Macau proíbe uso de telemóveis nas mesas de jogo dos casinos

A utilização de telemóveis nas salas de grandes apostadores dos casinos de Macau passa a ser proibida a partir de segunda-feira, para evitar a possibilidade de apostas por via telefónica, que dificultam a identificação da origem do dinheiro.

“Para evitar desentendimentos desnecessários e exterminar atos irregulares, o Governo decidiu, a partir da próxima segunda-feira, proibir a utilização de telemóveis nas mesas do jogo”, lê-se num comunicado do governo de Macau, que cita o secretário para a Economia e Finanças, Lionel Leong.

Esta medida visa “evitar que alguém aproveite a facilidade de utilização de telemóveis nas mesas de jogo para apostas via telefónica, particularmente quando nestas apostas são difíceis de comprovar a identidade do apostador real e a fonte de capital”, segundo o mesmo texto.

O Governo de Macau sublinha que ainda “é por isso que, na maior parte das cidades desenvolvidas, é proibida a aposta via telefónica“, como aliás também acontece no território, que é o maior centro de jogo do mundo.

As apostas via telefone são proibidas em Macau, mas o Governo local “tem facilitado” a utilização de telemóveis nas mesas de jogo aos clientes das salas VIP dos casinos, “através do regime de inscrição e respetivas instruções”.

“Mas tal medida leva à dúvida de apostas via telefónica”, pelo que o Governo optou agora pela proibição dos telemóveis nas mesas dos grandes apostadores.

Segundo o mesmo comunicado, Lionel Leong “garantiu que o Governo está determinado a racionalizar o funcionamento e ordem dos casinos”.

As receitas dos casinos de Macau estão em queda há quase dois anos.

Esta queda tem sido associada à campanha anticorrupção lançada por Pequim, que parece ter afastado do território os grandes apostadores.

Jamie McCaffrey / Flickr

-

As salas VIP dos casinos de Macau “continuam a ser, até hoje, dominadas por tríades“

O jogo VIP, dos grandes apostadores, continua a representar mais de metade das receitas dos casinos de Macau, mas tem perdido peso.

As autoridades de Macau e da China têm defendido a diversificação da economia da região, para a tornar menos dependente do jogo e, dentro deste, menos dependente dos grandes apostadores.

Um estudo da City University of Hong Kong, divulgado em março pela agência Lusa, conclui que as salas VIP dos casinos de Macau “continuam a ser, até hoje, dominadas por tríades“, que abandonaram os métodos violentos e funcionam com uma estratégia empresarial.

O mesmo estudo referia que as novas restrições impostas pela China, no âmbito do combate à corrupção, “criaram um mercado para as apostas por baixo da mesa”.

Um alto funcionário da polícia explicou aos autores do estudo que alguns apostadores que não querem expor a sua identidade “jogam à distância através de telefones”.

É ilegal mas ninguém o tenta regular“, disse o entrevistado.

Em 2014, depois de a imprensa local e internacional ter mencionado apostas por telefone, o Governo de Macau desmentiu a sua existência nos casinos de Macau.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Mãe que deixou recém-nascido no caixote do lixo não quis abortar

A jovem cabo-verdiana, em prisão preventiva por suspeitas de ter abandonado o seu filho recém-nascido no lixo, teve a oportunidade de abortar, mas não quis. O Supremo Tribunal de Justiça rejeitou, esta quinta-feira, o pedido de …

Face Oculta. MP pede 12 anos e 10 meses para Manuel Godinho

O Ministério Público (MP) defendeu esta sexta-feira a aplicação de uma pena única de 12 anos e 10 meses de prisão para o sucateiro Manuel Godinho, principal arguido do processo Face Oculta, durante a audiência …

Maioria acredita que Governo vai durar quatro anos

Uma sondagem da Aximage revela que a maioria das pessoas entrevistadas acredita que António Costa vai concluir a sua legislatura, mesmo com um Governo que consideram de "estrutura exagerada". Uma sondagem da Aximage para o Jornal …

Tecnologia usada em Marte ajuda a detectar fugas de água em Gaia

Um sistema "pioneiro em Portugal" que recorre a tecnologia usada em Marte, para detectar água, está a ser utilizada pela empresa municipal Águas de Gaia, em Vila Nova de Gaia, para detectar fugas no sistema …

É segredo de Estado e custou mais de 100 milhões. "Máquina do Fisco" analisa 600 mil facturas por hora

O sistema informático que sustenta a "máquina do Fisco" já custou ao Estado mais de 100 milhões de euros e é tão secreto que nem a localização física dos servidores que o sustentam é conhecida. …

Empresário alemão investigado por suspeitas de orgias com menores em Cascais

O empresário alemão Matthias Schmelz, representante em Portugal dos aspiradores da marca Rainbow, está a ser investigado por suspeitas de lenocínio e pagar por orgias com menores na sua casa na zona de Cascais, avançou …

A nova fábrica da Tesla não vai ser no Reino Unido por causa do Brexit

O presidente executivo da Tesla admitiu que as incertezas à volta do Brexit tiveram peso na decisão de abrir a primeira fábrica da empresa na Europa antes em Berlim. A Tesla anunciou, esta terça-feira, que vai …

Esquerda chumba equiparação do comunismo ao nazismo

A resolução do Parlamento Europeu que condena em termos iguais o nazismo e o comunismo extremou esta sexta-feira as posições na Assembleia da República. A direita acusou a esquerda de ter duas medidas para avaliar as …

Mexia não vai deixar que chineses interfiram no plano estratégico da EDP

O presidente da EDP, António Mexia, garantiu que não vai deixar que nenhum acionista impeça o desenvolvimento do plano estratégico da empresa, deixando o aviso à China Three Gorges. Em entrevista concedida ao Jornal Económico, António …

Impostos indiretos subiram com Governo de Costa e são já 55% da carga fiscal

Os impostos indiretos têm vindo a aumentar em Portugal. Dados da Direção-Geral do Orçamento mostram que o peso da tributação indireta no total da receita fiscal do subsector Estado, em 2018, ascendeu a 55,4%, o …