Luzes de Natal podem perturbar a sua rede Wi-Fi

Natal rima com luzes a piscar em muitas casas por todo o mundo. Mas esta tradição festiva pode acarretar complicações para quem usa a Internet a partir de uma rede Wi-Fi.

As luzes de Natal podem interferir na qualidade do acesso à Internet sem fios. Um alerta que surgiu da entidade reguladora britânica das telecomunicações, a Ofcom.

A organização fez referência ao facto num comunicado, frisando que as luzes de Natal têm, normalmente, fios sem isolamento que deixam as ondas de radiofrequência “escaparem”, interferindo na rede Wi-fi.

Porém, “seria preciso um volume considerável de luzes para criar interferência suficiente que degradasse seriamente a sua rede Wi-Fi”, explica Andrew Smith, professor de redes da Open University, num texto publicado no The Conversation.

“Teria que iluminar a sua árvore como um pequeno sol” para que isso sucedesse, acrescenta.

Aparelhos electrónicos como os micro-ondas, as luzes fluorescentes e outros podem igualmente afectar as conexões wireless.

Deste modo, é conveniente que tenha isso em conta na hora de escolher o local para colocação do seu router. E nem pense em decorá-lo com luzes de Natal!

SV, ZAP

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

  1. Não sei qual é pio:; se as luzes de Natal, se as redes Wi-Fi!…
    O exagero que de uma, quer de outra, só mostram estupidez humana…

RESPONDER

Costa e Centeno discutiram no Conselho Europeu (e foi Centeno quem ganhou)

António Costa e Mário Centeno envolveram-se numa "discussão directa" em pleno Conselho Europeu que deixou os restantes membros do Eurogrupo perplexos. Em causa esteve o primeiro orçamento da Zona Euro, com o primeiro-ministro de Portugal …

Sondagem: Livre caiu para metade, Montenegro lidera corrida ao PSD

O PS lidera as intenções de voto com 37,1% e um avanço de 10,2 pontos percentuais sobre o PSD numa sondagem em que o Livre surge com metade da votação alcançada nas legislativas em outubro. Num …

ONU chama a atenção para consumo de tramadol (erradamente considerado menos letal que fentanil)

A crise derivada do consumo excessivo de opóides e as mortes daí decorrentes já levaram empresas norte-americanas que os produzem a receber milhares de ações judiciais. Contudo, a Organização das Nações Unidas (ONU) chama a …

Mais de 50 jornalistas subscrevem abaixo-assinado em defesa de Maria Flor Pedroso

Mais de 50 jornalistas, entre os quais Adelino Gomes, Henrique Monteiro, Anabela Neves e Francisco Sena Santos, subscreveram esta sexta-feira um abaixo-assinado em defesa da jornalista Maria Flor Pedroso, diretora de informação da RTP. "Confrontados com …

O maior sítio arqueológico submerso do mundo mora no México (e está a surpreender os especialistas)

Uma equipa de especialistas está a explorar há cerca de quatro anos o Grande Aquífero Maia, localizado no México, e tem feito descobertas surpreendentes que vão desde numerosos sítios arqueológicos a vestígios de homens primitivos.  Durante …

Passes baixam para 70 e 80 euros para utentes da região Oeste

Os passes nos transportes públicos para Lisboa vão baixar para 70 euros para utentes de Alenquer, Arruda dos Vinhos, Sobral de Monte Agraço e Torres Vedras, e para 80 euros dos restantes concelhos da região. A …

Parar de comer quando se está cheio nem sempre é fácil (e há uma razão para isso)

Com alguns alimentos, parar de comer — mesmo quando se está cheio — nem sempre é fácil. Isto porque algumas destas comidas podem ter sido feitas de forma a que tal aconteça. Nenhum alimento é criado …

Há milhares de misteriosos buracos no fundo do mar da Califórnia

Surgiu um novo mistério perto da costa de Big Sur, na Califórnia, no fundo do Oceano Pacífico: há milhares de pequenos fragmentos redondos retirados dos sedimentos do fundo do mar.   A descoberta foi feita como parte …

NASA apresenta "mapa do tesouro" para encontrar água em Marte

Uma equipa de cientistas da NASA elaborou um mapa da água congelada que existe em Marte e que se acredita estar a apenas 2,5 centímetros abaixo da superfície do Planeta Vermelho - isto é, à …

Já se sabe como é que planetas florescem a partir de pequenos pedaços de poeira

Uma equipa de investigadores validou uma teoria que pode explicar como é que os planetas crescem a partir de pequenos pedaços de poeira interestelar. O crescimento de um pequeno pedaço de poeira até um planeta inteiro …