eleitores foram chamados a votar e havia 7.878 candidatos.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

2 COMENTÁRIOS

    • Como assim, “estranha proporcionalidade”?
      Quem é que disse que a representatividade tem que ser assegurada com “proporcionalidade”?
      Em muitos sistemas parlamentares (como o francês e o britânico), os círculos são uninominais, e as pessoas votam no tipo do seu bairro que querem que as represente, independentemente do partido. Há quem ache que isso é que é “representatividade”, e não uma qualquer “proporcionalidade” dos partidos.

RESPONDER

Hermínio Loureiro pede suspensão de mandato de vice-presidente da FPF

Hermínio Loureiro pediu a suspensão do mandato de vice-presidente da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), esta sexta-feira, na sequência da acusação do Ministério Público na operação Ajuste Secreto. Numa carta enviada à FPF, a que a …

Oxford escolhe "emergência climática" para Palavra do Ano 2019

A Palavra do Ano 2019 escolhida pelos Dicionários de Oxford foi "emergência climática", "situação na qual é requerida uma ação urgente", revelou na quinta-feira esta componente da editora da Universidade homóloga. A Palavra Oxford do Ano …

Erro no IRS de 2015. Contribuintes podem contestar nova liquidação

O novo apuramento do imposto abrange cerca de dez mil declarações no valor de 3,5 milhões de euros. A Autoridade Tributária e Aduaneira já enviou uma carta aos contribuintes cuja liquidação do IRS relativo a 2015 …

Jesus vai receber título de cidadão honorário do Rio de Janeiro

O técnico português do Flamengo será condecorado, na próxima segunda-feira, com o título de cidadão honorário do Rio de Janeiro. A distinção a ser entregue pela Câmara Municipal do Rio de Janeiro foi anunciada num cartaz …

Governo compromete-se a concluir processo de regularização dos precários

O Governo comprometeu-se com a conclusão, no início da legislatura, do Programa de Regularização Extraordinária dos Vínculos Precários na Administração Pública (PREVPAP), mas sem avançar uma data concreta. O debate temático sobre o PREVPAP, que decorreu …

Camboja acaba com passeios turísticos de elefante em Angkor

Os passeios de elefante, que são umas das principais atrações turísticas pelas áreas dos templos de Angkor, no Camboja, deixarão de o ser em 2020. Em 2016, uma elefante fêmea morreu por insuficiência cardíaca depois de …

MPLA afasta "Tchizé" dos Santos do comité central e suspende-a por dois anos

O Bureau Político do MPLA aprovou, esta quinta-feira, o afastamento de Welwitschia 'Tchizé' dos Santos de membro do comité central do partido no poder em Angola e a suspensão por dois anos da condição de …

Coldplay adiam divulgação de álbum. Querem uma digressão mais "respeitadora do ambiente"

O líder dos Coldplay anunciou na quinta-feira que o grupo musical britânico adiou a digressão de apresentação do seu novo álbum, que é publicado esta sexta-feira, para ser o mais limpa possível e ter um …

Vila Galé já estuda novo resort na região do Brasil onde abandonou projeto

O Vila Galé vai mesmo avançar com uma nova unidade hoteleira na mesma região do Brasil onde decidiu abandonar o projeto que tinha, depois das críticas de que ia investir em potencial zona de reserva …

França ultrapassa Alemanha. É o pais europeu com mais pedidos de asilo

França tornou-se no país europeu com mais pedidos de asilo, pela primeira vez desde o início da crise migratória em 2015, afirmou esta quinta-feira em Paris o ministro do Interior. “A França tornou-se desde 20 de …