Lula da Silva não se recandidata mas rejeita outro Presidente como Bolsonaro

Ricardo Stuckert / Instituto Lula

O ex-Presidente do Brasil, Luiz Inácio Lula da Silva

O ex-Presidente brasileiro Lula da Silva afastou a possibilidade de se recandidatar nas eleições previstas para 2022, mas disse que quer impedir que o Brasil tenha outro chefe de Estado como Jair Bolsonaro, atual mandatário do país.

“Tenho repetido que, quando chegar em 2022, eu vou estar com 77 anos de idade. Eu não tenho porque ser candidato a Presidente. Eu já fui. O que eu não vou deixar é esse país voltar a ter um Presidente da ‘qualidade’ do Bolsonaro”, escreveu o histórico líder do Partidos dos Trabalhadores na rede social Twitter, na noite de terça-feira.

“O Bolsonaro poderia ter chegado e dito às pessoas: ‘Olha, eu não tenho a solução, não tenho a vacina. Mas vamos ter cuidado, nos cuidar, conversar para preservar os empregos’. Era o que esperava de um chefe de Estado preocupado com 210 milhões de pessoas”, indicou ainda o antigo mandatário, acrescentando que “se não fosse o coronavírus”, já “estaria na rua gritando ‘Fora Bolsonaro'”.

Lula da Silva referia-se à posição do atual Presidente em relação ao combate à pandemia da covid-19, que tem estimulado a população a regressar ao trabalho e criticado as medidas de isolamento social decretadas por governadores e prefeitos.

Para Bolsonaro, que está mais preocupado com a paralisação económica do país, a covid-19 “infetará 70% da população mais cedo ou mais tarde” e “matará muitas pessoas”, independentemente das medidas de confinamento adotadas.

O ex-Presidente admitiu ter “consciência” de que “poderia ter feito mais” enquanto liderou o país sul-americano por quase uma década, motivo pelo qual diz ter tentado a reeleição em 2018: “É um processo de aprendizagem. Se você olhar 10 anos atrás, sempre tem coisa que você poderia feito diferente. E melhor”, defendeu.

O antigo chefe de Estado foi condenado em dois processos por corrupção e tem pelo menos sete outras investigações contra si. Esteve preso durante 580 dias, tendo sido colocado em liberdade em novembro passado.

Lula da Silva sempre negou todas as acusações e diz ser vítima de perseguição judicial executada por pessoas que têm ambições políticas.

A condenação retirou o político brasileiro da eleição presidencial realizada em 2018, quando era o candidato favorito da população, segundo as sondagens realizadas à época, no sufrágio que resultou na eleição de Bolsonaro.

Apesar de estar em liberdade condicional, Lula continua impedido de disputar eleições, por estar enquadrado na Lei da Ficha Limpa, lei que proíbe qualquer pessoa condenada em duas instâncias da Justiça de disputar cargos públicos.

Em entrevista à revista Carta Capital na terça-feira, Lula comentou a atual situação do país, afirmando que o surgimento da pandemia provocada pelo novo coronavírus foi positiva para alertar o Governo de Jair Bolsonaro sobre a importância de um Estado forte para conter o avanço da crise económica.

“O que eu vejo? Quando eu vejo essas pessoas acharem que tem que vender tudo o que é público, que tudo o que é público não presta nada… Ainda bem que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus, porque esse monstro está permitindo que os cegos enxerguem, que os cegos comecem a enxergar, que apenas o Estado é capaz de dar solução a determinadas crises”, disse.

“Ainda bem que a natureza criou este monstro chamado coronavírus”

O Brasil totaliza 17.971 óbitos e 271.628 pessoas diagnosticadas com covid-19 desde o início da pandemia, informou o executivo na terça-feira, dia em que o país ultrapassou pela primeira vez a barreira dos mil mortos diários.

“Ainda bem que a natureza, que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus. Porque esse monstro está permitindo que os cegos enxerguem, que os cegos comecem a enxergar, que apenas o Estado é capaz de dar solução a determinadas crises”, disse Lula da Silva.

As polémicas declarações levaram o ex-Presidente a, horas depois, pedir desculpa por uma “frase totalmente infeliz”.

“Quando eu vejo alguns discursos dessas pessoas, falando, quando eu vejo, sabe, essas pessoas acharem bonito que tem que vender tudo que é público, que o público não presta nada… Ainda bem que a natureza, que a natureza, contra a vontade da humanidade, criou esse monstro chamado coronavírus”, disse, citado pelo Observador.

ZAP // Lusa

PARTILHAR

1 COMENTÁRIO

RESPONDER

PJ acredita ter detido homem que ateou fogo que matou animais em canil de Santo Tirso

A Polícia Judiciária (PJ) está "convencida" de que o autor do fogo que teve origem em Valongo e se estendeu a Santo Tirso, onde dezenas de animais morreram, é um eletricista que foi esta quarta-feira …

O nosso cabelo sabe o que comemos, onde moramos e quanto custou o corte

Milímetro a milímetro, o cabelo constrói um registo da nossa dieta. Como os fios de cabelo são construídos a partir de aminoácidos, preservam os traços químicos da proteína da comida que ingerimos. Os fios de cabelo …

Não foram meteoros. Uma forte atividade vulcânica arrefeceu a Terra há 13 mil anos

Porque é que a Terra arrefeceu repentinamente há 13 mil anos? Sedimentos antigos encontrados numa caverna no Texas, nos Estados Unidos, parecem ter resolvido este grande mistério. Alguns cientistas acreditam que o fenómeno que arrefeceu repentinamente …

Novo método prevê erupções solares com algumas horas de antecedência

Um novo método capaz de prever explosões solares poderia ajudar a Humanidade a preparar-se contra possíveis desastres causados por este fenómeno explosivo da nossa estrela. As erupções solares são explosões que ocorrem na superfície do Sol …

Mulan a preço premium estreia na Disney+ em setembro

A adaptação live-action de Mulan tem nova data de estreia. O anúncio foi feito pela Disney nesta terça-feira (4). O filme chega à plataforma de streaming Disney+ no dia 4 de setembro, estando disponível em …

Belgas trocam as voltas à pandemia e passam férias nas árvores

Enquanto uns passam o verão em casa, outros atrevem-se a ter uma experiência diferente. Alguns belgas estão a passar as noites de verão pendurados em árvores, em tendas em forma de lágrima. A pandemia de covid-19 …

Máscara inteligente traduz até oito línguas (mas não protege do coronavírus)

Esta máscara inteligente, criada por uma empresa japonesa, consegue traduzir o discurso do seu utilizador em várias línguas (mas, por si só, não o protege do novo coronavírus). Quando a pandemia de covid-19 transformou as máscaras …

Empresa fica com excedente de 40 mil quilos de frutos secos devido à covid-19

A GNS Foods, a empresa que nos últimos 30 anos forneceu os frutos secos à American Airlines, ficou com um excedente de 40 mil quilos por causa de restrições impostas devido à covid-19. Servir frutos secos …

Astronautas da NASA fizeram partidas por telefone para "matar" tempo durante o regresso à Terra

Os astronautas da NASA Bob Behnken e Doug Hurley fizeram algumas partidas por telefone durante o regresso à Terra a bordo cápsula Dragon, da empresa SpaceX de Elon Musk, num voo que foi duplamente histórico. …

Em plena pandemia, há um venezuelano que assegura os funerais no Peru

Ronald Marín é a última esperança para os habitantes de Comas, em Lima. O venezuelano é o único que realiza funerais católicos num cemitério longe do centro da capital, em plena pandemia. Vestido com uma túnica …