Luso-canadiano vende produtos portugueses para “ajudar o país”

Um empresário luso-canadiano do ramo da restauração de London, no Ontário, conta que tem no seu estabelecimento produtos portugueses “para ajudar o país”, mas lamentou que ao longo do tempo os emigrantes “tenham sido desprezados pelos sucessivos governos”.

Felipe Gomes, de 49 anos, proprietário do restaurante Aroma em London, na província canadiana do Ontário, referiu à agência Lusa que não tem “necessidade de vender produtos portugueses”, mas que o faz para ajudar o país.

“Os meus clientes são sobretudo canadianos, é um restaurante de qualidade, mas faço questão de ter aqui vinhos, refrigerantes e outros produtos portugueses, embora durante 40 anos de emigração tenhamos sido vistos como os parentes pobres da família’, frisou o empresário, natural de Almada.

Felipe Gomes, que está no Canadá há 26 anos, considerou que hoje os emigrantes representam o “incremento das grandes exportações” e lançou o apelo a todos os que estão no exterior que “comprem sumos, vinhos, sapatos, louças, produtos portugueses, para ajudar o país”.

Com laços familiares a Amália Rodrigues, pois a sua bisavó Felizmina de Jesus Rodrigues era irmã do pai da fadista, o empresário mantém um contato quase diário com a família em Portugal e também dá um conselho aos jovens: “emigrem”.

“Não vejam a questão de emigrarem como uma tristeza, mas sim como uma oportunidade, não se pode comparar com há 30 anos, milhares de canadianos saem para a Austrália e para a África do Sul simplesmente para aprenderem outras coisas”, exemplificou.

Felipe Gomes foi eleito recentemente em London vice-presidente da Associação Brasileira de Oportunidades de Negócios, é o único não asiático na Câmara de Comércio Chinês, além de já ter sido governador do Fanshawe College.

O luso-canadiano lamentou também a “burocracia” existente em Portugal, que há três anos o impede de operar uma unidade de turismo rural na Arrábida (Setúbal), um projecto que está parado.

Existem no Canadá cerca de 550 mil portugueses ou luso-descendentes, em London são cerca de 30 mil. Esta cidade canadiana tem uma população bastante, jovem fruto dos mais de 25 mil estudantes sazonais.

/Lusa

PARTILHAR

RESPONDER

Alec Baldwin

Assistente que entregou arma a Alec Baldwin já teria tido práticas inseguras

Uma fabricante de adereços disse que, no passado, já tinha mostrado preocupação com o facto de o assistente de realização ter protagonizado situações inseguras. No fim-de-semana, um documento judicial obtido pela CNN mostrou que a arma …

Metade dos chefes de equipa da Urgência do Hospital de Braga demitiu-se em bloco

Uma dezena de chefes de equipa da Urgência do Hospital de Braga demitiu-se esta segunda-feira, em protesto contra a falta de condições de trabalho e o "desinvestimento" no Serviço Nacional de Saúde. Contactada pela agência Lusa, …

Primeiro-ministro da Polónia acusa UE de ter "arma apontada à cabeça" do país

O primeiro-ministro polaco acusou a União Europeia (UE), esta segunda-feira, de "ter uma arma pontada à cabeça" da Polónia, ao exigir que Varsóvia reveja as reformas judiciais, ameaçando-a com sanções. Numa entrevista publicada pelo Financial Times, …

Carlos César acusa BE e PCP de terem preferido "jogos de poder"

O presidente do PS acusou, esta segunda-feira, os partidos de esquerda de terem preferido "os jogos de poder", no seguimento do anúncio de ambos do voto contra o Orçamento do Estado para 2022 (OE2022). "BE e …

O dirigente do PSD Paulo Mota Pinto

Mota Pinto aponta "irresponsabilidade" de marcar diretas. Rangel reforça importância de ter líder "fortemente legitimado"

O dirigente do PSD defendeu, esta segunda-feira, que o partido "está preparado" para legislativas antecipadas, defendendo que estas devem ocorrer "o mais rapidamente possível". Em declarações à agência Lusa, o presidente da Mesa do Congresso e …

EMA aprova terceira dose da vacina da Moderna a partir dos 18 anos

A Agência Europeia do Medicamento (EMA) deu luz verde, esta segunda-feira, à administração da terceira dose da vacina da Moderna a partir dos 18 anos. Em comunicado, a agência refere que os dados apontam que uma …

Câmara do Porto aprova sistema de videovigilância no centro histórico

Esta segunda-feira, na reunião do Executivo portuense, foi aprovado, com o voto contra da CDU e do BE, o protocolo a celebrar com a PSP para implementação da videovigilância na Baixa do Porto. O presidente da …

Conselho das Finanças Públicas alerta para riscos na TAP e falta de orçamentação para Novo Banco

O Conselho das Finanças Públicas (CFP) alertou esta segunda-feira, numa análise à proposta do Governo para o Orçamento do Estado de 2022 (OE2022), para a possibilidade de se injetar mais dinheiro na TAP e no …

O presidente executivo do Novo Banco, António Ramalho

Novo Banco apresenta nova imagem. "Agora é o renascimento", diz Ramalho

O presidente do Novo Banco disse, esta segunda-feira, que a nova imagem representa o "renascimento" da instituição financeira, que está numa "rota de lucro e rendibilidade". Na apresentação da nova imagem de marca do Novo Banco, …

Governo disponível para suspender caducidade de convenções coletivas "sem limite de tempo"

O Governo está disponível para avançar com a suspensão dos prazos da caducidade das convenções coletivas "sem limite de tempo", disse, esta segunda-feira, no Parlamento a ministra do Trabalho, Solidariedade e Segurança Social. A medida foi …